RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Forenses Revelam as Estranhas Causas da Morte do Ex-Conselheiro de Putin e Criador do RT, Mikhail Lesin

segunda-feira, 18 de abril de 2016 |

Em 5 de novembro de 2015, foi descoberto em um hotel em Washington o corpo do midiático ex funcionário russo, Mikhail Lesin. após quatro meses de investigação, a polícia dos EUA informou finalmente a causa de sua morte.


Segundo o comunicado do escritório do chefe forense do distrito de Columbia nos Estados Unidos, "Lesões causadas por uma força contundente" como  a principal razão da morte de Mikhail Lesin, ex-ministro de Comunicações e ex-conselheiro sobre Assuntos de Informação do presidente russo, Vladimir Putin.

O comunicado, feito em conjunto coma polícia de Washington, indicou também outras "causas contribuintes à morte", que incluíram "lesões de um tipo semelhante no pescoço, peito e extremidades superiores e inferiores. No entanto, as circunstâncias do falecimento, todavia, são desconhecidas", afirma o documento.


O corpo de Lesin foi encontrado em 5 de novembro de 2015 em Washington. Após constatar a morte, os oficiais americanos solicitaram uma investigação forense, A polícia estimou que a investigação demoraria 3 meses, mas o prazo foi prorrogado. O comunicado afirmou também que a polícia dos EUA continua investigando o caso.

Segundo o Daily Mail, "Apesar dos relatórios iniciais russos de um ataque do coração, os funcionários dos EUA concluíram que o alto executivo de 57 anos de idade, morreu como resultado de um forte traumatismo direto na cabeça.



Sua morte em novembro passado, deu lugar a um turbilhão de especulações sobre se ele foi assassinado por ordens de Moscou, após oferecer-se para ajudar o FBI".

Saíram também informações da Rússia, não comprovadas, segundo as quais, quando morrei, Lesin teria uma dívida com um multimilionário Yury Kovalchuk, um dos amigos empresários mais próximos a Putin.

"Ele devia uma enorme quantia em dinheiro a Kovalchuk, que supostamente, não tinha a intenção de pagar", afirma uma fonte não identificada ao The Moscow Times.

Moscou afirmou ter enviado petições à parte americana para que informasse à Rússia sobre os detalhes da morte de um cidadão russo nos EUA.

No entanto, a Rússia "não recebeu informação substantiva nem comunicações oficiais" sobre a investigação, indicou a porta-voz de Exteriores russa, María Zajárova.


Por outro lado, a Embaixada da Rússia nos EUA, reiterou que se mantém em contato com a polícia de Washington e que está disposta a enviar solicitações oficiais para receber dados sobre a morte do ex-funcionário russo.

Mikhail Lesin, desempenhou o cargo de ministro de Comunicações da Rússia nos anos de 1999 a 2005. A partir de 20044 e até 2009, foi conselheiro do presidente russo, Vladimir Putin, como encarregado do desenvolvimento dos meios de comunicação do país. Após demitido, abandonou os cargos políticos por  4 anos e somente voltou à cena midiática em 2013, como diretor da maior imprensa russa dos meios de comunicação, "Gazprom-media Holding".


Em 2015, abandonou o cargo "por razões familiares", após iniciar uma relação com a modelo russa Victoria Rakhimbayeva de 29 anos. Lesin era especialmente conhecido como um dos promotores da criação da rede televisiva RT.

Leia mais:



Terceira Guerra Mundial Começará com o Pentágono Bombardeando o RT (Russia Today)






Fontes:
- El Microlector: FORENSES REVELAN LAS EXTRAÑAS CAUSAS DE MUERTE DEL EX-CONSEJERO DE PUTIN Y CREADOR DE RT, MIJAIL LESIN
Sputnik Mundo: Médicos forenses de EEUU revelan la causa de muerte del exconsejero de Putin
- Daily Mail: Putin ally and founder of Russia Today 'propaganda' TV channel died of blunt force trauma to the head in DC hotel, autopsy reveals as suspicions point to the Kremlin

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;