RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Cientistas Charlatães Agora Afirmam que o Aquecimento Global, e não os Alimentos Processados, Provoca Diabetes

sexta-feira, 7 de abril de 2017 |

Esqueça a má alimentação e a falta de exercício como sendo os principais culpados pela epidemia de diabetes em crescimento. Se você acreditar no que os pesquisadores do Laboratório Einthoven da Holanda agora afirmam, o aquecimento global, também conhecido como o bode expiatório favorito do grande governo para tudo de errado no mundo, pode ser, pelo menos em parte, o culpado pelas milhões de pessoas que sofrem de insuficiência da produção de insulina.


Publicado na revista BMJ Open Diabetes Research & Care, um estudo desses pesquisadores identifica uma associação entre os surtos de temperatura e o aumento dos diagnósticos de diabetes tipo 2, o tipo mais comumente associado com comer muito açúcar e não o suficiente de nutrientes benéficos. Por causa dessa coincidência, eles teorizaram de alguma forma que o aumento do calor pode ser uma causa dessa doença comum que aflige cerca de 29 milhões de pessoas que vivem nos Estados Unidos.

Pode parecer um tipo de brincadeira, mas essa conclusão foi publicada em uma revista científica que afirma defender os mais altos padrões de pesquisa. Várias agências de notícias já estão divulgando o estudo como " evidência " de que o diabetes é uma consequência da mudança climática causada pelo homem, o que provavelmente significa que os políticos precisam impor mais impostos às pessoas para enviar às Nações Unidas.

Em uma entrevista por telefone para o The Huffington Post, a principal autora do estudo Lisanne Blauw aparentemente afirmou, sem rir, que quando o tempo fica mais quente, mais pessoas são diagnosticadas com diabetes. Com base nesta suposta observação, acrescentou que, é vital que o público reconheça que "o aquecimento global tem mais efeitos sobre a nossa saúde, não só sobre o clima".

O núcleo comum da "ciência" ignora os fatos básicos sobre como o corpo auto-regula a temperatura

Este último estudo foi publicado em um artigo publicado em 2015 por uma equipe separada de pesquisadores, também da Holanda, que descobriu que a produção de insulina aumenta em temperaturas mais baixas e diminui em temperaturas mais altas. Com base nisso, o salto foi feito para as alegadas contribuições do aquecimento global para o problema do diabetes, ignorando completamente as variações naturais de temperatura que ocorrem entre áreas geográficas dependendo da estação e sua proximidade com o equador.

Nem a equipe de pesquisa foi capaz de identificar precisamente o porquê o diabetes parece aumentar em climas mais quentes - provavelmente porque esta observação é totalmente uma coincidência, não provando nada sobre a suposta ligação entre a temperatura e o diabetes. E ainda, a mídia mainstream está exibindo-la como prova de que os seres humanos precisam conter os seus hábitos de vida para evitar que o fenômeno do temível aquecimento global cresça.

Sempre que um estudo de pesquisa faz uma correlação legítima entre, digamos, o mercúrio presente em vacinas e o autismo, o mundo é informado de que a correlação não é igual à causalidade e que as conclusões do estudo são inválidas. Mas então vem um ridículo par de estudos, como os dois que estão sendo usados ​​para sugerir que o aquecimento global causa diabetes e, de repente, essa conexão sem fundamento entre duas coisas não relacionadas é a prova científica do evangelho de que a mudança climática está causando doenças crônicas.

Embora possa ser viável que as mudanças de temperatura afetem a atividade celular dentro do corpo, a única coisa que os cientistas alegados empurrando tal alegação estão ignorando, é o fato de que o corpo humano auto-regula sua temperatura interna para permanecer em um confortável 36,6 graus, Para cima ou para baixo, conforme necessário, com base em condições externas. Sendo que em um clima mais quente, em outras palavras, é irrelevante porque o corpo normaliza sua própria temperatura interna independentemente.

Você não tem que ser um perito científico para perceber tudo isso - cada estudante de escola primária aprende estes fatos biológicos básicos em uma idade muito jovem. Mas parece que esses "cientistas" dos Países Baixos perderam esta aula na escola, e agora estão perpetuando a "ciência" comum do tipo lixo para continuar pressionando a fraude do aquecimento global.

Leia mais:



240 Trabalhos Científicos em Seis Meses Derrubam "Consenso" sobre Catastrofismo Climático












Fontes:
- Natural News: Quack scientists now claim global warming, not processed food, causes diabetes
- Daily Caller: Media Touts A New Study Blaming Diabetes Epidemic On Global Warming
The Huffington Post: Climate Change Could Lead To An Uptick In Type-2 Diabetes

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;