RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Campanha Anti-Homofobia Ganhou 302 MILHÕES de Reais para 2011 !!! Crianças e Idosos Deixados de Lado

segunda-feira, 20 de junho de 2011 |
Campanha anti-homofobia 302 milhões de reais

Até hoje pensávamos que havia sido gasto 3 milhões de reais na campanha anti-homofobia, o que seria já um absurdo, considerando o nível e a intenção do material. Já havíamos detalhado todos os pormenores da fatídica campanha, incluindo os vídeos e as cartilhas.

Este dias chegou ao meu conhecimento que no ano passado (2010) foram aprovados 302 MILHÕES REAIS para uso em 2011 em 10 emendas no "apoio à prevenção e ao combate à homofobia". E isto em detrimento aos projetos do "centro de referência para idosos" e do projeto de "combate à violência sexual contra crianças e adolescentes", que deixaram de ser aprovados na mesma reunião em que se aprovou esta bolada. Este fato fica ainda mais "interessante" dentro do contexto de que a educação sofreu um corte de 500 milhões de reais no orçamento de 2011. E o que mais me revolta é que ao aprovar estas 10 emendas para o combate a homofobia, foram deixados de lado os idosos e as crianças, justamente os mais vulneráveis!!!!

Podemos apenas imaginar quanto desta bolada será embolsada por esta elite homossexual que manipula o congresso e também estes políticos inescrupulosos, que acreditam que os idosos e as crianças não são tão importantes quanto uma pequeníssima minoria deste país, que se julga especial ao ponto de merecer privilégios (veja os principais pontos do Plano Nacional LGBT ao fim do artigo).

Vejam bem que estes 302 milhões de reais foram entregues à "Secretaria Especial de Direitos Humanos, Apoio e Serviço de Combate à Homofobia". Eu tentei e não consegui encontrar nem uma página na internet sobre esta secretaria, onde poderíamos averiguar quem faz parte e quais são os projetos específicos que estão recebendo esta grande bolada. Se alguém encontrar, por favor deixe um comentário abaixo.

Veja abaixo a notícia na Agência Senado e em seguida o texto completo da reunião onde foi votado o orçamento da secretaria de Direitos Humanos:

CDH aprova R$ 1,15 bilhão em emendas ao Orçamento de 2011

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou, nesta terça-feira (23), três emendas ao Orçamento da União para 2011. As propostas totalizam R$ 1,15 bilhão e devem financiar ações de custeio e investimento na Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Sepir); na Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH); e na Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SEPM), todas vinculadas à Presidência da República.

Ao apresentar seu parecer, o senador Paulo Paim (PT-RS) explicou que o critério usado para selecionar três entre 38 emendas apresentadas na CDH foi priorizar as áreas que concentraram a preferência dos parlamentares. Assim, venceram as iniciativas de apoio à promoção da igualdade racial (R$ 388 milhões); de apoio à prevenção e ao combate à homofobia (R$ 302,8 milhões); e de apoio às ações do plano nacional de políticas para as mulheres (R$ 460 milhões).

- Infelizmente, não tivermos como inserir as emendas sobre o centro de referência para idosos e de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. Mas procuramos acatar parcialmente a vontade de todos os senadores e entendemos que essas três emendas contemplaram os objetivos maiores da comissão - justificou Paim.

Abaixo você pode ler os principais trechos das nota da "23ª reunião ordinária da comissão de direitos humanos e legislação participativa, da 4ª sessão legislativa ordinária, da 53ª legislatura", realizada no dia 23 de novembro de 2010 (veja o PDF no site do Senado):

SR. PRESIDENTE SENADOR CRISTOVAM BUARQUE (PDT-DF):
Bom dia a cada um e a cada uma. Declaro aberta a 23ª Reunião Ordinária da Comissão Permanente de Direitos Humanos e Legislação Participativa, da 4ª Sessão Legislativa Ordinária, da 53ª Legislatura. ...
Item único desta sessão: emendas da comissão, Orçamento 2011, discussão e votação das emendas da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa ao PL nº. 59/2010, CN, do Congresso Nacional, da PLOA 2011, que estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício financeiro de 2011. Na Secretaria da comissão, foram apresentadas 38 emendas, que o Senador Paim ficou responsável, por gentileza própria, de dar um parecer. Com a palavra, portanto, o Senador Paulo Paim.

