RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Novo Chip Cerebral da DARPA dá Controle Militar aos Pilotos sobre Inúmeros Drones

terça-feira, 11 de setembro de 2018 |

A DARPA, a mando do Pentágono, tem estado na vanguarda de quase todos os programas militares de controle mental e continua a investir dezenas de milhões de fundos dos contribuintes para fazer avançar esta tecnologia. Eles analisaram vários métodos, através da estimulação remota de ondas cerebrais, bem como o implante mais direto de microchips (Neural Engineering System Design), a fim de criar o tão elogiado "super soldado" do futuro.


Desde o início do site Activist Post, temos relatado outras tecnologias, como a estimulação magnética transcraniana, que poderiam ser adicionadas aos capacetes dos soldados como forma de alterar sua atividade cerebral. No mês passado, o NextGov informou sobre um “novo” programa da DARPA que estava procurando maneiras de ativar uma interface cérebro-computador para que os soldados pudessem formar uma conexão bidirecional com sistemas de armas. No entanto, esse comunicado de imprensa indicou um caminho para um futuro teórico. Parece agora, entretanto, que as coisas estão um pouco mais adiantadas do que as que foram previamente sugeridas.

A Defense One está informando que um microcircuito implantado cirurgicamente possui capacidades atuais para sistemas de armas controladas pela mente, envolvendo várias aeronaves.

"A partir de hoje, sinais do cérebro podem ser usados ​​para comandar e controlar... não apenas uma aeronave, mas três tipos simultâneos de aeronaves", disse Justin Sanchez, diretor do escritório de tecnologia biológica da DARPA, no evento de 60 anos da agência de Maryland.

Mais importante, a DARPA foi capaz de melhorar a interação entre o piloto e o jato simulado para permitir que o operador, um homem paralisado chamado Nathan, não apenas enviasse, mas recebesse sinais da aeronave.

"Os sinais dessas aeronaves podem ser enviados diretamente de volta ao cérebro, para que o cérebro desse usuário [ou piloto] também possa perceber o ambiente", disse Sanchez. "Levou um certo número de anos para tentar descobrir isso."

Em essência, é a diferença entre ter um joystick cerebral e ter uma verdadeira conversa telepática com vários jatos ou drones sobre o que está acontecendo, quais ameaças podem estar sobrevoando o horizonte e o que fazer com elas.

À medida que o público se torna cada vez mais preocupado com a ameaça de robôs assassinos tornados autônomos por sistemas de inteligência artificial, há uma pista paralela de melhorar as capacidades de matar de humanos transformados em super soldados ciborgues que também não devem ser ignorados.

Leia mais:


DARPA Revela Infra-Estrutura de Edição de Genes para Construir "Super-Soldados" Geneticamente Modificados

























Fontes:
Activist Post: New DARPA Brain Chip Gives Military Pilots Control Over Drone Swarms

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;