RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Cientistas da Mudança Climática Alegam que os Chemtrails são Benéficos, em Renovados Esforços para Poluir a Atmosfera

domingo, 14 de julho de 2019 |


Não é mais segredo que os cientistas estão defendendo a poluição em massa da atmosfera superior da Terra em um esforço tolo para deter a chamada “mudança climática”. A agenda é abertamente admitida em revistas científicas como Nature Climate Change, que recentemente publicou este estudo de Peter Irvine:

Reduzir o aquecimento com a geoengenharia solar idealizada modera os principais riscos climáticos

O jornal não está debatendo se a geoengenharia (chemtrails) é um conceito real; o artigo inteiro está focado na questão de quanta poluição na atmosfera da Terra é a quantidade certa?

Em outras palavras, já foi aceito que poluir a atmosfera (geoengenharia) é um protocolo científico aceito e convencional que os defensores alegam que interromperá a chamada “mudança climática”. (Eles são retardados, é claro. Veja mais abaixo…)


Note cuidadosamente que todo o charlatão da ciência na mídia - o ator Bill Nye, que acusou o estuprador Neil de Grasse Tyson e todo troll "cético" da Wikipedia - há muito insiste que a geoengenharia não é real. Chemtrails não estão acontecendo, dizem eles, e ninguém está tentando poluir a atmosfera. É assim que eles executam sua fraude: negar, negar, negar até um dia que reescrevam a história e reivindiquem que a geoengenharia sempre foi considerada “boa ciência”. (Alguém deve à mídia independente um pedido de desculpas, dado que a própria ideia de geoengenharia foi ridicularizada mais de uma década, mas agora é subitamente defendida nos principais jornais científicos.)

Para que você não pense que isso tudo é um conceito novo, aqui está um artigo da WIRED de 2008 defendendo a poluição em massa da atmosfera através da geoengenharia. Como o artigo explica, o esquema envolve a liberação de dióxido de enxofre na atmosfera - uma forma de poluição tóxica que mesmo a WIRED admite que causará chuva ácida. Na verdade, o artigo intitula-se “Pode um milhão de toneladas de dióxido de enxofre combater as mudanças climáticas?

Sejamos claros: a geoengenharia é POLUIÇÃO da atmosfera da Terra.

Não se iluda. A poluição é o que está sendo abertamente defendido em nome de "salvar o planeta". E a poluição é, obviamente, extremamente tóxica para os ecossistemas da Terra. O dióxido de enxofre é amplamente considerado o melhor candidato para a geoengenharia, e ejetá-lo na atmosfera resultaria, é claro, em chuvas ácidas que caem sobre as florestas, rios, pastos e oceanos da Terra. Lembra-se da chuva ácida? Foi o que nós fomos advertidos que iria acabar com o mundo nos anos 80. O termo foi rapidamente retirado depois que as previsões apocalípticas sobre a chuva ácida não corresponderam ao entusiasmo. Agora, os cientistas estão trabalhando para gerar chuva ácida com a poluição por dióxido de enxofre. E eles afirmam estar "salvando o planeta".

Então, além de escurecer o sol, diminuir a fotossíntese e congelar o planeta, os cientistas da mudança climática também querem inundar a superfície da Terra com chuva ácida, que uma vez eles prometeram matar a todos nós. É difícil acompanhar todas as emergências climáticas, já que o establishment as mantém mudando a cada poucos anos.


ONU Impulsiona a Geoengenharia Como Último Esforço para Salvar a Humanidade





Chemtrails são geoengenharia

Para evitar que sua verdadeira agenda seja facilmente identificada, os cientistas modernos camuflam seus esforços sob uma variedade de nomes, todos os quais são essencialmente sinônimos:

* Injeção de aerossol estratosférico (SAI)
* Geoengenharia
* Chemtrails
* E o novo vencedor, "Geoengenharia Solar" - que na verdade é um equívoco, já que eles não estão empregando geoengenharia no sol, mas parece que a precisão linguística não é de preocupação para os cientistas que estão fabricando todos os seus documentos falsos sobre mudança climática de qualquer maneira.

Independentemente do rótulo, o esquema é sempre o mesmo: ejetar a poluição na atmosfera da Terra para reduzir a intensidade do sol e reduzir a intensidade da radiação solar que atinge a superfície da Terra. O objetivo é alcançar o esfriamento global - que é exatamente o que todo o establishment científico nos disse na década de 1970, que mataria a todos nós com uma nova era glacial aterrorizante se espalhando pelo planeta, congelando a vida como a conhecemos.

Aqui está a capa da revista TIME de 1977. A manchete? "Como sobreviver à era do gelo que está chegando."



Um dos químicos que trabalha para mim no meu laboratório de espectrometria de massa, de fato, me lembra repetidamente como todos os estudantes de ciências já aprenderam sobre o apocalipse do "esfriamento global" que estava chegando rapidamente, e se os cientistas não descobrissem uma maneira para aquecer rapidamente o planeta, a Terra seria congelada em um planeta gelado Hoth, de Império Contra-Ataca. (Mas sem todos os dróides.)

