RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Relatório: Monsanto Pagou ao Google para Enterrar Notícias Desfavoráveis

quarta-feira, 14 de agosto de 2019 |

A Monsanto planejava lançar um novo site cheio de pontos de discussão e pagar para ter certeza de que apareceria quando as pessoas pesquisassem o nome do jornalista Gillam

A Monsanto, empresa de agroquímicos que ganhou notoriedade por seus pesticidas agrícolas e organismos geneticamente modificados, supostamente trabalhou horas extras para desacreditar os jornalistas investigativos que criticavam a empresa - e até pagou ao gigante de buscas Google para suprimir as descobertas.


Carey Gillam

Carey Gillam, jornalista da agência Reuters, reportou os efeitos sobre a saúde dos produtos da Monsanto há alguns anos. Como parte de uma campanha massiva de controle de danos, a empresa trabalhou para desacreditar seu trabalho tanto quanto possível, de acordo com uma investigação do The Guardian. Talvez o mais preocupante: a empresa teria pago ao Google para promover resultados de pesquisa que questionavam as descobertas de Gillam - um olhar perturbador sobre a rapidez com que o fluxo de informações online pode ser manipulado.

A Sombria História da Monsanto






Esforço coordenado

Enquanto Gillam se preparava para publicar seu livro de 2017, "A história de um assassino de ervas daninhas, câncer e a corrupção da ciência", a Monsanto entrou em colapso, relata o The Guardian. A empresa montou uma planilha de 23 etapas específicas que seriam necessárias para minimizar as principais descobertas da Gillam, ao mesmo tempo em que promovia conteúdo alegando que seus produtos químicos eram realmente seguros.

A planilha mostra como a Monsanto planejava lançar um novo site cheio de pontos de discussão e pagar para ter certeza de que esse site apareceria quando as pessoas pesquisassem no Google o nome de Gillam.

"Eu sempre soube que a Monsanto não gostava do meu trabalho... e ela trabalhava para pressionar editores e me silenciar", disse Gillam ao The Guardian. “Mas nunca imaginei que uma empresa multibilionária gastaria tanto tempo e energia e pessoal comigo. É surpreendente."

Leia mais:

Bayer Descobre Divisão "Black Ops", Operada Pela Monsanto e Inicia Investigação Interna, Enquanto a Polícia Prepara Acusações contra a Gigante Química





Ações da Bayer Caem após Glifosato ser Ligado ao Câncer


















Fontes:
Infowars: REPORT: MONSANTO PAID GOOGLE TO BURY UNFAVORABLE NEWS
Futurism: GMO Wheat Escapes Lab, Grows in the Wild
Carey Gillam: NEW MONSANTO DOCUMENTS EXPOSE COZY CONNECTION TO REUTERS REPORTER
Reuters: Monsanto seeks retraction for report linking herbicide to cancer
The Guardian: Revealed: how Monsanto's 'intelligence center' targeted journalists and activists
USRTK: Monsanto Project Spruce Carey Gillam (PDF)

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;