SENADOR PAULO PAIM (PT-RS): Senador Cristovam, como V. Exa. disse, foram apresentadas em torno de 40 emendas, nós só podemos acatar três e, dessas três, eu usei como critério o critério mais abrangente, o critério onde o maior número de parlamentares apresentaram emendas sobre o tema, e a maioria dos senadores apresentaram emendas correspondentes ao combate da desigualdade racial, buscando a promoção da igualdade racial. Aí foram três, seis, nove, onze... A segunda que eu acatei foi destinada à Secretaria Especial de Direitos Humanos, Apoio e Serviço de Combate à Homofobia; também aqui foram três, seis, mais quatro, dez, dez emendas. E a terceira, pelo mesmo critério, foi para a Secretaria Especial de Política para as Mulheres, apoio à iniciativa de referência [ininteligível] temáticos do Plano Nacional de Política para as Mulheres. Aí vai a violência às mulheres, vai a questão da profissionalização, vai a questão de conferências. Aí foram três, seis, doze... Foram 20 emendas nessa área, destinadas ao atendimento da Secretaria Especial de Política para as Mulheres. A Emenda nº. 1, somei todas as propostas, no que combate à igualdade racial, deu 388 milhões; a homofobia deu 302 milhões; a das mulheres deu 460 milhões. Nós sabemos que isso tudo vai ter um corte, depois, grande, na respectiva comissão, mas, como eu não pude acatar todas as emendas, eu acatei parcialmente, digamos, a vontade de praticamente todos os senadores, e eu entendo que essas três acabaram contemplando coletivamente o objetivo maior. Claro que eu gostaria de ter, também, inserido combate à exploração sexual de crianças, mas não tinha como, como também o Centro de Referência para os Idosos.
Mediante a isso, Sr. Presidente, eu sou pela aprovação dessas três emendas. Propomos, por fim, que a deliberação final conste na Ata da reunião, cuja cópia deverá ser entregue à CMO, juntamente com as emendas aprovadas....

É esse o relatório, Sr. Presidente.
SR. PRESIDENTE SENADOR CRISTOVAM BUARQUE (PDT-DF):
Está em discussão. Não havendo quem queira se pronunciar, ponho em votação. Está aprovada a emenda do Senador Paulo Paim, a quem eu agradeço o trabalho.
A sessão está encerrada
Sem dúvida estas 10 emendas devem fazer parte do Plano Nacional LGBT, que entre outros absurdos, contem as seguintes pérolas:

- INSERIR NOS LIVROS DIDÁTICOS A TEMÁTICA DAS FAMÍLIAS COMPOSTAS POR GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS.

- INCLUSÃO DA POPULAÇÃO LGBT EM PROGRAMAS DE ALFABETIZAÇÃO NAS ESCOLAS PÚBLICAS DO PAÍS. (PROFESSOR GAY)

- DISTRIBUIÇÃO DE LIVROS PARA BIBLIOTECAS ESCOLARES DE ALFABETIZAÇÃO COM A TEMÁTICA DIVERSIDADE SEXUAL PARA O PÚBLICO INFANTO (ATÉ 10 ANOS) JUVENIL (10 AOS 15 ANOS).

- CRIA BOLSA DE ESTUDO QUE INCENTIVE A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE TRAVESTIS E TRANSEXUAIS. (BOLSA-GAY).

- ESTIMULAR O ACESSO DE JOVENS LGBT NAS OFERTAS DE ESTÁGIO REMUNERADO. (ESTÁGIO PARA GAY).

- RECONHECER TODAS AS CONFIGURAÇÕES FAMILIARES PROTAGONIZADAS POR LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS COM BASE NA DESCONSTRUÇÃO DA HETERONORMATIVIDADE.

