RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Monsanto - A Umbrella do Filme Resident Evil da Vida Real

quinta-feira, 12 de junho de 2014 |

Seria Monsanto a Umbrella dos filmes Resident Evil da vida real? Na ficção dos vídeo games e filmes Resident Evil, a Umbrella controla os alimentos mundiais, medicamentos e armamentos utilizando principalmente a engenharia genética. Ela é a responsável pelo apocalipse na Terra que foi devastada por químicos que destruíram as florestas e a água, convertendo a humanidade em um exército infinito de zumbis. (Alguma semelhança?)

Sabemos que a Monsanto fabricou as piores armas da história humana, desde o agente laranja do Vietnã até a bomba atômica. Os proprietários da Monsanto são além de tudo proprietários das maiores empresas de armamento militar mundial e de todos os laboratórios farmacêuticos da Pfizer (mais detalhes em um próximo post). Mas há mais.

Por exemplo a conexão URS/Monsanto - a infame empresa multinacional de biotecnologia agrícola corporação Monsanto, tema de imensa controvérsia no que se refere à saúde humana, tem um contrato permanente com a URS Corporation.

A URS Corporation se apresenta desta maneira:

-----------------------------------------------

"A URS Corporation é uma empresa de engenharia, construção e serviços técnicos de organização integrada com as capacidades para apoiar todas as fases do ciclo da vida do projeto. Oferecemos a gestão do programa; planejamento; projeto e engenharia; engenharia de sistemas e assistência técnica; tecnologia da informação; construção e gestão de construção; operação e manutenção; e desmantelamento e fechamento de serviços.

Através de nossa rede de oficinas em quase 50 países, oferecemos serviço a uma ampla gama de clientes, incluindo agências do governo federal dos EUA, governos nacionais de outros países, agências governamentais estatais e locais dos EUA o a nível internacional, e clientes do setor privado em todo o mundo. Nossos trabalho se concentram em cinco setores chave do mercado: Federal, Petróleo e Gás, Infraestrutura, Elétrico e industrial. Dentro de cada um estes mercados, nossas habilidades e conhecimentos integrais são um recurso valioso para os clientes de todo o mundo".

A URS Corporation também está envolvida na formação de militares e serviços militares

A URS combina ferramentas de formação sofisticadas com instrutores veteranos experientes para desenvolver programas de treinamento militar que preparam os estudantes para operar e manter equipamentos no ar, navais e terrestres em todas as circunstâncias.

Desde 1986, a URS tem capacitado mais de 20.000 alunos pilotos no Centro de Aviação o Exército dos EUA com excelência em Fort Rucker, Alabama. Nosso programa serve a estudantes de aviação - a maioria dos quais possuem pouco ou nenhuma experiência em voo - do Exército, a Força Aérea, OTAN e mais de 30 aliados dos Estados Unidos. Após meses de teoria da aviação e simulador de instrução para treinamento de voo real, nossos estudantes se graduam com as ferramentas e a experiência necessária para uma carreira de sucesso. A URS também oferece formação aos pilotos ativos e de reserva do Exército dos EUA, para tornarem-se examinadores de pilotos. Além disso, a URS supervisiona o curso básico de formação de habilidades de combate e Helicóptero Overwater Survival Training, cursos dos quais fornecem habilidades operacionais e de sobrevivência para pilotos do exército dos EUA.

Mas além da formação de estudantes para operar em aviação tradicional para o exército, a URS também é líder na criação de planos de estudo para um novo sistema de veículos aéreos não tripulados (VANT) . A URS estabeleceu programas de treinamento onde não havia nenhum meio de uso de instrutores de voo com experiência que entendessem das necessidades específicas sobre a nova tecnologia. Nossas técnicas provadas tem dado resultados positivos para estas necessidades emergentes.

Desde 1990, temos trabalhado com a Marinha dos EUA para desenvolver programas de educação flexíveis para todos os níveis de operações de submarinos da Classe Virgínia. Temos ajudado a escrever o conteúdo do curso e desenvolvido cursos interativos para apoiar o treinamento futuro. Nossos instrutores combinam experiência naval e uma ampla educação para proporcionar tanto em sala de aula como ensino em campo. Individualmente adaptados, com suplementos de instrução interativa via web e ferramentas de formação baseadas na aulas de computação para maximizar o impacto e o efeito do treinamento.

Como parte do contrato o Programa de Manutenção de Equipamentos de Veículos, a URS proporcionou a manutenção e a formação operacional de mais de 1000 militares - que se concentram na instalação de HMMW (lê-se Hum-vee) para melhorias adicionais de blindagem e segurança.

Independentemente da localização da sala de aula, seja debaixo d´água, no ar ou no deserto - a URS adapta suas soluções de formação para satisfazer as necessidades dos militares, para que nossos alunos estejam preparados para tudo que possam encontrar no cumprimento do dever.

