RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Cérebro Robô Aprende Conceitos Através da Internet e Interação Humana

sexta-feira, 29 de agosto de 2014 |

Um dos passos para que os robôs se tornem os senhores todos poderosos previstos em livros e filmes é ensinar-lhes todo o conhecimento humano. Um projeto chamado Robo Brain (Cérebro Robô)  pode fazer isso sem a ajuda de seres humanos, procurando na web em busca de informações e, em seguida, compartilhando-as com os robôs. Mais um caminho em direção à Skynet? Se universidades estão chegando neste ponto, imaginem o que o Darpa, em conjunto com o incrível banco de dados da NSA, já não deve ser capaz?

O projeto está sendo realizado por acadêmicos do Departamento de Ciências da Computação da Universidade de Cornell. Uma equipe formada por muitos dos mesmos pesquisadores que foram responsáveis ​​pela produção do robô Tell me Dave que é capaz de compreender e seguir as instruções em linguagem natural.

O Cérebro Robô também é capaz de entender a linguagem natural, e usa esse recurso para encontrar sentido nas informações que encontra na internet. Ele permite que os robôs entendam como o mundo funciona usando os dados que encontra, ao invés de simplesmente armazenar os dados, sem ter qualquer conhecimento sobre isso. O sistema pode ensinar coisas aos robôs como forma de encontrar suas soluções, entornar uma bebida, guardar a louça e quando não interromper duas pessoas conversando.

"Se um robô encontra uma situação que não tenha visto antes, ele pode consultar o Cérebro Robô na nuvem", explica o professor assistente de ciência da computação na Universidade de Cornell, Ashutosh Saxena. "O Cérebro Robô vai aprender a reconhecer objetos, comparando-os com imagens online. A partir daí, ele será capaz de aprender como eles são chamados e como eles são usados."

Em um determinado exemplo, um robô pode ver uma caneca de café e aprender com o Cérebro Robô que não é só uma caneca de café, mas que os líquidos podem ser derramados para dentro ou fora do mesmo, que pode ser segurada pela alça e que deve ser carregada na posição vertical quando está cheia, mas não precisa ser necessariamente na posição vertical quando se está em uma máquina de lavar louça ou armário.

Você pode conferir o site Robo Brain para ver exemplos de como funciona o Cérebro Robô. Um exemplo é "manipulação de plano em movimento":

"O botão da fonte de água pode ser manuseado."






Outro exemplo seria a "rotulagem semântica." Confira o site para saber mais.

Leia mais:




RoboEarth: Robôs Ganham Sua Internet Particular para Auto-Aprendizado e Compartilhamento de Conhecimento (Skynet?)




Fontes:
- Disinformation: Robo Brain learns concepts through Internet and human interaction 
Gizmag: "Tell me Dave" robot learns simply by people talking to it
- Gizmag: Robo Brain uses the web to teach robots human knowledge
Robo Brain

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;