RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Trump Ataca a Síria - A Rússia irá Responder?

quinta-feira, 6 de abril de 2017 |

Os EUA atacaram uma base aérea síria com ao menos 50 mísseis de cruzeiro Tomahawk a partir de buques de guerra no mar Mediterrâneo.


Os EUA lançaram ao menos 50 mísseis de cruzeiro Tomahawk contra a base aérea de Ash Sha'irat na província síria de Homs, informa a NBC News. Até o momento se desconhece o número exato de mísseis lançados. As agências AP e AFP informam sobre 60 e 70 mísseis, respectivamente.

O ataque ocorreu contra a instalação militar a qual, segundo estimativas da Casa Branca, as forças do governo de Bashar al Assad executou o ataque com armas químicas contra Jan Sheijun, na província de Idib. Os mísseis de cruzeiro foram lançados a partir de buques de guerra americanos no mar Mediterrâneo.


O presidente dos EUA, Donald Trump, instou a todas "as nações civilizadas" a unir-se aos EUA com a finalidade de "acabar com a matança e o derramamento de sangue na Síria", e afirmou que o ataque responde a um "vital interesse de segurança nacional" dos EUA. Os meios de comunicação sírios qualificaram o ataque como ato de "agressão".

Embora nem a ONU nem a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) reportaram os resultados de seu investigação sobre o incidente que ocorreu na terça-feira, o governo americano atribuiu a responsabilidade ao governo sírio que, por sua parte, nega fortemente o uso de materiais químicos ou tóxicos na localidade, e responsabiliza o ataque aos grupos terroristas que operam na área.

* De acordo com os dados do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, o ataque com o suposto uso de armas químicas na cidade síria de Jan Sheijun, na província de Idlib, ocorrido na terça-feira, levou a vida de 58 pessoas.
* A Coalizão Nacional de Forças de Oposição e Revolução Síria, eleva o número de vítimas para 100 pessoas - entre elas 25 crianças e 15 mulheres - e informa sobre 400 feridos, citando dados da Direção de Saúde da província de Idlib.
* Segundo dados do Ministério de Defesa da Rússia, a aviação síria executou nesta terça-feira um ataque aéreo contra um depósito com armas químicas pertencentes aos terroristas na periferia de Jan Sheijun.

Antes de saber do ataque americano, o representante permanente adjunto da Rússia na ONU, Vladímir Safronkov, advertiu que a Rússia tinha "evidência direta" sobre a preparação de uma operação militar na Síria e salientou que "todas as consequências pesarão sobre a consciência de quem planeja projetos assim".

Mais informações, em breve.

Leia mais:



Rússia Denuncia que os EUA Possuem Planos para Arruinar o Futuro da Síria






Chomsky Adverte que Trump Poderia Usar um Atentado de Falsa Bandeira para Manter-se no Poder






Fontes:
- RT: EE.UU. lanza al menos 50 misiles de crucero contra una base aérea en Siria
- NBC News:  U.S. Launches Missiles at Syrian Base After Chemical Weapons Attack
RT: Trump insta a "las naciones civilizadas" a unirse a EE.UU para "terminar con la matanza" en Siria
Syriayhr: About 400 killed or wounded by 3 massacres by regime warplanes targeted 3 different areas
National Coalition of Syrian: Abdah Urges Pinheiro for Urgent Int’l Investigation into Khan Sheikoun Massacre in Telephone Call
RT: Ministerio de Defensa ruso: La aviación siria bombardeó un depósito de armas químicas en Idlib

Um comentário:

Jack Lafite disse...

Bom dia, teremos um mês de abril bem agitado devido à este outro ataque de falsa bandeira à Síria.. obrigado pelas informações!
Uma pergunta, você conhecia o blog caminho alternativo? Conhece o autor/redator?
Saudações.

Posts Relacionados
 
;