RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

[VIDEO]: Palco Montado para um Ataque Terrorista de Falsa Bandeira Nuclear nos Estados Unidos

segunda-feira, 6 de junho de 2011 |
Muitos na mídia alternativa se perguntam se um ataque nuclear falsa bandeira dentro dos EUA é uma possibilidade real. Será que realmente fariam isto? Quem levaria a culpa? E quais cidades seriam atingidas?

Recentemente, o New York Times relatou que estão se esgotando as reservas americanas de um gás raro que é utilizado para detectar materiais nucleares clandestinos.

A razão dada é que um braço do Departamento de Energia está vendendo o gás mais rapidamente do que o outro é capaz de acumulá-lo.

Enquanto isso poderia ser uma razão legítima, parece muito suspeito que um governo que está instalando um estado policial em todo o país para supostamente salvar os americanos de terroristas seria incapaz de obter o gás necessário para detectar o contrabando de armas nucleares.

Não seria um ataque nuclear contra os EUA a mais importante ameaça a ser combatida?

Infelizmente, há um longo histórico de atividades nucleares suspeitas nos Estados Unidos, com reportagem após reportagem sendo publicada por toda a manipulada mídia corporativa.

Nesta momento história, parece prudente descrever algumas das histórias mais ridículas que foram plantadas nas mentes do povo americano.

Preparando o Terreno

Uma das mais recentes histórias de capa sobre bombas nucleares foi publicada no final de março. Esta história foi apenas isso, uma invenção completa e absoluta do que a Al-Qaeda poderia realmente fazer.
Uma alegação de que 25 cartas informando que bombas nucleares estão escondidas por todo
os Estados Unidos teriam sido enviadas para vários investigadores e cidadãos na área de Chicago.

A idéia de que a Al-Qaeda poderia colocar mais de uma centena de armas nucleares em prédios do governo dos Estados Unidos é 100% impossível. Moradores de cavernas não têm a capacidade de roubar ou criar armas nucleares, levá-las para os EUA, e de alguma forma plantá-las em prédios do governo.

No ano passado, Obama rotulou um ataque nuclear contra os Estados Unidos como a maior ameaça que a nação enfrenta e mesmo assim eles são incapazes de obter o gás utilizado para detectá-las?

Ao chamar terroristas com armas nucleares de "a maior ameaça à segurança dos EUA", Obama disse que o foco central "deste encontro é colocar a comunidade internacional no caminho no qual estaremos bloqueando materiais nucleares em um prazo muito específico e com um plano de trabalho específico", relatou o site Politico relatou em 2010.

No final de julho de 2010, o National Research Council publicou um relatório intitulado "Forense Nuclear: Uma Capacidade em Risco". O relatório destaca o fato de que os Estados Unidos já não é mais capaz de rastrear as armas nucleares ameaçando o seu litoral!

Gordon Duff, escrevendo para o Veterans Today, especulou que isto era um acobertamento que poderia ser usado em caso de um falso ataque nuclear:
"Um poderoso grupo nos Estados Unidos, com uma influência sobre a imprensa e a capacidade de inviabilizar uma investigação da mesma forma que foi feito nos ataques de 11 de setembro, ganharam a tarefa de preparar o terreno para um falso ataque terrorista aos Estados Unidos utilizando um material nuclear".

No mesmo artigo, Gordon escreveu sobre um ataque um tanto desconhecido, que teve lugar em Indiana, e que ele acredita que foi relacionado com contrabando de armas nucleares.
"Outra peça do quebra-cabeça envolveu uma força-tarefa federal, o Departamento de Defesa, de Energi e o FBI, que foi até um armazém em Greenfield, Indiana, sob o pretexto de uma 'coleta de registros'. Este ataque no estilo Waco em uma instalação de armazenamento de móveis para dormitório da faculdade era muito mais do que parecia. Nenhum caso, penal ou civil, forneceu qualquer razão para a busca."

Em 2002, o World Net Daily reportou sobre um livro escrito por um consultor do FBI afirmando que Osama Bin Laden tinha comprado 20 malas contendo bombas nucleares de agentes da KGB em 1998:

Um novo livro escrito por um consultor do FBI sobre terrorismo internacional, disse que a terrorista Al Qaeda de Osama bin Laden comprou 20 armas nucleares mala de ex-agentes da KGB em 1998 por US $ 30 milhões.

O livro, "Al Qaeda: Irmandade de Terror", de Paul L. Williams, também diz que este acordo foi um dos pelo menos três na última década em que a Al-Qaeda comprou pequenas armas nucleares ou urânio que poderia ser utilizado em armas nucleares.

Obviamente, este livro foi uma das primeiras tentativas de implantar nas mentes do povo americano a possibilidade de que a Al-Qaeda executaria ataques nucleares contra os EUA.

E depois há o agora famoso fiasco de 2007 na Minot Air Force Base onde armas nucleares foram aparentemente perdidas por até 36 horas.

"De acordo com uma ampla gama de relatórios, várias bombas nucleares foram "perdidas" por 36 horas depois de decolar em 29 de agosto de 2007, durante uma viagem sobre território nacional, a partir da Base da Força Aérea de Minot, em Dakota do Norte, até a fase USAF Barksdale, na Louisiana.