Nosso espaço de serviços abrangidos pelo contrato incluem:

* Operações de construção, manutenção  exploração das centrais
* Desenho/ Engenharia
* Gestão da Construção
* Equipe de apoio de pesquisa
* Estufa, manutenção de crescimento e operações de câmara
* Suporte técnico e segurança

-----------------------------------------------

O que é a Monsanto?

"Monsanto é a criminosa mais perigosa dos Estados Unidos. A história a julgará como assassinos em massa.

Desde o Agente Laranja, as dioxinas e os PCBs, a Monsanto introduziu muitos produtos químicos horríveis em nossa alimentação e meio ambiente".

A Monsanto tem estado envolvida em numerosos processos judiciais. Em 2001, os ativistas franceses dos direito ambientais e de consumidores entraram com uma ação contra a Monsanto por enganar o público sobre o impacto ambiental de seu herbicida Roundup. A Monsanto apresentou o Roundup como sendo biodegradável e afirmou que o mesmo deixa o solo limpo após o uso. A Monsanto foi multada em 19 mil dólares em uma corte francesa em 26 de janeiro de 2007 e o ex presidente da Monsanto Agriculture France foi declarado culpado por propaganda enganosa devido o ingrediente principal do Roundup, o 'glifosato', ser classificado como 'perigoso para o meio ambiente e ' tóxico para os organismos aquáticos' pela União Europeia. O distribuidor francês da Monsanto, Scotts France também foi multado em 15.000 euros. Ambos os acusados foram condenados a pagar 5.000 euros para a associação Brittany Water and Rivers e 3.000 euros para o grupo de consumidores CLCV.

Em 2003, a Monsanto chegou a um acordo de 300 milhões de dólares com as pessoas do Alabama,afetadas pelas fabricação e despejo de produtos químicos tóxicos bifenilos policlorados (PCBs).

Em 2004 a Monsanto foi processada em tribunal dos EUA por um grupo vietnamita, juntamente com a Dow e outras companhias químicas devido ao uso do desfolhante Agente Laranja, usado pelos militares dos EUA durante a guerra do Vietnã. O caso foi encerrado e os autores recorreram até a Corte Suprema, que também negou a a apelação.

Em 2004, a maior companhia agroquímica  do mundo, Syngenta da Suíça, entrou com uma ação cobrando a Monsanto do EUA pelo uso de táticas coercitivas de monopolizar mercados. Há vários processos de ambos os lados entre a Monsanto e a Syngenta.

Em 2005, o Departamento de Justiça dos EUA, apresentou um acordo de acusação deferia em que a Monsanto admitiu as violações da Lei de Práticas Corruptas no Exterior (15 USC § 78dd -1) e fazer entradas falsas em livros e registros (15 USC § 78m (b)  (2) e (5)). A Monsanto também aceitou pagar uma multa de 1,5 milhões de dólares. O caso era referente a subornos pagos a um funcionário na Indonésia. A Monsanto admitiu que um diretor da Monsanto dirigiu uma empresa de consultoria indonésia para dar um suborno de US$ 50.000 a um alto funcionário do Ministério do Meio Ambiente da Indonésia no ano 2002, relativa à avaliação da agência sobre o seu algodão geneticamente modificado. A Monsanto disse para a empresa forjar uma fatura para o suborno como "honorários de consultoria". A Monsanto também admitiu admitiu ter pago subornos a vários outros altos funcionários seniores indonésios entre 1997 e 2002. Em 5 de março de 2008 o acordo de acusação diferido contra a Monsanto foi encerrado com prejuízo (sem oposição pelo Departamento de Justiça) pelo Tribunal do Distrito dos EUA para o Distrito de Columbia, o que indica que a Monsanto havia cumprido plenamente com os termos do acordo.

No final de 2006, o Tribunal Correcional de Carcassone, na França, ordenou aos diretores da filial da Monsanto Asgrow a pagar uma multa de 15.000 euros em relação ao seu conhecimento da presença de organismos geneticamente modificados em sacas importadas pela Asgrow em 13 de abril de 2000.

Em novembro de 2010, um juiz federal ordenou a destruição das plantações de beterraba geneticamente modificadas desenvolvidas pela Monsanto após o Departamento da Agricultura dos EUA ter aprovado ilegalmente o cultivo biotecnológico.

Os países do mundo todo continuam com seus esforços para proibir qualquer produto relacionado à Monsanto, incluindo os produtos geneticamente modificados, pelo interesse da saúde e da segurança.

Leia mais:



Protestos Mundiais contra a Empresa de Engenharia Monsanto e Nenhum Relato pela Mídia







Jim Carrey Zomba da Monsanto Durante Discurso de Formatura em Universidade







[ESTUDO] Herbicida Transgênico Roundup Ligado ao Crescimento de Intolerância ao Glúten




Fontes:
Periodismo Alternativo: Monsanto es Umbrella de Resident Evil pero en la vida real
BWN Argentina: Monsanto es Umbrella de Resident Evil pero en la vida real

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;