- LEGALIZAR O DIREITO DO CASAL HOMOSSEXUAL DE ADOTAR FILHOS.

- POLÍTICAS AFIRMATIVAS PARA O ENFRENTAMENTO DA LESBOFOBIA. (???).

- GARANTIR APOIO PSICOSSOCIAL À POPULAÇÃO LGBT IDOSA.

- CRIAR O CONSELHO NACIONAL DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS.

- INCLUIR A POPULAÇÃO LGBT EM PROGRAMAS DE COMBATE À FOME E À POBREZA.

- CRIAÇÃO DO SELO NACIONAL PARA EMPRESAS QUE APOIAM OU ESTIMULAM OS LGBT.

- CRIAÇÃO DO ESTATUTO DOS DIRETIOS LGBT.

- GARANTIR A SEGURANÇA EM ÁREAS FREQUENTADAS PELA POPULAÇÃO LGBT COM GRUPOS DE POLICIAIS ESPECIALIZADOS. (BATALHÃO GAY).

Quem souber exatamente quais são estas 10 emendas eu  agradeço muito se puder deixar uma mensagem abaixo nos comentários.

Gostaria de deixar mais uma vez bem claro de que não sou contra homossexuais nem contra que estes façam parte ativa da sociedades em todas as suas esferas. O que eu não concordo é que se destinem tempo e dinheiro ao privilegiar uma minoria da sociedade, enquanto se esquecem daqueles que são os mais vulneráveis, os idosos e as crianças.

----------------------------------------------------------------------

Update: Comparativo de Assassinatos de Homossexuais vs Crianças

Esta foi a piada do ano, Em resposta ao meu post no twitter sobre este post, olhe o que esta pessoa me responde:

"@novaordemmund crianças e idosos JÁ tem os seus devidos estatutos... e os gays? SÃO MORTOS NO MEIO DA RUA! Então cuide antes de falar..."

Estatuto gay?? Mortos no meio da rua? Quem ouve acha que é uma chacina diária!

Eu resolvi então fazer uma breve pesquisa para comparar os números:

Vamos comparar os números então:
250 homossexuais mortos em 2010 (1)

700 crianças assassinadas todo ano  (2)

Cerca de 36.500 crianças morrem por ano vítimas de maus tratos no Brasil (100 por dia) * IBGE (3)

No Brasil, a cada cinco minutos, morre uma criança. A maioria de doenças da fome. Cerca de 280 a 290 por dia. 105 mil POR ANO!!! (4)

COLOCANDO EM PERSPECTIVA, O QUE É MAIS PREOCUPANTE????

1) http://www.correiodoestado.com.br/noticias/numero-de-assassinatos-de-homossexuais-bate-recorde-no-pais_94595/
2)http://www.grupoun.net/700-criancas-sao-assassinadas-por-ano-no-brasil/
3) http://www.mp.ba.gov.br/eventos/2010/outubro/dia_22/download/velhas_crendices_sustentam_vicioso_ciclo.pdf
4) http://www.coladaweb.com/sociologia/fome-no-brasil
----------------------------------------------------------------------
Fontes:
Agência Senado: CDH aprova R$ 1,15 bilhão em emendas ao Orçamento de 2011
Notas da 23ª reunião ordinária da comissão de direitos humanos e legislação participativa
Plano Nacional LGBT
UOL: Corte no Orçamento 2011 para educação é reduzido para R$ 500 milhões

20 comentários:

Hugo disse...

Que ABSURDO ler seu texto...

Nao culpe a comunidade homosexual por isso. talvez se voce fosse um de nos voce saberia o que o preconceito. Tambem acho um absurdo deixar de aprovar projetos para idosos e crianca, mas uma coisa nao justifica a outra.

Nao é culpa dos homosexuais que eles nao tem equilibrio para destribuir o dinehrio de uma forma equilibrada para todos os setores. Mais uma vez : NAO CULPE OS HOMOSEXUAIS!!!!!