Consta que no total foram seis ogivas nucleares W80-1 armadas em mísseis de cruzeiro avançados (ACM) AGM-129 , que teriam sido "perdidos". A história foi relatada pelo Militar Times, depois de recrutas militares fazarem a história
", relatou Mahdi Darius Nazemroaya do Global Research.

Exercícios de Guerra

Centenas de exercícios de simulações nuclear em grande escala ocorreram nos Estados Unidos e no exterior durante os últimos dez anos.

Um dos exercícios mais sinistros, o TOPOFF 4, teve lugar em Portland, Oregon. O exercício simulou um atentado nuclear sujo (usando bombas convencionais e material radioativo) em larga escala no coração do centro de Portland.

Zona radioativa e Zona de Morte de Portland, Oregon.

A descrição do exercício de Oregon parecia script de um filme de Hollywood.
Lembre-se que os americanos perderam grande parte de suas liberdades devido à ameaça do terrorismo mas ainda assim eles supostamente devem acreditar que terroristas das cavernas podem superar várias agências de inteligência ocidentais.

O exercício em larga escala T4 é baseado no Cenário de Planejamento Nacional 11 (NPS-11). Os terroristas planejaram os ataques em Oregon, Arizona, e no Território americano de Guam. Eles trouxeram material radioativo para os Estados Unidos.

O primeiro dos três ataques coordenados ocorre em Guam, com a detonação de um dispositivo de dispersão radiológica (RDD), ou "bomba suja", causando acidentes e contaminação generalizada em uma área populosa. Em poucas horas, ataques similares ocorrem em Portland e Phoenix.

Curiosamente, o exercício aconteceu ao mesmo tempo que o Vigilant Shield, uma grande operação que simulou a detonação de três artefatos de dispersão radiológica dentro das áreas de responsabilidade do USNORTHCOM e do Comando Americano do Pacífico.

Uma busca rápida na internet vai revelar centenas de exercícios semelhantes em várias cidades diferentes, todos com a mesma mentalidade. Uma mentalidade que é baseada na falsa premissa de que os terroristas possam obter material nuclear sem a ajuda dos principais governos.

Programação Preditiva

A mídia corporativa controlada e Hollywood têm desempenhado um papel muito importante na implementação de um possível ataque terrorista nuclear nas mentes de pessoas no mundo. Esta idéia não é apenas uma operação americana de alardeamento.

A Operação Blackjack, um conjunto de histórias em quadrinhos em formato de slides que mostravam bombas nucleares sendo detonandas nas grandes cidades em todo o mundo, foi misteriosamente lançada em 2009 pelo jornal londrino The Telegraph. Neste post eu mostro detalhadamente os principais slides.

Os slides continham numerosos códigos e simbolismo que para alguns indicava que era uma operação muito real e que iria acontecer em 22 de junho, 2009 ou 2010. Obviamente, essas datas já passaram, mas a idéia que isso poderia realmente acontecer foi cimentada na mente das centenas de milhares de pessoas que leram os quadrinhos.

Curiosamente, Jericho, um popular programa de TV nos Estados Unidos, descreveu um cenário muito semelhante à Operação Blackjack.

Os ataques nucleares em Jericó foram realmente realizadas por elementos corruptos do nosso governo, que imediatamente instituiu uma União Norte-Americana, a lei marcial, os campos da FEMA e esquadrões da morte privados. Veja abaixo o trailer da série Jericho.



Doctor Who, uma série popular na Grã-Bretanha, gravou um episódio que é um caso bem claro de programação preditiva. Ataque nuclear, lei marcial, e campos de trabalho forçado!

Enquanto a quantidade de programação preditiva em relação a ataques nucleares torna impossível enumerá-las todas, estas três mostram uma imagem clara do controle da mental que as pessoas têm experimentado.

As Perguntas Continuam

É claro que o trabalho base de cobertura para um ataque nuclear de falsa bandeira em uma grande cidade americana ou européia tem sido lentamente estabelecido.

Muitas questões permanecem. Será que os inúmeros trabalhadores, os patriotas americanos no governo e no exército irão impedir um ato terrível de acontecer? Será que os grandes poderosos não percebem que a culpa de um tal ataque seria diretamente apontada para eles? Será talvez usada uma outra forma mais viável de um ataque de falsa bandeira?

Estas são questões que devem ser respondidas. O povo deve mostrar que não tolerará quaisquer forma de terrorismo de falsa banceira.

A medida em que os americanos continuamos a perder as liberdades em nome da segurança, eles se tornam mais vulneráveis do que nunca a um ataque de falsa bandeira em grande escala do mesmo nível do 11 de setembro ou ainda maior.

Veja o vídeo criado pelo site Intel Hub, responsável pela pesquisa de grande parte deste artigo. Se alguém tiver legendas para este vídeo ou quiser traduzi-lo, agradecemos muito.



