RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Alex Jones entrevista Richard Stallman da FSF

terça-feira, 19 de maio de 2009 |
Richard Matthew Stallman, é o fundador do movimento free software, do projeto GNU, e da Free Software Foundation(FSF) ("Fundação para o Software Livre"). Um aclamado programador, seus maiores feitos incluem Emacs (e o GNU Emacs, mais tarde), o GNU Compiler Collection e o GNU Debugger. É também autor da GNU General Public License (GNU GPL ou GPL), a licença livre mais usada no mundo, que consolidou o conceito de copyleft.

Richard foi entrevistado há alguns dias por Alex Jones, produtor de um dos programas independentes de rádio (falado) mais populares de hoje em dia, o Info Wars. Em seus programas Alex defende os direitos individuais e de liberdade de expressão, expondo as acões da alta elite corporativista e bancária, além de governos que ela a controla. Alex tambémé produtor de documentários. Entre seus principais filmes estáo "TerrorStorm", sobre ataques de falsa bandeira, "Endgame" (assista aqui), que mostra como alite esta se organizando para formar um governo mundial, e "Obama Deception" (assista aqui), que expões as pessoas por trás de Obama e sua verdadeira agenda.

Stallman e Alex trocaram idéias sobre software livre (que claramente não é a especialidade de Alex :)), o aumento do controle do governo americano sobre a infra-estrutura da internet, e a estratégia do governo para fiscalizar e controlar o conteúdo.

Stallman explicou inicialmente a diferenca entre free software, opensource e software fechado, defendendo sempre o sofware livre.
Falou tabém sobre a falta de seguranca de software fechado, que pode ser "hackeado" mais facilmente. Ele deu o exemplo do celular, no qual um vírus pode facilmente se infiltrar e passas a captar e enviar tudo que se passa ao redor.

Alex pergunta sobre ataques de falsa bandeira na internet, Richard diz que desconhece qualquer ocorrência deste tipo de ataque de forma digital, mas que vendo os exemplos do Incidente do Golfo de tonkin, no Vietnam, que foi um ataque inventado pelos EUA para iniciar a guerra do Viatnam, ou das armas de "destruicão em massa" do Iraque, não há dúvida do que o governo seja capaz, mas que não poderia afirmar nada. Alex afirma que teve informacões de hackers de que o prógoverno americano tem utilizado de cyber-terrorismo à ataques a hospitais e estacões de luz para colocar em pauta e aprovar leis que permitam aumentar o controlar sobre internet.

Eles discutem também do aumento do controle sobre a internet. Recentemente foram criadas leis nos Estados Unidos que passam o controle de toda a estrutura da internet para as mãos do governo. Aqui na Inglaterra também já há leis que forcam os provedores a repassar logs para o governo.

Para ilustrar, no mês passado o oficial encubido de coordenar as operacões de cyber-terrorismo do governo dos Estados Unidos renunciou, dizendo que a expansão do controle da Agência Nacional de Seguranca sobre os eforcos de segunranca computacionais de toda a nacão era uma ameaca para os processos democráticos. Veja aqui para mais informacões.

Em minha humilde opinião, a chance de acontecer um cyber-ataque em grande escala, orquestrado ou facilitado pelo governo americano, é muito grande. E o resultado vocês podem apostar será o seguinte: "total controle da internet", da mesma forma como usaram os ataques das torres gêmeas para passar o "Ato Patriótico".

Quando Alex pergunta se ele acha que a internet tem futuro Richard Stallman diz que náo ve nenhum.
Stallman ataca também o comércio livre, alegando que traz somente benefícios para os ricos e corrompe todos os países para onde as empresas vão . Perguntado sobre como cada um de nós pode lutar contra o controle da internet, Richard afirma que existe vários níveis. Por parte do usuário, quanto mais controle você tiver sobre o seu sistema operacional melhor, e salienta que se deve procurar manter dados (não publicáveis) localmente, ao invés de em servidores onde são facilmente acessíveis. A nível corporativo Richard orienta que as empresas devem dar preferência a usar software livre, e uma coisa que me surpreendeu foi Stallman atacou "Cloud Computing", a infra-estrutura de software na moda no momento, onde software é executado na "nuvem", alegando que a medida que passamos a execucão de nossas aplicacões para empresas externas, perdemos o controle do sistema operacional onde está sendo executado além do que ficamos totalmente dependentes da nuvem.