Nao temos culpa disso. E queremos nossos direitos sim. Pois assim como voce pagamos nossos impostos e cumprimos com nossos deveres. Se temos nossos parceiros queremos ter uma seguraca e estabilidade para caso aconteca um de nos esteja amparado. Lembre-se antes de homesexual somos humanos, assim como voce.

NAO TEMOS CULPA SE NOS APAIXONAMOS PELO MESMO SEXO, SOMO IGUAL A VOCE, SÓ GOSTAMOS DO MESMO SEXO. RESPEITE ISSO.

MUITA PAZ E AMOR...

Emerson disse...

Hugo

Absurdo porque? Parece que você não leu o texto. Em momento algum estou culpando os homosexuais por isto. O problema é este minúscula elite, que utiliza os homosexuais como massa de manobra.

Eu os respeito e acho que vocês tem tanto direitos quanto qualquer outro brasileiro. Mas não privilégios, que é o que o plano nacional lgbt tenta assegurar.

Se um idoso (qualquer) tem atendimento saúde precário, como então querem garantir primeiro o antendimento à saúde dos idosos gays?

Direito iguais para todos e respeito para todos, seja gay, seja hetero, seja gordo, seja magro, seja rico, seja pobre...

Alfredo Marins disse...

As pessoas envolvidas na defesa gay são, sem sombra de dúvidas, hipócritas.

AS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS não são lembradas nem pela Secretaria Especial de Direitos Humanos, porque simplesmente julgam que as famílias que enfrentam esses problemas não carecem de atenção. Mas as opções sexuais de uns indivíduos frustrados merecem toda atenção.

Vivemos em um país regido por todos os lados por pessoas desumanas e hipócritas.

Abraços...

Bruno disse...

Realmente é preocupante a forma comos os Senhores Políticos utilizam determinados grupos para fins eleitoreiros.Concedem privilégios absurdos para obterem vantagens na hora do voto, e o pior é que funciona. veja agora o absurdo das cotas raciais em concurso público.

Rafael Santiago disse...

Não acredito em tudo que acabei de ler e principalmente do comentário do Hugo.
Vejo que nosso país e o mundo está por ladeira abaixo, não podemos ficar parados, no mínimo temos que divulgar propagando esta matéria para que outras pessoas saibam do absurdo que estão fazendo com o País.

Muito bom seu blog, sou leitor assiduo, porém não comento muito.

costa disse...

então, agora por voçes minoria serem, descriminado, minha filha tem que perder seu precioso tempo na escola aprendendo a ser uma gay , e os negros que até hoje não tem nenhum privilegio numa sociedade racista mentirosa que diz ñ haver racismo em nosso PAÍS de merda onde só aparecem corruptos no poder e as crianças que todos os dias são abusadas sexualmente NÃO sobrou nenhuma verba para mudar isso,ñ vou falar das domesticas ñ se faz nada.

bia disse...

Eu diria que o buraco é muito mais embaixo.

Eu, gay, também defendo que que deve sim haver uma lesgislacao que nos defenda e algum tipo de incentivo ao respeito. Mas aí, o negócio é bem mais sério. Porque a partir do dia que se aprende o que é respeito, ele serve pra tudo, pra idoso, pra gay, pra negro...

O negócio é começar lá embaixo, lá na educação.

Educação, informação e conhecimento.

Anônimo disse...

Engraçado estes homossexuais que vem falar 'pagamos nossos impostos e queremos nossos direitos'. Oras, vocês já tem os mesmos direitos das outras pessoas. Se alguém mata um homossexual na rua ele é preso pelo crime de homicídio, alguém quando alguém mata um heterossexual. Na verdade eles querem é ter mais direitos que a maioria, como se fossem uma casta especial. Para estas pessoas um homossexual ser morto nas ruas é mais grave do que um heterossexual ser morto.

j.a.mellow disse...

