RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Google Censura Manualmente Sites Conservadores dos Resultados de Pesquisa, Colocando-os em Listas Negras

quinta-feira, 25 de abril de 2019 |

Negar que o gigante motor de busca Google está envolvido em uma conspiração de censura sem precedentes visando conservadores, cristãos e outros que não estão em conformidade com as doutrinas oficiais do estado profundo é negar a realidade, neste momento.

Isso porque agora temos provas inegáveis dos próprios “lábios” do Google de que a empresa do Vale do Silício tomou para si a responsabilidade de policiar o conteúdo que as pessoas têm permissão para acessar na Internet.


O Daily Caller, que obteve acesso exclusivo aos documentos internos do Google, vazou recentemente o escândalo maciço, revelando um enredo sombrio do Google para colocar na "lista negra" sites que considera violar a sua "política de deturpação" ou a sua “Política de boa vizinhança” - ambas são orwellianas em sua abordagem para decidir formas “aceitáveis” de discurso online.

Segundo documentos do Google, agora revelados, a equipe de "confiança e segurança" do Google monitora ativamente os sites que são adicionados à "Lista negra de notícias XPA" do Google, garantindo que esses sites não apareçam em nenhum recurso de pesquisa do Google.

"A lista negra de domínios será usada por muitos recursos de pesquisa para filtrar sites problemáticos que violam as políticas de boa vizinhança e deturpação", afirma um dos documentos do Google.

"O objetivo da lista negra será impedir que os sites sejam exibidos em qualquer recurso de pesquisa ou produto de notícias", admite o documento do Google. "Ele não causará um rebaixamento nos resultados da pesquisa orgânica ou os de-indexará completamente."


DENÚNCIA: Fonte Interna do Facebook Expõe Algorítimo de Supressão da Mídia Independente Conservadora












A liderança executiva do Google é quem compila os tiranos antiamericanos e sem liberdade de expressão

Quanto aos cérebros por trás dessa operação criminosa, Pichai é apenas um dos muitos no Google que vem tentando orientar a narrativa ao censurar a liberdade de expressão online. Também mencionados nos documentos do Google como co-conspiradores estão Ben Gomes, "chefe de pesquisa" do Google, e um alto executivo que se reporta diretamente a Pichai.

Há também Pandu Nayak, e Paul Haahr, engenheiro de software do Google, que Mike Adams diz ser diretamente responsável por colocar o Natural News temporariamente na lista negra do Google em 2017.

Paul Haahr é explicitamente responsável por censurar o site Natural News e outros sites de saúde natural, enquanto lidera os esforços de censura para atingir as chamadas 'negações científicas/médicas' e 'teorias da conspiração'”, escreve Adams, observando que o Google é culpado de realizar crimes de interferência eleitoral e várias outras ações que se qualificam como “extorsão” sob a Lei RICO.

Ironicamente, Paul Haahr está realizando uma conspiração para silenciar a verdade sobre medicina, vacinas, curas de câncer e saúde natural, mas parte de seu trabalho é censurar as teorias da conspiração. Talvez ele diga a si mesmo: "Não há conspirações... exceto as que eu coloco em circulação!", Adams ainda afirma.

Em suma, o Google, como muitos outros gigantes da tecnologia nos dias de hoje, assumiu a responsabilidade de policiar a internet, em vez de facilitar o acesso livre ao conteúdo que as pessoas querem. Em vez de abraçar seu ideal original de "não fazer o mal", o Google transformou-se em uma ferramenta de controle do Estado policial que mais parece "sempre fazer o mal".

Resta saber se esses conspiradores criminosos trabalham contra a liberdade de expressão e se a Primeira Emenda será responsabilizada por seus crimes. Eles certamente deveriam ser, se há alguma semelhança de justiça deixada neste país.

É hora de o Departamento de Justiça dos Estados Unidos lançar investigações criminais sobre os gigantes da tecnologia por sua contínua invasão eleitoral, extorsão e violação sistemática dos direitos humanos do povo americano”, diz Adams.

O que o Google está fazendo não é meramente fraudulento e monopolista; é também um ato criminoso mentir para o Congresso e afirmar que eles não estão fazendo essas coisas.

Leia mais:


O Nível Final de Censura Está Aqui: O Banimento de URLs













Fontes:
Natural News: Bombshell: Google manually censors conservative websites from search results, “blacklists” ideological defectors
The Daily Caller: EXCLUSIVE: DOCUMENTS DETAILING GOOGLE’S ‘NEWS BLACKLIST’ SHOW MANUAL MANIPULATION OF SPECIAL SEARCH RESULTS
Natural News: Leaked memos prove Google is a massive criminal enterprise engaged in felony election meddling and racketeering

Um comentário:

Jorge Victor disse...

Por isso eu prefiro usar outro buscador como o DuckDuckGo.

Posts Relacionados
 
;