RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Quanto de Suplementação de Vitamina D é Preciso para se Atingir o Nível Ideal?

sábado, 9 de agosto de 2014 |
Quanto de Suplementação de Vitamina D é Preciso para se Atingir o Nível Ideal 

Notícias Naturais
 

Um comentário no site Notícias Naturais sobre o nível de vitamina D da mãe de uma leitora, que estava perigosamente pouco acima de 4 ng/ml, me levou a pesquisar sobre o quanto é necessário suplementar para atingir o nível ideal. Nos exames de vitamina D é informado que o normal é qualquer valor acima de 20 ng/m. Mas hoje estudos recentes mostram que o nível ideal de vitamina D é entre 50 e 80 ng/ml.  Abaixo traduzi alguns trechos de um artigo publicado na Medscape que mostra o quanto deve ser suplementado para atingir o nível desejado:
Historicamente, eram recomendados 400 UI (10 ug) de vitamina D para uma saúde melhor, porque era próximo da quantidade de vitamina D em uma colher de chá de óleo de fígado de bacalhau. No entanto, 800 a 1.000 UI é a dose que pode ter uma melhor chance de dar um paciente um nível normal de vitamina D. Em alguns países, a vitamina D é listada em microgramas, e a relação é a seguinte: 2,5 mcg (microgramas) = 100 UI. 5 mcg = 200 UI. 10 mcg = 400 UI. 15 mcg = 600 UI. 20 mcg = 800 UI.

A Vitamina D através da exposição ao sol

Um homem ou mulher de 21 anos de idade exposto à luz UVB 15 a 20 minutos no verão gera em torno de 10.000 UI de vitamina D. Isto é o equivalente a 250 mcg, 50 comprimidos de vitamina D (de 200 UI, o mais comum encontrado no mercado brasileiro), ou 100 copos de leite. No entanto, uma exposição mais longa não produz mais vitamina D. Os seres humanos foram basicamente construídas para produzir e transportar os níveis mais elevados de vitamina D quando expostos ao sol.

Quanto deve ser suplementado para melhorar seu nível de Vitamina D?

O ideal para avaliar a necessidade de suplementação de vitamina D de uma pessoa é um exame de sangue de vitamina D. Os profissionais de saúde precisam ter em mente que, em geral, 100 UI (2,5 mcg) de vitamina D por dia aumentará o nível de vitamina D no sangue em apenas 1 ng/ml após 2 a 3 meses. Quanto de vitamina D é necessária por dia para se obter um nível sanguíneo normal de vitamina D? Os exemplos que se seguem incluem:

100 UI (2,5 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 1 ng/ml.
200 UI (5 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 2 ng/ml.
400 UI (10 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 4  ng/ml.
500 UI (12,5 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 5 ng/ml.
800 UI (20 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 8 ng/ml.
1000 UI (25 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 10 ng/ml.
2000 IU (50 mcg) por dia aumenta os níveis sanguíneos de vitamina D em 20 ng/ml.

Exemplificando, se o teste de sangue de vitamina D de uma pessoa foi de 30 ng/ml (75 nmol / L) e 40 ng/ml (100 nmol/L) for o nível desejado, deve ser feita suplementação de 1000 UI de vitamina D por dia, durante vários meses para que se atinja um nível normal de sangue ou de 40 ng/ml). Ao atingir a meta, a maioria das pessoas precisa para completar com 800 a 1.000 UI por dia para manter este nível. Só trabalhando em conjunto com um médico ao longo do tempo pode fornecer a resposta mais precisa. No entanto, as questões de seguro de saúde e acesso aos cuidados de saúde sugerem que 800 a 1.000 UI é suficiente para muitas pessoas que não são capazes de ter seu sangue testado.

A necessidade diária de vitamina D sugerida pela OMS e pelos órgãos de saúde do Brasil, de 200 a 600 UI [e que é o máximo que você encontrará a venda nas farmácias e mercados] é contestada por este autor. A exigência mínima para todas as idades deve ser de pelo menos 800 UI. No entanto, como foi referido anteriormente, a determinação exata de ingestão mínima de vitamina D deve vir de um exame de sangue no outono ou inverno. Além disso, os pacientes devem ser informados de que a vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura e que leva meses para esgotar.

7 comentários:

Vinícius Ribeiro disse...

Os níveis saudáveis ideais da vitamina D sem dúvida nenhuma não estão bem descritos pela medicina oficial. Os exames médicos tradicionais que indicam o nível normal da vitamina D são muito discutíveis. Eu mesmo recentemente fiz todos os exames médicos necessários. Todos deram resultados ótimos, satisfatórios, mas a vitamina D marcou o nível mínimo limite. Levei em 3 médicos todos muito bem gabaritados, experientes, e nenhum deles acusou qualquer tipo de preocupação com a vitamina D. Nenhum deles cogitou suplementação. Isto porque a principal forma de obtenção desta vitamina é pela luz do Sol.

Há várias controvérsias dentro da medicina oficial, inclusive os exames para medir padrões de normalidades de certas funções, e a vitamina D é um desses exames de caráter duvidável.

Para o meu exame, todos os médicos disseram que é aceitável os níveis mínimos da vitamina D em exames de sangue. A suplementação desta vitamina é bem rápida, basta a exposição diária ao Sol para se repor as carências. Eu ainda moro no país que talvez mais receba luz solar no mundo, que é o Brasil. Imagina quem mora no norte da Europa? O problema da carência de vitaminas é que elas levam ao adoecimento muito rápido portanto a reposição também precisa ser rápida. Ou seja, se não tiver Sol, como se faz? Usar remédios, ou seja, drogas? Já são tantas as drogas farmacêuticas inventadas...
E olha que tenho uma boa saúde. Sou vegetariano a quase 3 anos. Não tenho gorduras excessivas no corpo e nem más hábitos de saúde como uso de drogas e falta de exercitação física. Portanto, o caso da vitamina D, para mim, é mais uma falta de padrão médico, e por outro lado, aponta para um problema sério, que é a falta que o Sol pode fazer em nossas vidas. Com tanta poluição atmosférica sobre nossas cabeças parece que a luz do Sol estava cada vez mais rara para nós.

Att., Vinicius.

Jacaré disse...

Bom, apesar de termos raios a nossa disposição o ano todo, a questão é a nossa disposição para eles nos horários indicados. Segundo estudos o horário mais indicado para a absorção desses raios para produção de vitamina são vinte minutinhos entre o meio dia a uma hora da tarde.
De acordo minha rotina, isso é um luxo.

MAURILIO FERREIRA disse...

Bôa pessoal vamos continuar a divulgar a necessidades da vitamina D e outras para nosso povo ter mais saúde, já que os médicos parece que não nos querem SAUDÁVEIS.

Edison Galvão da Silva disse...

Tenho 73 anos de idade e venho tomando 15 gotas de DoseD, ou seja 3000 mil UI, ou 75mcg, por dia. Será que estou exagerando?

spin disse...

Comprei em viagem vitamina D. Cada comprimido tem 25 ug. Qual o correspondente em mg e em ui? Qual a quantia em ug recomendável ingerir diariamente correspondente a 2.000 mg?

ELISEU TEIXEIRA disse...

tenho 75 anos e so uso o complemento de 200ui porque sempre ando um pouco no sol

gleice lanzoni disse...

Me disseram que o correto seria uma suplementação de 10.000 UI por dia.A minha dosagem de vitamina D deu insuficiente, mas tenho dúvida quanto a quantidade a ser ingerida por dia.

Posts Relacionados
 
;