Alguns anos mais tarde, quando a fraude da ciência do “resfriamento global” não deu certo porque, você sabe… os lunáticos operando sob a falsa bandeira da “ciência” decidiram publicar histórias assustadoras sobre o planeta. Todos nós fomos avisados que estávamos a caminho de queimar em uma chama de fogo e morte em todo o planeta, a menos que parássemos de usar motores de combustão que operam tratores agrícolas que produzem a maior parte do suprimento de alimentos do mundo. (Buscando o título de mais idiota da péssima ciência de todos os tempos, Alexandria Ocasio-Cortez anunciou que a humanidade tem apenas 12 anos antes da "mudança climática" destruir a civilização humana. A maioria dos liberais acreditou nela, uma vez que eles são universalmente analfabetos e não entendem de causa e efeito, muito menos química atmosférica.)

Alguns anos depois, quando o aquecimento não pôde ser documentado sem falsificar todos os dados e cometer fraudes científicas maciças em instituições financiadas pelo governo, eles mudaram o termo para "mudança climática" - um movimento brilhante, considerando o fato de que ninguém pode racionalmente argumentar que o clima nem sempre está mudando de uma forma ou de outra. Como uma interessante tangente, assisti recentemente a um episódio da série NOVA sobre o asteroide que matou os dinossauros há 66 milhões de anos. Ao colidir com nosso planeta, o asteroide ejetou enormes quantidades de material particulado na atmosfera, bloqueando o sol e colapsando o suprimento global de alimentos, causando um evento de extinção em massa em todo o planeta. Durante o programa, o narrador disse que os dinossauros foram realmente mortos - adivinhe? - "mudança climática". Sério. (Talvez os dinossauros devessem ter parado de usar cortadores de grama movido a gasolina...)

Hoje, os cientistas lunáticos do clima, que se alimentam parasiticamente de subsídios governamentais que exigem a materialização espontânea da “ciência” relacionada ao clima, estão tentando recriar, em menor escala, o evento de extinção em massa que matou os dinossauros (e 75% de toda a planta e espécies animais no planeta, a propósito). Ao poluir a atmosfera com material particulado, eles esperam conseguir a mesma coisa que aconteceu depois que a Terra foi atingida por uma rocha espacial assassina global: reduções drásticas na radiação solar e fotossíntese diminuída que causariam um colapso em cascata de toda a cadeia alimentar do planeta.

Há pouca dúvida de que, se Al Gore pudesse comandar um asteroide de 7 milhas de largura, ele iria colidir com o planeta enquanto gritava: "Estou salvando o planeta!" E ele mataria quase todas as coisas vivas que atualmente habitam a Terra. Mas o "aquecimento global" seria interrompido e a superfície da Terra congelaria, resultando em mais um evento de extinção em massa que os democratas declarariam ser um tremendo sucesso. (Se pudéssemos descobrir uma maneira de causar a extinção em massa seletiva apenas entre os burocratas, a Terra poderia realmente ter uma chance de sobreviver...)


"Escurecimento Global Revelado": Cientistas Querem Mais Chemtrails na Atmosfera para "Salvar o Planeta"





Temos que renomear os elementos usando linguagem neutra de gênero?

O autor do artigo parece ser um progressista obediente, e ele até escreve sobre a “desigualdade dos impactos da geoengenharia solar”, certificando-se, sem dúvida, de que os chemtrails afetam as pessoas brancas da mesma forma que as pessoas morenas ou negras. Afinal, você não pode deixar a palavra “desigualdade” de fora de um jornal de ciência hoje em dia, ou a polícia cultural pode achar que você se transformou em um cientista de verdade que acredita que os cromossomos determinam o gênero (conceito agora denunciado por toda a comunidade "científica" de esquerda que abandonou simultaneamente a genética e a biologia).

O trabalho conclui essencialmente que a metade do esforço de geoengenharia (ao invés de um programa completo para neutralizar o CO2 na faixa de 800 ppm em termos de concentração atmosférica) não causaria furacões, ciclones, furacões radicais ou eventos climáticos que trariam danos sérios a qualquer região específica do mundo. Essencialmente, o artigo argumenta que a geoengenharia só deve ser perseguida com uma certa “dose” de poluição para a atmosfera, porque ir longe demais pode ter consequências climáticas devastadoras (o que todo esquerdista obediente juraria estar sendo causado por “mudança climática”, é claro ).

Mas o autor não está vendo o quadro todo. O escurecimento da luz do sol devastaria a produção de alimentos globalmente, mergulhando muitas nações do Terceiro Mundo em fome, agitação social, convulsão política e crise humanitária sem limites. Isso porque muitas regiões do mundo precisam de todos os fótons de luz solar disponíveis atualmente para produzir alimentos suficientes apenas para evitar a fome em massa. Mesmo uma redução de 1% na radiação solar teria consequências globais devastadoras para as culturas alimentares, florestas tropicais, pradarias e ecossistemas marinhos (que também dependem da luz solar, caso você tenha esquecido o papel do fitoplâncton).