Acho que as pessoas ainda não estão se tocando! Sempre que se faz comentários a esse respeito acha-se que alguém está contra alguma coisa.
Vejam os senhores que o alcance disso poderá ser muito maior do que todos nós imaginamos, pois um incentivo ao aumento das relações homossexuais( criando incentivos fiscais e retirando toda e qualquer barreira que possa ainda existir quanto à sua proliferação,deixando sempre uma relação com o novo, o bom e o bonito e o gostoso) sobrarão somente uns poucos indivíduos totalmente machos ou totalmente femeas que não se corromperão ante essa gigantesca midia,e que também por não representarem muito, não obstacularizarão o projeto e
estará aí cumprida a missão de redução substancial das populações em toda a terra, tal qual aconteceu em Sodoma e Gomorra, em que toda a sexualidade era praticada entre individuos do sexo masculino.
Leiam coisas como estas em meu BLOG
blogdojamellow.blogspot.com

Jose Carlos disse...

Eu acho que o problema é quando uma “classe“ e ponho entre parênteses porque não acho que ser homossexual seja uma classe, é apenas uma opção sexual como seria uma opção por qualquer outra coisa. As pessoas se aproveitam disso e criam uma mentalidade que os homossexuais são frágeis e desprotegidos, que precisam leis especiais para protegê-los, e bolsa disso, bolsa daquilo. Esse é o problema, os próprios homossexuais estão criando essa mentalidade na sociedade e estão se auto descriminando, criando essa atmosfera de que são diferentes e especiais quando na verdade os vejo exatamente igual a qualquer outra pessoa. Diferentes somos todos, especiais são os pobres e idosos do Brasil, as crianças sem estudo, sem assistência medica.
Sempre que alguém quer se beneficiar por dizer que é uma “classe “somente consegue criar mais animosidade entre a população, os homossexuais deveriam estar lutando para serem reconhecidos como iguais, sem diferença nenhuma, sem necessidade de leis especiais porque são gente como a gente.

Anônimo disse...

o mais estranho é professor gay...já tive vários professores gays desde criança .eu acho que eles tem espaço sim;para dar aula eu não entendi isso.cartilha gay? para que cartilha gay se a internet ensina tudo e muito mais...acho que os gays tem que ter direito sim ! mas o mundo não é composto só por gays e as crianças e idosos precisam de hospitais,escolas..mas ninguém consegue entender isso.E esse plano nacional LGBT já está planejado antes da Dilma ganhar.Faz parte da cartilha comunista do PT ... logo ,logo se legaliza as drogas...uma questão de tempo.
Marcia Fatimma

Renata disse...

O grande problema não é ser gay ou hetero...A questão gira em torno da má utilização de verbas públicas! Sinceramente não sou homofóbica e nem se quer acredito nessa palhaçada de orientação sexual!Como um ser humano "normal" pode ter certeza do que terá vontade de fazer no dia seguinte? A tal "orientação" sexual não é baseada no desejo sexual? E o desejo sexual não é a vontade? Como alguém pode saber oq terá vontade de fazer? não acredito nisso!
Mas voltando ao assunto, na minha opinião os que se intitulam GLBTS estão querendo privilégios, beneficios por serem gays...Oras, eu pago meus impostos, cumpro minhas obrigaçãoes e não tenho privilégio algum.

Anônimo disse...

Esse site tem um problema sério que é o de ser facciosamente protestante e existe uma diferença entre ser simplesmenmte cristão e ser um cristão protestante. Um cristão protestante é um reacionário que acha que já sabe tudo de ética, moral, integridade e espiritualidade e que qualquer desajuste com os seus Padrões de Conduta Puritanos significa simplesmente estar do lado do Diabo. Se tivessem liberado essa mesma verba para contruir mais igrejas protestantes pelo Brasil garanto que aqui não iria dar polêmica

Emerson disse...

"Esse site tem um problema sério que é o de ser facciosamente protestante e existe uma diferença entre ser simplesmenmte cristão e ser um cristão protestante."

Neste blog não se faz julgamento de juízo quanto a ser ou não homossexual. Os pontos levantados aqui é sobre como o movimento homossexual tem sido utilizado politicamente.

Matheus disse...

DEUS criou Adão e Eva,e não Adão e João!!!!!!Sendo assim isso vai contra natureza Do SENHOR!!!

Lucas disse...

