RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Charlie Sheen pede Encontro com Obama Para discutir o Acobertamento dos Ataques de 11 de Setembro

terça-feira, 8 de setembro de 2009 |
Tradução: Blog Nova Ordem Mundial

Ator e estrela de hollywood Charlie Sheen veio a público pedir por um encontro com o Presidente Barack Obama para solicitar a abertura da investigação oficial dos ataques de 11 de setembro, tendo em conta o fato de que a maioria dos membros da Comissão de Investigação expressaram publicamente sua convicção de que o governo concordou em mentir sobre a história oficial.

O pedido de Sheen é na forma de uma carta ao Presidente no contexto de um encontro fictício entre os dois entitulado "20 Minutos com o Presidente", publicado exclusivamente nos sites Infowars e Prison Planet de Alex Jones.

A carta cita evidências, suportadas por uma substancial bibliografia on-line, que prova que a história oficial por trás dos ataques de 11 de setembro é uma fraude e que esta conclusão é também compartilhada pela maioria da comissão oficial de investigação dos ataques, um fato que por si só clama são Presidente Obama que re-abra as investigações dos ataques terroristas.

Sheen expressa sua esperança que o Presidente Obama irá cumprir as suas promessas de mudança, responsabilidade e transparência de governo usando de suas forcas executivas para re-examinar os ataques de 11 de setembro, acrescentando que ele votou para Obama com o entendimento de que este iria seguir um curso diferente da administração de Bush.

Entretanto, como Sheen salienta em sua carta, o curso do primeiro ano do governo de Obama indica
claramente que ele não irá fazer nada para reverter as políticas criadas por Bush, e de fato tem procurado expandir os ultrajes da administração anterior como escutas telefônicas ilegais, rendição, detenção sem julgamento e as guerras no oriente médio - que aconteceram como conseqüência dos ataques.

A carta de Sheen é uma declaracão pública exigindo a verdade por detrás dos ataques de 11 de setembro, a medida que os EUA se aproxima do oitavo aniversário deste trágico evento.
Suas questões s
ão compartilhadas pela maioria das famílias das vítimas, de acordo com Bill Doyle, representante do maior grupo de famílias das vítimas dos ataques de 11 de setembro.

A carta salienta o fato de que nada menos de que 60% dos membros da comissão oficial de investigação vieram agora a público declarando que o governo concordou em n
ão dizer a verdade sobre os ataques de 11 de setembro e de que o Pentágono estaria engajado em deliberadamente enganar sobre suas respostas ao ataque.

Sheen apresenta
também uma vasta quantidade de evidências que ilustram como a versão oficial é uma fraude, incluindo revelações de delatores como a tradutora do FBI Sibel Edmonds, que recentemente contrariou uma ordem de silêncio federal para expor como BinLaden e a Al-Qaeda estavam trabalhando para o governo dos EUA até o dia dos ataques.

Os pontos destacados por Sheen não representam especulação vazias, eles são fatos documentados que foram deliberadamente ignorados pelo "falácia do espantalho" dos documentários de estão sendo agora lançados a medida que o aniversário do ataque se aproxima, particularmente o "9/11: Ciência e Conspiração" que foi ao ar pela National Geographic Channel e não perdeu tempo em mostrar as pessoas que tem dúvida sobre a estória oficial como extremistas doentios, enquanto deixa de reconhecer que a maioria dos membros da comissão de investigação publicamente expressaram preocupação similares.

Charlie Sheen uma vez mais usa sua proeminente plataforma pública em uma tentativa de expandir um debate nacional sobre as perturbadoras questões não respondidas sobre o 11 de setembro, depois de vir a público sobre o assunto em marco de 2006.

Após vir a público a primeira vez, Sheen foi solicitado a fazer mais, e ele está agora fazendo pois vê que há uma chance de obter mais tração atrás de um novo inquérito com um novo presidente na Casa Branca.

Sheen está apelando diretamente a Barack Obama para ler esta carta e examinar por si mesmo as mentiras que cercam os acontecimento de 11 de setembro.

Independentemente se o Presidente Barack Obama concordar em se encontrar com ele, Sheen esta confiante de que sua carta servirá como um catalizador do qual questões acerca dos acontecimentos de 11 de setembro e outros eventos de falsa bandeira irão ser trazidos a atenção nacional.

Este é um apelo à ação e uma declaração de guerra contra as mentiras do 11 de setembro que formaram a base para guerras intermináveis no exterior e o estado de polícia nos EUA, a medida que a república desaparece. Sheen está exigindo que os ativistas da verdade aqueles que simplesmente se preocupam com o futuro do país fiquem ao lado dele e falem a verdade ao poder.

Sheen está agora pedindo para as bases das organizações políticas e indivíduos em todo o país, como os manifestantes da Câmara Municipal e os grupos "We Are Change", para ir a conferências de imprensa e outros eventos públicos e exigir respostas sobre a verdade por trás dos ataques de 11 de setembro. Enquanto a consciência tanto quanto possível em torno da questão do terrorismo de bandeira falsa precisa ser gerado, a fim de evitar tragédias como 9 / 11 de acontecer novamente. E necessário o máximo possível de conscientização de forma a prevenir que tragédias com de 11 de setembro aconteçam novamente. Sheen enfatiza em sua carta que não podemos deixar que o 11 de setembro se torna parte da história antiga e tentar esquecê-la ou simplesmente seguir em frente, porque se uma nação esquece de sua história, então ela está condenada a repeti-la.

Nós não podemos permitir que governos continuem a avançar suas agendas políticas explorando pretextos falsos, argumenta Sheen, e o fato de que estes documentários de alto orçamento contra a verdade sobre 11 de setembro est
ão ainda sendo lançados prova que o governo está preocupado que a população esteja despertando para o terrorismo de falsa bandeira. Sheen irá aparecer ao vivo no programa de Alex jones nesta quarta e na sexta feiras para discutir o conteúdo de seu "20 Minutos com o Presidente" e quais seus planos para seguir esta iniciativa adiante.

Sheen está implorando ao público, para examinar como os próprios membros da comissão de investigação estão questionando a história oficial, juntamente com inúmeros de outros ex e atuais oficiais do governo, oficiais militares, cientistas, engenheiros estruturais e arquitetos e juristas que publicamente denunciaram a fraude que continua a ser mascarada como a versão oficial dos ataques de 11 de Setembro.

Nota: A hipotética entrevista é incrível, veja sua traducao completa neste post.

Fontes:
Infowars: Charlie Sheen Requests Meeting With Obama Over 9/11 Cover-Up
Reuters: The Alex Jones Show: Charlie Sheen Requests Meeting With Obama Over 9/11 Cover-Up
Planet Prison: “20 Minutes With The President”

3 comentários:

November disse...

sugestão pra você divulgar, matéria fresquinha:

"ONU defende criação de moeda global no lugar do dólar"

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u620711.shtml

Créditos pra Maíra no site "Saindo da Matrix"

Anônimo disse...

Interessante que o Buch e outros líderes ocidentais nunca vão à julgamente em Haia!!

Renata disse...

Deve ser esse o real motivo do ator ter sido demitido!

Posts Relacionados
 
;