RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Nós alimentamos o mundo (filme)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009 |

Todos os dias em Viena a quantidade de pão não vendido que é enviado de volta para ser jogado fora seria suficiente para alimentar a segunda maior cidade austríaca, Graz.

Por volta de 350.000 hectares de terras agrícolas, em sua maior parte na América Latina , são dedicadas ao cultivo de soja para alimentar os animais na Áustria, enquanto 1/4 da população local passa fome. Todo europeu come 10 kilos todo ano de hortaliças irrigadas artificialmente em estufas, provenientes do sul da Espanha, ocasionando falta de água.

Em "Nós Alimentamos o Mundo", o cineasta austríaco Erwin Wagenhofer traca as origens dos nossos alimentos. Sua jornada o leva a França, Espanha, Romênia, Suíça, Brasil e de volta para a Áustria.

Este filme é sobre alimentos e globalização, pescadores e agricultores, motoristas de caminhão de longas jornadas e executivos de grandes corporações, o fluxo de bens e de dinheiro, um filme sobre escassez em meio a abundância. Com imagens inesquecíveis, este filme mostra uma visão a fundo da produção de nossos alimentos e responde a questão: "o que que a fome mundial tem a ver conosco". Entrevistados não são apenas pescadores, agricultores, agrônomos, biólogos e Jean Ziegler da ONU, mas também o diretor de produção da Pioneer, a maior companhia de sementes do mundo e também Peter Brabeck, presidente e CEO da Nestlé Internacional, a maior companhia de alimentos do mundo.

Um filme que vai mudar a forma como você vê os alimentos.



Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;