Muito interessante a entrevista, e mostra como o governo mundial avanca em sua tentativa de controlar nossas fontes de informacões alternativas. Nós devemos lutar pelo direito de ter uma internet livre, já que todos os outros meios de comunicacao que temos acesso são manipulados.

Este post foi coberto pela revista digital br-linux.org

Veja a entrevista inteira (em Inglês) abaixo.

Parte I


Parte II


Parte III

4 comentários:

João Santana disse...

Não teria como você se surpreender ele atacar a computação em nuvem, quando ele diz que dados devem ser armazenados localmente.

Stallman é um sociopata, ataca qualquer coisa diferente de sua visão, defende posicionamentos impraticáveis com o aumento da produção de informação pela sociedade da informação.

Sou linuxista, sou ubunteiro, mas sou opensourcee, e discordo com a política da FSF sobre software livre.

Oxalá meu povo! disse...

creio que Stallman esta certo e apesar de seu ponto de vista as coisas que ele fala sao verdade. Basta que faça uma pesquisa profunda sobre os grupos que estao atualmente manipulando e controlando a midia.

CONCEPTO disse...

Contra o controle da internet e a favor do controle do livre mercado? Stallman é coerente? Ele acha que a internet pode ser livre sob um mercado controlado pelo governo? Stallman não quer saber que a corrupção dos mercados interessa e é incentivada pelos governos que lançam cada vez mais seus tentáculos sobre todos. Ele não quer saber que hoje o mercado não é mais livre e é por isso que corrompe pessoas e países. SEM MERCADO LIVRE NÃO HAVERÁ INTERNET LIVRE. Quer que o mundo da web seja livre e sem fronteiras apoiado num mundo de mercado controlado por um governo mundial. Stallman é contra o controle da internet por um Governo Mundial mas é a favor do controle de mercados que é o que esse Governo deseja. O governo só pode controlar a vida econômica e social se controlar as idéias. Porque não iria querer controlar a internet se já tem muito controle sobre o mercado? Os que enriqueceram no livre mercado agora querem um governo que lhes garantam a eterna proteção contra as incertezas da concorrência. Nesse sentido ele tem razão: as empresas corrompem os países criando mercados cativos para se perpetuarem no poder econômico enquanto fortalecem governos que se perpetuarão no poder político. Por falar nisso quem subsidia a FSF? Quais as grandes empresas que financiam a FSF? Qual o objetivo delas ao fazer isso? Elas também financiam projetos do governo global? A IMB está nessa lista? Essas empresas tem mercado cativo e grandes interesses políticos. Talves por isso Stallman seja contra o livre mercado. Está com o rabo preso? Tem que defender seus financiadores?

Anônimo disse...

caro concepto, o mercado já é livre. Tanto que ele aprova o que quer e quando quer nos governos. A questão é, os governos não regulam, são regulados pelo mercado. Bancos centrais com automonia politica, sõa exemplo base disso.

O stallman é um sociopata? OK. quem vai confiar 100% e cegamente de deixar todos seus dados numa nuvem sob controle do Google, google com relações com CIA e afins? eu que não... até q ponto em sistema de nuvem se vc se posicionar contra pilares do sistema e for ouvido por um bom punhado de pessoas, não será fácil inserirem algums fotos de pedofilia em sua cantinho na nuvem e terem motivos para lhe silenciar? Já pensou nesse aspecto? ou o conforto de ter seus dadinhos a toda hora em todo lugar é maior q a defesa de sua liberdade perante o sistema?

E essa briguinha de software livre (free software) e código/fonte aberto (open source) é coisa ultrapassada. Até o KDE se "rebaixou" do status opensource para as licensas do free software.

E quão sociopata o stallman é, já que será que ele está errado em desejar que o harware seja aberto em suas arquiteturas? Arquiteturas fechadas é forma de controlar o usuário e torna-lo mais e mais dependente.

Um exemplo bonito de hardware com arquitetura relativamente bem aberta e linux são as camera enphel. E é esse, e se possível melhor que isso, o desejo do "sociopata" richard stallman.

Vocês vão ser comida da elite, pois preferem brigar e sectarizar entre si do que ver os pontos positivos de todos que de algum modo ou de outro estão contra o anda da carruagem elitista transhumanista.

continuem destilando veneno contra quem age, como stallman, afinal, sem GNU não haveria linux e todo esse universo que o ubuntista anti-stallman usa.

é dividindo que cesar conquista, caros.

Posts Relacionados
 
;