Eu gostaria de fazer uma pergunta ao autor desse post: Qual é a ligação deste artigo com os planos da elite global?

Eu acompanho seu blog há alguns dias, e estou de fato amando a quantidade de informação que venho recebendo aqui. Mas, uma hora ou outra, eu me deparo com posts que criticam a distribuição do Kit Anti-homofobia ou citações pejorativas que envolvem gays. O engraçado, é que nestes mesmos posts, não encontro o termo 'Nova Ordem Mundial', 'Illuminati' ou o que quer que seja. Mas este não é um blog que denuncia as táticas conspiracionistas da chamada NOM?

Corrija-me se eu estiver errado, mas eu não li, até agora, UM argumento que ligue os interesses da elite e a campanha de diversidade sexual. Logo, isso me faz acreditar que você, autor, é contra a consolidação dos direitos LGBT, independente de tudo.

Eu sei que o foco do post não trata somente do Kit Anti-homofobia, mas também dos gastos do governo sem considerar as prioridades (crianças e idosos). Ok. Mas se for assim, que tal criar um artigo que denuncie atividades ilícitas no investimento da Copa do Mundo, ou sobre o plebiscito dos 10% do PIB pra educação pública, entre outros? Não são também artigos de utilidade pública?

É por isso que eu acho que alguns artigos de opinião aqui escritos fogem da temática do blog. Desse jeito, parece até uma publicação típica de blog religioso conservador. Escrevendo assim, me parece que você tem medo que as crianças se tornem homossexuais por conseqüência desse projeto. O que é um grande engano, tendo em vista que a homossexualidade é decorrente da má distribuição hormonal no cérebro do feto, da 6ª a 8ª semana de gestação, quando ocorre o processo de configuração cerebral. Você deveria saber disso, já que está tomando uma posição delicada diante do assunto. Uma cartilha não fará ninguém ser homossexual.

E sim, você tem toda a liberdade para pensar o que quiser a respeito dos LGBT, mas eu te peço que, por favor, não dissemine essa ideologia errônea pois, querendo ou não, seu blog é um tanto influente.

Anônimo disse...

QUEM MANDOU VOTAR NUMA PREDIDENTA LÉSBICA !!!!!!!!

Anônimo disse...

QUEM MANDOU VOTAR NUMA PRESIDENTA LÉSBICA !!!!!!!!

Anônimo disse...

É assustador!!!!! pq vcs acham que existe tanta campanha para aceitação de homossexuais e contra o preconceito???? não é por é humanidade e nem pelo bem estar dos próprios.E sim por DESUMANIDADE e controle populacional!!!!!!
Pq não existir programas psicosociais infanto-juvenis ... sei que 60% dos casos são por problemas psicológicos e não por genética comprometida.

Anônimo disse...

Pessoas ignorantes sempre serão ignorantes e preconceituosas.
costa: "minha filha tem que perder seu precioso tempo na escola aprendendo a ser uma gay"
A educação vem de casa, o preconceito tambem... é pessoas do seu tipo que "criam" Homofobicos e outros tipos de pessoas preconceituosas.

"Escrevendo assim, me parece que você tem medo que as crianças se tornem homossexuais por conseqüência desse projeto." (Lucas)

A base do preconceito é a ignorância, a falta de informação e de educação.

E nós gays devemos ter nossos direitos SIM, assim como os negros, idosos, crianças, entre outros...

Matheus: "DEUS criou Adão e Eva,e não Adão e João!!!!!!Sendo assim isso vai contra natureza Do SENHOR!!"
Se Deus criou Adão e Eva, e nos deu o amor como o mais puro dom. Porque estaria pecando se eu amo uma pessoa do mesmo sexo? Amor é amor, não escolhemos quem amamos, e não venha falar que isso é errado, que vai contra a sua crença ou religião, porque se eu acredito, e tenho fé, e não faço mal algum ao proximo, não vejo motivos pra pecar.

"Se tivessem liberado essa mesma verba para contruir mais igrejas protestantes pelo Brasil garanto que aqui não iria dar polêmica"

Posts Relacionados
 
;