RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Symantec Descobre Sofisticado Malware Provavelmente Criado pelos EUA

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 |

Os pesquisadores da Symantec descobriram um malware que tem sido usado para espionar indivíduos, telecomunicações e empresas desde 2008. Ele é considerado ser a ferramenta de vigilância principal dos EUA por causa da enorme quantidade de tempo que teria levado para criar um malware tão complexo.

O malware teria sido encontrado em dez países em todo o Oriente Médio, América do Norte, Rússia e Europa. Os principais alvos seriam a Rússia e a Arábia Saudita, mas o malware também foi descoberto no Paquistão, Afeganistão, Irlanda e México, entre outros países.

A Symantec relata que o malware, o qual é apelidado de Regin, pode se espalhar através de sites falsos, aplicações inseguras, e um não confirmado exploit no Yahoo Messenger. Os pesquisadores relatam que seja quem for que criou o Regin "atribuiu um esforço considerável para torná-lo altamente imperceptível", com a esperança de que lhe permite "ser potencialmente usado em campanhas de espionagem durante vários anos."

De acordo com o The Wall Street Journal,  os pesquisadores da Symantec acreditam que o Regin foi desenvolvido por uma "agência de inteligência ocidental", porque se assemelha ao Stuxnet, o infame malware usado para sabotar os programas nucleares do Irã, em 2010, o qual foi feito pelos Estados Unidos e Israel. (Outro especialista em segurança disse ao jornal que usar o Stuxnet como uma comparação é equivocado, no entanto.)

Leia também: Guerra cibernética já começou, diz chefe britânico de espionagem

Faria sentido realmente o Regin ter sido criado por uma agência de inteligência ocidental. Relatos de programas de vigilância generalizada alvejando tráfego digital e dados de telefone - ambos os quais podem ser recolhidos através deste malware - tornaram-se cada vez mais frequentes ao longo do último ano. A maioria desses programas envolvem a Agência Nacional de Segurança (NSA) ou a sua equivalente britânica, GCHQ.

Leia também: [Big-Brother] Governo dos EUA Utiliza Aviões para Coletar Dados de Celulares de Cidadãos Comuns

Além disso, quando se trata de identificar malwares desenvolvido no Ocidente, a Symantec tem um histórico muito bom. Esta equipe é a mesma que descobriu o Stuxnet em 2010. Desde então, o interesse demonstrado pela NSA em recolher informações a partir de provedores de internet e de telefonia, e o foco do malware no Oriente Médio, Rússia e México, pensar que ele poderia ter sido feito pelos Estados Unidos não parece muito exagerado.

Leia mais:




Dragonfly: Novo Vírus de Computador Pode Paralisar Usinas com o Clique de um Mouse






Cameron Defende uma Nova Lei de Vigilância Diante a Ameaça de Terrorismo





Fontes:
- Disinformation: Symantec discovers sophisticated malware likely made by a Western intelligence agency
- Pando Daily: Symantec discovers sophisticated malware likely made by a Western intelligence agency
Symantec: Regin: Top-tier espionage tool enables stealthy surveillance

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;