RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

General dos EUA: Podemos ter um Ataque de 11 de Setembro de 2014 com o Voo MH-370

terça-feira, 26 de agosto de 2014 |

Cheiro de Ataque de Falsa Bandeira no ar. General dos EUA diz que nível de ameaça estará no máximo em 11 de setembro deste ano, e que o voo da Malaysia Airlines MH-370 reaparecerá, dando a entender um ataque no estilo do 11 de setembro utilizando o avião desaparecido em março deste ano. Coincidentemente Israel já havia levantado esta possibilidade em março deste ano.

Como vêm sendo avisado há algum tempo, o lobby sionista pretende realizar um novo atentado terrorista de falsa-bandeira. Isto é, um novo 11 de setembro perpetrado por “terroristas islâmicos”, só que desta vez as consequências serão muito mais graves.

A informação foi divulgada pela Fox News ao entrevistar o General (reformado) dos EUA Thomas McInerney.

No vídeo abaixo ele diz que não pode dar mais informações, mas que o nível de alerta de segurança para esta data deve ser DEFCON 1* (*guerra nuclear iminente).


Agora, leia a notícia abaixo que relata o que foi divulgado pela Fox News (negritos colocados pelo blog).




No sábado, no programa do Canal Fox News “America's News HQ”, o analista de redes militares e tenente-general reformado Thomas McInerney, disse à apresentadora Uma Pemmaraju que, para confrontar as atuais ameaças do ISIS, os EUA devem “mudar o nível de alerta para DEFCON 1, o nosso mais elevado estado de prontidão, e estar preparado conforme aconteceu no 11 de setembro“, pois ele advertiu que “podemos até ver um 11/09/14".

McInerney ainda alertou sobre o desaparecimento do vôo MH370 da Malaysia Airlines no início deste ano e disse: “Em sete de setembro, uma grande rede de notícias e rede de publicação vai lançar um livro. Ela fará a terra tremer sobre o que está acontecendo e o que aconteceu. O fato é que podemos ver o MH-370 novamente em 11 de setembro de 2014. Devemos elevar o nosso nível de alerta para DEFCON 1, o nosso mais elevado estado de prontidão e estar preparado como nós conduzimos o 11 de setembro de 2001“.

A apresentadora Uma Pemmaraju perguntou: “Quando você diz que uma grande organização de notícias surgirá com a publicação, a qual você está se referindo especificamente? Quais referências você pode falar, pode nos dar mais detalhes?

McInerney continuou: “Eu não posso te dar mais sobre o que eu acabei de dizer. Mas isto será extremamente importante e a América deve tomar conhecimento. Estamos menos seguros hoje do que estávamos há seis anos.

O general confirmou novamente que a América deveria elevar o nível de ameaça terrorista neste momento à frente do aniversário do 11 de setembro.

O próprio General revela duas informações implícitas importantíssimas. Primeiro é que o voo MH-370 não “sumiu”, ele foi sequestrado, provavelmente pelo Exército dos EUA ou pela CIA para a base militar de Diego Garcia, justamente para servir como arma num futuro atentado de falsa-bandeira. Segundo, ele diz que “vai aparecer um livro ou alguma publicação na mídia sobre o 11 de setembro″. Isto indica que o tal livro contará a verdade sobre os ataques de 11 de setembro e irá apontar aos verdadeiros culpados. Ou seja, vai revelar que Israel, Arábia Saudita e o próprio governo dos EUA projetaram e executaram os ataques através do MOSSAD israelense e a CIA. Difícil, apenas vão culpar a organização terrorista do momento para justificar mais invasões e pilhagem.

É sempre bom lembrar que em 2001 usaram a Al-Qaeda para demonizar os muçulmanos e ter o pretexto de atacar os países do Oriente Médio. Em 2014 vão usar o EIIL (ISIS) para fazer um novo ataque.

- Caminho Alternativo: Veterano do Corpo de Marines dos Estados Unidos: “A verdade por trás do 9/11 aniquilaria Israel“

- Blog Anti-NOM: Imprensa Britânica Sobre Bin Laden em 1993: "Guerreiro Anti-Soviético no Caminho para a Paz"

- Bin Laden Morreu em 2001 e o 11 de Setembro foi uma Farsa, diz Ex-Funcionário do Alto Escalão dos EUA

- Caminho Alternativo: Lobista israelense quer um novo “Pearl Harbor” para forçar os EUA irem à guerra contra o Irã

- Blog Anti-NOM: Conspirações Terroristas - Criadas pelo FBI

- Caminho Alternativo: Nenhum marinheiro viu “enterro secreto” de Osama Bin Laden no mar

O ISIS (EIIL – Estado Islâmico), é uma “Al-Qaeda 2.0″, criada pelo MOSSAD israelense em conjunto com a CIA. É financiado e armado também por países árabes e europeus, como a França. O seu objetivo é atacar os países que ainda não estão alinhados ao sionismo internacional no Oriente Médio e permitir a criação de um “Grande Israel“.





O ISIS/EIIL, assim como a Al-Qaeda, jamais atacaram Israel e nem o farão. Abu Bakr al-Baghdadi, o chamado “Califa”, o chefe do ISIL (Estado Islâmico no Iraque e do Levante) é um judeu chamado Elliot Shimon, um agente operativo treinado pelo MOSSAD/CIA.

