RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Sete Milhões de Euros para Tentar Prender Julian Assange na Embaixada Equatoriana em Londres

quinta-feira, 26 de junho de 2014 |

O Reino Unido tem violado a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas e já gastou mais de 7 milhões de euros para tentar prender o fundador da Wikileaks na embaixada do Equador em Londres.

Julian Assange está há dois anos preso na Embaixada do Equador. Quem diz prezo, diz a salvo. Recordamos que em 2012 Assange refugiou-se na Embaixada do Equador quando esgotou as suas batalhas legais no Reino Unido para evitar a extradição para a Suécia, que por sua vez poderia levar à sua transferência para os Estados Unidos, onde era procurado por vários crimes relacionados com a divulgação de informações secretas norte-americanas. O Reino Unido ponderou entrar na Embaixada do Equador, violando o território equatoriano, mas não chegou a fazê-lo.

O asilo diplomático dado na Embaixada do Equador fez com que ainda hoje Assange continue publicando material e o torne, inevitavelmente, num alvo a ser abatido.

Tomando conta da embaixada estão quatro equipes de oito polícias divididas por turnos mais a sua logística. De acordo com o Daily Mail, que solicitou informações ao Governo do Reino Unido, existiu uma recusa por parte daquele Governo em indicar os custos envolvidos bem como o equipamento que é usado para vigiar a embaixada do exterior com base na “segurança nacional”.

São mais de 23.360 horas em policiamento “na linha da frente” da cidade de Londres que foram desviadas para assegurar que Assange não saia, ou se sair, que será detido.

Informação mais detalhada sobre a história e os custos que este processo acarreta pode ser encontrada aqui.

Julian dorme em um banheiro remodelado

craig hibbert

Na Embaixada do Equador, Julian Assange vive em uma sala remodelada. Como havia muito barulho á noite e de manha, Assange tinha problemas para dormir. Por isso, pediu à Embaixada para “renovar” a sala. Relutantes, cederam, retirando o sanitário criando ali um pequeno quarto para dormir.

Assange faz exercício físico diários, tem vários celulares e computadores ficando habitualmente acordado até tarde.

É este o homem que, há dois anos, está privado de sair à rua porque a Suécia e os Estados Unidos querem, por diferentes razões.

Será este o preço de mostrar a verdade?

--------------------------------------------

Ainda assim, paira algumas dúvidas sobre as verdadeiras intenções de Assange e do Wikileaks. Mostramos alguns anos atrás no post "Julian Assange do Wikileaks: 'Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro'" que Julian havia desacreditado a todos que questionam a versão oficial do 11 de setembro dizendo:

"Eu acredito em fatos sobre conspirações", diz Assange, escolhendo as palavras lentamente. "Sempre que as pessoas com poder planejam em segredo, eles estão realizando uma conspiração. Portanto, há conspirações em toda parte. Há também teorias de conspiração malucas. É importante não confundir as duas. Geralmente, quando há fatos suficientes sobre uma conspiração simplesmente a chamamos de notícia"E sobre 11 de setembro? "Eu fico constantemente incomodado pelo fato das pessoas serem distraídas por conspirações falsas como o 11 de setembro, enquanto o tempo todo nós fornecemos evidências de conspirações reais, para a guerra ou fraude financeira em massa". E sobre a conferência de Bilderberg? "Isso é vagamente conspiratório, em um sentido de rede. Nós publicamos as notas das reuniões."
Por um lado eu entendo que ele queira se preservar e não ser associado diretamente ao movimento "911 truthers", pois iria certamente criar um pretexto para a mídia desacreditar o wikileaks. Por outro lado, ele não precisava chegar ao extremo de chamar de "conspirações malucas", ainda mais se levarmos em conta que o 11 de setembro foi o que fez que chegássemos ao Estado Policial em que nos encontramos hoje, além de servir como pretexto para várias guerras. Ele também faz pouco caso da reunião do Grupo Bilderberg, um grupo que reúne em segredo "apenas" as pessoas mais poderosas do mundo uma vez por ano


Leia mais:


WikiLeaks Revela Negociações para Destruir Regulação Financeira (TISA)







Wikileaks: Texto do Acordo da Parceria Trans-Pacífico, “Capítulo Sobre o Meio Ambiente”




Fontes:
Tugaleaks: Mais de sete milhões de euros para tentar prender Julian Assange
- Huffington Post: Julian Assange's Life Inside A Converted Women's Toilet At The Ecuadorian Embassy

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;