RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Despovoamento do Planeta: Motivo e Intenção

quarta-feira, 19 de junho de 2019 |

Em uma de minhas primeiras entrevistas de rádio, em setembro de 2007, entrevistei a Dra. Lorraine Day, ex-chefe de equipe ortopédica do San Francisco General Hospital e esposa do congressista aposentado Bill Dannemeyer, sobre os males do atual sistema médico. A parte inicial da entrevista foi como esperado e foi preenchido com dezenas de exemplos de ganância e abuso de companhias farmacêuticas e médicas, o que resultou na morte de um número incontável de pacientes. Em seguida, a Dra. Day soltou uma bomba quando, no final da entrevista, declarou descaradamente que a elite global queria assassinar 95% da população. Fiquei chocado e minha reação pessoal, na época, foi rejeitar sua declaração como um exagero grosseiro.


(Artigo de Dave Hidges republicado de TheCommonSenseShow.com )

Em abril de 2009, entrevistei a Dra. Rebecca Carley e o pesquisador médico e autor, Patrick Jordan, no início do surto de gripe suína e ambos os convidados fizeram afirmações muito semelhantes em relação a um programa de despovoamento intencional pela elite global. Neste caso em particular, Dr. Carley e o Sr. Jordan apontaram para a vacina contra a gripe H1N1, ainda não desenvolvida, da qual eles alegam que seria o principal catalisador no despovoamento do mundo em um caso clássico de cura muito pior do que a doença. Eu pensei que a Dra. Carley estava incorreta também.

A partir de 2015-2019, tenho investigado o Ebola e seus tratamentos. Agora, sou eu que parece a Dra. Lorraine Day e a Dra. Rebecca Carley. A destruição da saúde geral dos EUA virá do bioterrorismo. Como vimos nos últimos dias, os imigrantes da África são armas quando entram ilegalmente no país e são originários de países que têm um surto significativo de Ebola. O CDC deve ter um desejo de morte, ou eles têm um motivo oculto.


[Eugenia] Alarmista "Verde" Prega contra o Nascimento de Novas Gerações de Seres Humanos





As pessoas me perguntam: "Dave, qual é o fim para os globalistas?" É inquestionável, o bioterrorismo. Eu tenho um amigo, que é aposentado da FEMA e sua especialidade era o contra-bioterrorismo. Algumas das minhas fontes atuais dizem o mesmo.  A MAIORIA DAS MINHAS FONTES CHAVE E DE ALTO ESCALÃO DIZEM QUE ESTÁVAMOS SENDO PREPARADOS PARA UM ATAQUE BIOTERRORISTA MASSIVO E O CAPITULO FINAL DESTE ATAQUE SERÁ OS EFEITOS MORTAIS DAS VACINAS LAÇADOS CONTRA OS ATAQUES MANUFATURADOS. OS ADJUVANTES E AS VACINAS SÃO MORTAIS AO LONGO DO TEMPO E ELES REFLETEM A REALIDADE CITADA DOS PRINCIPAIS GLOBALISTAS ATRAVÉS DOS ANOS.


Bill Gates e a Elite do Mundo NÃO VACINAM Seus Próprios Filhos... e por Boas Razões





A verdade nos libertará?

Nos últimos quatro anos, pesquisei a seguinte questão: Existe uma tentativa deliberada da parte da elite global de eliminar uma parte substancial da humanidade através do uso de doenças e vírus de bioengenharia e das vacinas que acompanham mais mortes?

Como em qualquer plano de assassinato, seja um único homicídio ou genocídio em massa, o enredo mortal contém os mesmos elementos essenciais: (1) motivo, (2) intenção, (3) meio e (4) oportunidade. Na parte um desta série, o motivo e a intenção são examinados apresentando as palavras dos próprios globalistas.


Como a Nova Ordem Mundial Quer nos Eliminar






Uma perspectiva histórica sobre despovoamento deliberado

Através da minha pesquisa, descobri que a noção de criar e implementar um esquema de despovoamento intencional e sistemático não era um fenômeno novo. A elite global defende há muito tempo a redução populacional draconiana nos últimos séculos. Por exemplo, Thomas Malthus argumentou que o crescimento populacional, pelos pobres, inevitavelmente supera a produção de alimentos e leva a uma retaliação massiva da Mãe Natureza (isto é, controles malthusianos). Seus infames "Controles Malthusianos", que são ensinados a todos os alunos do primeiro ano de sociologia, tornaram-se uma crença fundamental para muitos globalistas modernos que defendem o controle populacional por todos os meios necessários. Essa ideia radical e perigosa promove a noção não comprovada de que os pobres merecem morrer porque há muitos deles para que a Terra os auxilie adequadamente.

Margaret Sanger, a fundadora da Planned Parenthood, promoveu entusiasticamente a filosofia malthusiana nos Estados Unidos ao afirmar que  “a coisa mais misericordiosa que uma família faz com um de seus filhos é matá-lo”.

Talvez essas fossem apenas as reflexões de dois indivíduos distorcidos que não representam nenhum tipo de crença filosófica central. Infelizmente, as teorias de Malthus, Sanger e outros defensores do controle populacional não morreram com eles. Como descobri, esse é um tema recorrente contido nas palavras pessoais de várias dúzias de líderes globais.

Leia mais:


Autoridades de Saúde Alertam que a Próxima Pandemia de Superbactérias vai Matar "Milhões"



















































Fontes:
Natural News: Depopulation by inoculation: Motive and intent
The Common Sense Show: Depopulation by Inoculation: Motive and Intent
Anti Nova Ordem Mundial: 32 Frases da Elite sobre Redução da População

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;