Uma redução na densidade da luz do sol também reduziria a duração da estação de crescimento para as culturas alimentares, o que significa que a disponibilidade de alimentos seria diretamente diminuída. Em um mundo onde a luz solar é a verdadeira fonte de luz, calor e vida para todos os seres vivos que habitam o mundo, é impressionante que os cientistas modernos estejam literalmente discutindo quanto a luz solar deveria ser bloqueada para "salvar o planeta".


Eis um Cavalo Amarelo? Como o Movimento Ambiental "Verde" Pode ser o Quarto Selo Bíblico





A “ciência” climática se tornou um perigo para a humanidade e está trabalhando para desencadear um evento global de extinção em massa

As ciências, agora é óbvio, mergulharam no reino da insanidade. Em nome da mudança climática, cientistas malucos estão agora tentando poluir a atmosfera e alterar o clima de uma forma que imita uma erupção vulcânica apocalíptica ou um impacto catastrófico de asteroides. Os cientistas da Terra, pode-se dizer, tornaram- se uma espécie de desastre natural que ameaça toda a humanidade. E se eles receberem financiamento para seus projetos de geoengenharia em larga escala, eles literalmente destruirão o mundo como o conhecemos. Eles vão escurecer o sol, congelar o planeta, prejudicar a fotossíntese e destruir as plantações de alimentos. Eles mergulharão a Terra em fome, doença e despovoamento em massa.

Mas é claro que esse tem sido seu objetivo real o tempo todo.

A narrativa da “mudança climática” tem sido uma farsa desde o começo, e esses cientistas não estão trabalhando para salvar o planeta Terra. Eles estão realmente trabalhando para aniquilar a humanidade, despovoar o planeta e terraformar o nosso mundo.

Essa é a verdade sobre o que a chamada “ciência” está buscando hoje. E se a humanidade permitir que esta insanidade continue, todos seremos aniquilados pelo primeiro evento de extinção em massa do mundo.

Quando as plantações alimentícias murcham e morrem, os invernos se prolongam e os continentes mergulham em uma nova era glacial, eu me pergunto quantas pessoas perguntarão: “Por que deixamos os cientistas poluírem os céus e ofuscarem o sol?” Será que os lunáticos cientistas terráqueos já foram acusados ​​de crimes contra a humanidade? Ou será que a civilização humana apenas se recostará e não fará nada enquanto os monstros da ciência moderna sistematicamente destroem nosso clima em nome de salvá-lo?

Quando a ciência se voltou contra a humanidade, é dever da humanidade se opor a esse mal e deter a destruição. Vivemos em um mundo onde a mídia nos disse que a luz do sol era ruim e que um planeta quente e úmido era perigoso. Al Gore insistiu que o aumento dos níveis oceânicos acabaria com a civilização humana e que o congelamento do planeta e a redução dos oceanos seriam a solução. Todas essas pessoas estão além dos idiotas; eles são anti-humanistas e, se não forem detidos, a humanidade será aniquilada como planejado.

De todas as civilizações inteligentes da galáxia Via Láctea, estou disposto a apostar que a Equação de Drake não explica a pura estupidez da humanidade destruindo seu próprio planeta poluindo sua atmosfera e bloqueando seu próprio sol. Esse nível de estupidez dá aos seres humanos um lugar de zombaria cósmica ao ponto em que outras civilizações inteligentes provavelmente estão vendendo ingressos para simplesmente observar a Terra - o único planeta já descoberto onde os biológicos são tão burros, que se aniquilam em nome da ciência. ”E eles também cortam seus próprios bebês e chamam de“ saúde reprodutiva das mulheres ”, a propósito, enquanto envenenam seu próprio suprimento de comida com substâncias químicas causadoras de câncer que matam ervas daninhas.

Sim, graças à ciência "progressista", a Terra é o motivo de chacota do universo. Nós provavelmente só estamos sendo autorizados a continuar vivendo devido ao valor de entretenimento de nossa própria estupidez.

O que a “ciência” vai apresentar a seguir? Injeções obrigatórias de elementos tóxicos prejudiciais ao cérebro em crianças humanas? Oh espere, eles já fazem isso. Chama-se vacinação.

Leia mais:


Mídia Norte-Americana Afirma que a Geoengenharia é uma "Teoria da Conspiração", Enquanto a China e a Rússia Trabalham Juntas para "Modificar a Atmosfera"










Fontes:
- Natural News: Climate change scientists tout “benefits” of geoengineering (chemtrails) in renewed push to pollute the atmosphere, dim the sun and freeze the planet
Nature Climate Change: Halving warming with idealized solar geoengineering moderates key climate hazards
- Wired: CAN A MILLION TONS OF SULFUR DIOXIDE COMBAT CLIMATE CHANGE?
- Natural News: ANALYSIS: How AOC’s Green New Deal would unleash a catastrophic food collapse and Venezuela-style mass starvation across America

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;