RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Os Cientistas Programaram os Alimentos Transgênicos para Reduzir a População?

segunda-feira, 20 de novembro de 2017 |

A nova tecnologia poderia ser usada para uma transformação de alimentos conhecida como interferência de RNA para controle de população?


Os engenheiros genéticos encontraram uma maneira de fazer culturas alimentares produzir fragmentos de RNA, no qual eles podem usar o estilo bio-arma para interferir nas propriedades fisiológicas de qualquer espécie que coma o alimento. Por exemplo, ela pode fazer com que o milho desenvolva as características que matarão pragas quando elas o comerem, de modo que não serão necessários pesticidas. Isso, é claro, é apresentado como uma boa notícia para a humanidade, pois poderia eliminar a necessidade de pesticidas, mas há uma enorme advertência: essa mesma tecnologia também poderia ser usada para atacar não apenas as pragas, mas também os seres humanos.

Há muitas possibilidades aqui. Por exemplo, culturas de alimentos podem ser projetadas para causar infertilidade em seres humanos e alguns suspeitam que isso já esteja sendo feito; a queda das contagens de esperma parece indicar que algo realmente está acontecendo.

Um estudo recente da Universidade Hebraica de Jerusalém que foi publicado na Human Reproduction Journal Update revelou que a produção de esperma humano caiu em 59,3 por cento entre 1973 e 2011, o que é um enorme declínio que poderia ter sérias implicações. Grande parte disso foi atribuída à exposição química, especificamente a castradores químicos, como a atrazina. Afinal, aa diminuições de esperma são particularmente prevalentes em nações ocidentais, como os EUA, onde os alimentos transgênicos são amplamente consumidos.

Esta estatística é algo que deixa os defensores do controle da população certamente satisfeitos. Muitos acreditam que isso está sendo feito intencionalmente, e isso mostra o quão possível esses cenários são assustadores. Até que ponto vai esta agenda de controle da população?

Leia também: A DEPOPULAÇÃO Está Funcionando: Viabilidade de Esperma Diminuiu 50% entre os Homens

As pessoas negras têm sido alvo de experimentos de redução populacional

Houve muitos incidentes horríveis nos últimos anos em que os negros foram alvo de experimentação e redução de população - e poderia haver muitos mais que ainda não foram expostos, por isso não é muito exagerado imaginar que eles estão sendo direcionados agora mesmo por essa tecnologia. Este é o tema de uma nova conferência de vídeo de Mike Adams, chamado "The Science Agenda for Exterminate Blacks". No vídeo, ele fala sobre o "esforço coordenado, organizado e de longa data para eliminar afro-americanos do do patrimônio genético", e os africanos em geral.


No vídeo, ele observa como os negros foram alvo ao longo dos anos. Um dos incidentes de alto perfil mais recente foi o envenenamento por chumbo no abastecimento de água de Flint, em Michigan, uma área em grande parte povoada por afro-americanos.

Em outro exemplo, funcionários da Pfizer foram presos na Nigéria alguns anos atrás por testarem ilegalmente antibióticos experimentais em crianças de lá. Onze crianças morreram e dezenas de outras pessoas foram prejudicadas no incidente.

Adams acredita que no recente surto de Ebola que afligiu a África, as cepas transformadas da doença foram permitidas escapar de lá para testar seu impacto epidemiológico e experimentar novas drogas e também incentivar mais recursos.

Leia também: Melinda Gates faz Doação para Indústria do Aborto para Acelerar a DEPOPULAÇÃO de Negros

Depois, existem os grupos que dão vacinas contra o tétano às jovens africanas, que a análise mostrou uma alta porcentagem de produtos químicos de esterilização encoberta.

Acredita-se que as vacinas sejam usadas para atingir os bebês negros. Embora todos sejam suscetíveis ao dano da vacina, elas causam mais danos em bebês negros do que em bebês brancos. As diferenças genéticas entre os bebês negros e brancos, tornam mais difícil o corpo de bebês negros eliminarem o mercúrio de vacinas de seus corpos. Curiosamente, os meninos negros que receberam a vacina SRC tinham um risco 340 por cento maior de autismo.

Um dos exemplos mais flagrantes, no entanto, é o experimento de sífilis de Tuskegee nos EUA na década de 1930, em que homens negros pobres e analfabetos foram deixados a sofrer de sífilis intencionalmente para que os médicos pudessem estudar a progressão da doença e depois dissecar seus corpos após morrerem.

Com um histórico como esse, é natural admirar se a mais recente tecnologia de engenharia genética está sendo usada para experimentos não éticos similares em nosso fornecimento de alimentos.

Leia mais:


[Eugenia] Príncipe William Defende Esforços Urgentes de Despovoamento da África












Fontes:
Natural News: Have scientists programmed GMO food to reduce the population? Evidence suggests reduced sperm counts, especially in black men, are a result of weaponized food
Natural News: New “RNA interference” crop technology WEAPONIZES food into the ultimate eugenics weapon… could target Blacks for covert sterilization
Natural News: HUMANITY ALERT: Sperm count plunges 59% due to mass chemical feminization of men

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;