Abu Bakr al-Baghdadi é o judeu Elliot Shimon, o novo “Osama Bin Laden” do eixo sionista, agente do MOSSAD israelense e CIA



Um analista político diz que um eixo do mal está comprimindo os EUA, a Arábia Saudita e Israel, e está financiando e armando militantes do Takfiri* ISIL com o objetivo de expandir o regime sionista, relata a Press TV. (Takfiri = muçulmanos que acusam outros muçulmanos de apostasia)

Em entrevista à Press TV, no sábado, Rodney Shakespeare disse que Washington e seus dois aliados criaram, armaram e financiaram o grupo terrorista Takfiri contra os países do Oriente Médio que se opõem ao expansionismo de Israel.

“Faz parte da política sionista dividir o Iraque... Faz parte da política sionista esmagar qualquer Estado independente do Oriente Médio, que poderia se opor à expansão de Israel”, disse Shakespeare. Acrescentando: ”Israel quer se expandir, eventualmente, para o Iraque e para o Nilo. Esta divisão dos países do Oriente Médio faz parte da política sionista“.

O Iraque está lutando contra os terroristas do ISIL desde que assumiu o controle da cidade de Mosul, em 10 de junho. A aquisição foi seguida pela queda da cidade de Tikrit, localizada a 140 quilômetros ao noroeste da capital, Bagdá. O controle de Tikrit foi posteriormente retomado pelo exército iraquiano.

Soldados do exército iraquiano foram envolvidos em intensos combates com os militantes em diferentes frentes e até agora têm sido capazes de fazer recuar estes militantes em diversas áreas.

Terroristas do ISIL ameaçaram todas as comunidades, incluindo xiitas, sunitas, curdos, cristãos, curdos e Izadi, e outros, à medida que continuam os seus avanços no Iraque. O ISIL prometeu continuar seu ataque até a capital, Bagdá.

Como as próprias notícias e investigações revelam, o próximo ataque terrorista nos EUA (ou na Europa) será efetuado pelo MOSSAD mas acusando o EIIL de tê-lo perpetrado, uma operação idêntica ao atentado de 9/11/2001 ao World Trade Center, quando a Al-Qaeda foi apontada como a culpada pelos ataques.

Fórum Anti Nova Ordem Mundial: Polônia e Países Bálticos exigem que a OTAN ataque a Rússia com o “Escudo” de mísseis balísticos da Europa

Outra informação importante que não foi muito divulgada foi que o EIIL teria conseguido “roubar” material nuclear do Iraque para fabricar uma bomba nuclear. Talvez eles mesmos digam futuramente que este material foi usado para construir uma bomba nuclear quando o ataque ocorrer.




ISIS obtém materiais nucleares, e poderão obter bombas atômicas da Índia, Arábia ou do Paquistão

(CNN) - Militantes no Iraque se apoderaram de material nuclear da Universidade de instalações de ciência perto da cidade de Mosul, disse o governo iraquiano em uma carta às Nações Unidas.

Mas dois funcionários dos EUA disseram à CNN na quarta-feira que as pequenas quantidades de urânio enriquecido não são para armas, aconselhando que as pessoas não tenham a mínima preocupação.

A carta do embaixador da ONU no Iraque sobre os compostos de urânio clama por ajuda “para afastar a ameaça de seu uso por terroristas no Iraque ou no exterior“, pois o país luta contra uma insurgência mortal.

Na carta, obtida quarta-feira pela CNN, o embaixador iraquiano Mohamed Ali Alhakim disse que “grupos terroristas tomaram o controle” de cerca de 40 quilogramas de compostos de urânio em departamentos de ciência da Universidade de Mosul depois que as instituições “saíram do controle do Estado.” [...]

Conclusão

A partir de agora, com este anúncio feito pelo General, podemos imaginar o que vem por aí. Um ataque nuclear que poderá ser realizado com o avião da Malaysia Airlines, voo MH-370, carregado com uma bomba atômica ou “bomba suja”. "A própria nota de cem dólares indica a possibilidade deste ataque com “avião nuclear”. E o alvo poderia ser Nova York, a dica foi dada pelo próprio Barack Obama ao dizer no dia 26-03-2014 que estava “muito mais preocupado com um ataque nuclear em Manhattan do que com as ações da Rússia“.


Leia mais:




Dick Cheney: Haverá um Outro Ataque "Parecido com o 11 de setembro" nos EUA antes de 2020






[Marat.Boston] Dzhokhar Tsarnáyev Afirma que o Atendado de 11 de Setembro foi Orquestrado Pelos EUA







[VIDEO]: Palco Montado para um Ataque Terrorista de Falsa Bandeira Nuclear nos Estados Unidos



Fontes:
Fórum Anti Nova Ordem Mundial: General dos EUA alerta para um novo ataque terrorista em 11 de setembro de 2014
Caminho Alternativo: General Thomas McInerney alerta para um novo ataque terrorista em 11-09-2014 e nível DEFCON 1
Breitbart: RET USAF GENERAL WARNS OF POSSIBLE 9/11/14 COMING
Caminho Alternativo: Engenheiro da IBM que estava no voo MH370 da Malaysia Airlines teria revelado sua localização
Croach: Qui est Abu Backr al Baghdadi
Press TV: US, KSA, Israel, axis of evil in ISIS: Rodney Shakespeare
News Rescue: ISIS Gets Nuclear Materials, May Get Atomic Bombs From India, Saudi or Pakistan
Caminho Alternativo: Explosão nuclear em nova nota de 100 dólares

Um comentário:

Stephan disse...

É por isso que eu não gosto de certas teorias. O 11 de setembro já se foi. Cadê o atentado? Fala sério!

Posts Relacionados
 
;