RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Cientista Adverte: Comer Trigo Geneticamente Modificado Pode Destruir seu Fígado

sexta-feira, 29 de agosto de 2014 |

Notícias Naturais

O trigo cultivado geneticamente (transgênico) contem um supressor de enzima que, quando é consumido pelos humanos, pode causar insuficiência hepática permanente (e morte). A advertência foi emitida pelo biólogo molecular Jack Heinemann da Universidade de Canterbury na Austrália.

Heinemann publicou um artigo revelado que detalha esta advertência e exige provas científicas rigorosas em animais antes que o cultivo seja consumido pelos humanos. O supressor da enzima no trigo, pode atacar também uma enzima humana que produz o glicogênio. Os consumidores que comem trigo transgênico acabam contaminando seus corpos com esta enzima destruidora do trigo, tornando seu próprio fígado incapaz de produzir glicogênio, uma molécula de hormônio que ajuda o corpo a regular o metabolismo do açúcar no sangue. Este por sua vez, dá lugar a insuficiência hepática.

O que encontramos é que as moléculas criadas neste trigo, projetadas para silencias os genes do trigo, podem se igualar com os genes humanos e através da ingestão estas moléculas podem entrar nos humanos e potencialmente silenciar nossos genes“, disse Heinemann em uma conferência de imprensa sobre a ameaça do trigo geneticamente modificado.

Encontramos mais de 700 páginas de possíveis coincidências entre os genes do trigo e o genoma humano“, continuou. “Temos encontrado mais de uma dezena de cópias que são extensas e idênticas e suficientes  para silenciar os sistemas experimentais. Os resultados são absolutamente garantidos. Não há dúvida que existam essas cópias. Desta informação, sabemos que é razoável que haja um efeito adverso, no entanto, é por isso que estamos pedindo que se faça uma bateria de experimentos antes de que os humanos consumam este trigo“.

A professora Judy Carman, bioquímica e diretora do IHER, Universidade de Flinders, Adelaida, acrescentou: “Se isto silencia o mesmo tipo de gene em nós – o mesmo que silencia no trigo- bom, nossas crianças que nascem com esta enzima que não funciona normalmente morrem aos cinco anos de idade. E adultos com este problema, adoecem e se cansam mais e mais, até que se tornam muito doentes.

Ela continua, “Antes que isto chegue perto dos estudos de alimentação humana, é necessário realizar avaliações de segurança animal abrangente, onde realmente se pode ver se os animais adoecem. Então, é necessário ver se esta modificação genética sobrevive a digestão e entra nos corpos dos animais. É necessário ver que efeito tem sobre eles. Se é necessário fazer estudos de toxicologia adequados a longo prazo… se é necessário verificar se sofrem de câncer, se é necessário ver se há problemas reprodutivos e se tem que verificar alergias…

Os defensores dos organismos geneticamente modificados (OGM ou transgênicos) querem que você e seus filhos sejam parte do experimento

Enquanto considera esta afirmação, tenha em mente que os defensores de OGM/transgênicos querem que você e seus filhos comam OGM que nunca foram testados para sua segurança. Eles dizem que simplesmente temos que acreditar na segurança dos OGM, como seguidores de uma seita, sem qualquer evidência científica.

No sistema corporativo agrícola de hoje, VOCÊ é o experimento. Não existe ciência por tás da segurança dos OGMs, e de fato a ciência verdadeira mostra que os transgênicos causam infertilidade e doenças em animais que tem sido usados para experimentos. Os transgênicos são uma ameça à humanidade, e quem os promovem são os vilões da ciência lixo que tem vendido suas almas aos criminosos da indústria de biotecnologia.

A indústria dos OGMs é tão ruim que inclusive não querem que você saiba o que está comendo OGM. Por isso que os gigantes da indústria estão investindo dezenas de milhões de dólares em uma plano para tentar derrotar a Proposta 37 na Califórnia que seria uma mandato judicial para etiquetar os produtos alimentícios transgênicos.

Leia mais:




China Começa a Questionar os Transgênicos e o Glifosato







Cientistas Pedem a Suspensão dos Transgênicos em Todo o Mundo




Fontes:
- Notícias Naturais: Cientista Adverte: Comer Trigo Geneticamente Modificado Pode Destruir seu Fígado
- Natural News: Alerta de OMG: Comer trigo genéticamente modificado puede destruir su hígado, advierten científicos

Um comentário:

http://genpeace.blogspot.com disse...

Não vou me concentrar no trigo transgênico, que ainda está longe de chegar ao mercado, mas sim no feijão transgênico Embrapa 5.1, que emprega o mesmo processo (interferência de RNA) para ficar imune ao vírus do mosaico dourado. Se tomarmos a sequência de RNA fita dupla e compararmos com o genoma humano (e, na verdade, se compararmos com todas as sequências de DNA disponíveis no bando de dados público), vamos ver que não existe qualquer sequência que tenha pelo menos 21 pb idênticas à do dsRNA. Concluímos que não há mRNAs de genes expressos no homem que pudessem sofrer clivagem ou bloqueio de tradução por fragmentos gerados por este dsRNA.
Mas ainda que houvesse genes semelhantes, o dsRNA está do lado de fora das células, chegando ao corpo no intestino e talvez ganhando a circulação em mínimas quantidades. Daí a ele entrar nas células é uma história muito diferente e, tirando o relato de um chines e seus colaboradores que publicaram resultados (com metodologia muito deficiente) que sugerem algum transito para o interior das células, não há nem relato nem qualquer mecanismo conhecido possível que permita esta passagem pela membrana celular em mamíferos.
O Heinemann e a Carman apenas especulam sobre uma coisa que nunca acontece em mamíferos (interferência dos dsRNAs alimentares em células de mamíferos) e concluem daí que todos os avaliadores de risco estão sendo imprudentes, cegos ou irresponsáveis. Estão redondamente equivocados.

Posts Relacionados
 
;