Fontes:
The Intel Hub: The Stage Is Set For a Nuclear False Flag
New York Times: Agencies’ Lack of Coordination Hindered Supply of Crucial Gas, Report Says
CBS News Chicago: Threats Claim Nuclear Bombs Hidden All Over U.S.
Politico.com: O Diário de Obama (sobre a ameaça terrorista nuclear)
National Academies: Nuclear Forensics: A Capability at Risk
Veterans Today: GORDON DUFF: FALSE FLAG NUKE ATTACK ON U.S. JUSTIFIED….”KING’S TORAH”
World Net Daily: Does al-Qaida have20 suitcase nukes?
Military times: B-52 mistakenly flies with nukes aboard
The TOPOFF 4 Full-Scale Exercise

7 comentários:

Anônimo disse...

bvb

Anônimo disse...

Eu tenho nojo da ignorância dessa nação estadunidene
Abaixo um artigo publicado por mais um desses sujos.

Forget Iran! The US better invade Brazil!
http://www.abovetopsecret.com/forum/thread204522/pg1

Dillinger disse...

O post foi bem explicativo e com dados, mas ficam as dúvidas, e são muitas. Estamos lidando com um ataque de falsa bandeira muitíssimo delicado. Espero que entendam isso como um fator que vai matar milhares (talvez milhões, mas bem improvável), desencadeará um estado quase pleno e bem rígido de policiamento em diversos níveis (social, cultural, científico) e muitas outras possibilidades que marcariam profundamente a nova década.

Não foi citado, mas considero importante, que um ataque deste tipo levaria á uma guerra contra o Irã com toda certeza. E o que pensar então do cenário internacional já cheio de complicações (UE á beira de crises de vários tipos, China e Índia tentando manter seus desenvolvimentos e domínios, África participando mais do cenário econômico mundial, etc.) depois de um ataque assim.

Creio eu que HÁ urgência de se pensar como aqueles que planejma um ataque assim. Deve ser meticulosamente planejado para sair de acordo com os interesses chaves, gerar consequências favoráveis é alguns grupos das elites internacionais e estabelecer firmemente um complexo militar de inteligência em praticamente todo o planeta. Uma vez que se pense em modelos ou possibilidades, é muito mais fácil atacar frontalmente àqueles que planejaram isso tudo do que ficar em rodeios com a mídia, os manipulados, os agentes secundários, etc.

A verdadeira revolução se inicia na mente de cada um primeiro, para depois sair para fora. Reflexão, crítica, ceticismo, provas, teorias: tudo isso JUNTOS é que mudam a pessoa, sua vida social, sua sociedade, o mundo.

Watcher disse...

@Dillinger concordo contigo!
Depois do que aconteceu no 11/9, qualquer coisa é possivel.

Anônimo disse...

Atencao a chicago! vejam www.novadesordemmundial.blogspot.com

Anônimo disse...

Olá! Não tive tempo de ler o post ainda, acabei de conhecer o site.

Mas dei uma prévia rápida e achei interessante.

É interessante notar que acompanhei todas as temporadas de 24 horas. Aquele seriado que se passa no centro contra-terrorista com o agente Jack Bauer.

E em todas as temporadas o que mais se falava era sobre ataques desse tipo.
Se não me engano, na quinta ou sexta temporada, toda ela foi de ameaça nuclear. E em uma outra, um dispositivo até foi lançado, só que foi abatido por um caça.

Relacionando essa notícia com o seriado, pode se ver que não é um cenário impossível de se acontecer.

Anônimo disse...

Acrescentando dados ao comentário sobre a série 24 Horas, ficou nítida a preparação do povo americano para a eleição de um presidente negro. Para salvar os EUA, somente um homem forte, digno, representante de uma minoria tão combatida, seria capaz de comandar o Pais,de direcionar o povo.
( Nada contra o fato de ser negro, mas é que a imagem "branca"do poder já estava um tanto desgastada, ainda mais depois de seu grande representante, Busch).
No seriado o tempo todo o agente Bauer luta para proteger a vida do presidente e sua família, pois diversos grupos o ameaçavam ( como era de se esperar, com bombas e tudo mais). O resultado é que você se pega pensando: jamais um negro teria condições de se eleger, pois a elite "branca" não permitiria, os grupos internacionais, etc. A vontade que se tem é de apoiar o presidente, de lutar por ele, pela bandeira da igualdade racial, pelas minorias...e no final fica o recado, você pode mudar isso! você pode eleger um presidente negro, democrático, aquele que vai fazer a "Diferença"!
Derrepentemente, eis que surge OBAMA. Como não votar nele depois de tantos apelos?
Será que tudo não foi orquestrado por essa elite, que utiliza de todas as formas de manipulação para se manter no poder, apelando, inclusive para nossos mais sinceros anseios de respeito as diferentes etnias, raças, credos, de uma politica mais justa igualitária, inclusiva???
Ou seja, o caminho para a eleição de Obana, já vinha sendo "incutida" em nossas mentes, preparando-nos e principalmente, convocando-nos para este momento!
Assim acho que devemos pedir mais discernimento, enxergar as coisas com olhar crítico. Não se deixar levar pela mídia, não permitir que ela comande nossas mentes, mas aproveitar as informações passadas para se preparar e lutar contra isso!

Posts Relacionados
 
;