RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Controvérsia entre os Cientistas sobre a "Receita da Varíola" Torna-se Pública, Aumentando Temores de Guerra Biológica

domingo, 25 de fevereiro de 2018 |

Um artigo controverso, publicado em uma edição da revista PLOS ONE e que documenta como fazer um vírus, provocou clamores públicos na comunidade científica.


Este vírus, o qual não é ameaçador para os seres humanos, é geneticamente semelhante ao da varíola - uma doença que matou pelo menos 300 milhões de pessoas no século XX. Os temores se espalharam que esse vírus causaria dano indescritível se caísse nas mãos de terroristas, especialmente com os relatórios que circulam que a Coreia do Norte está produzindo lotes em massa de varíola.

O novo estudo demonstra exatamente como fazer o vírus da varíola com base em ensaios realizados pelo professor David Evans na Universidade de Alberta, no Canadá, em julho de 2017. Evans e seus colegas alegaram que o objetivo do experimento, financiado pela empresa farmacêutica Tonix de Nova York, foi para criar vacinas para varicela.

Evans e seu associado de pesquisa, Ryan Noyce, encomendaram DNA de varicela on-line, colocaram-nas juntas e disseram a todos que o vírus resultante era capaz de infectar células e se reproduzir.

Especialistas em seus campos castigaram a decisão de publicar o estudo na sexta-feira, 23 de janeiro, observando que já existem vacinas efetivas contra a varíola, com o governo dos Estados Unidos tendo 28 milhões de doses, e acesso a outras 13 milhões de doses.

O virologista Stephan Becker, da Universidade de Marburg, na Alemanha, disse que não há mercado para substituição de vacina contra varíola por vacina de varicela. "Isso simplesmente  não se encaixa".

"O mundo agora é mais vulnerável à varíola", disse o Dr. Thomas Inglesby, diretor do Centro de Segurança da Saúde da Universidade John Hopkins de Baltimore, Maryland.

Por sua parte, Andreas Nitsche, chefe da divisão Highly Pathogenic Viruses no Robert Koch Institute, em Berlim, Alemanha, disse: "Se alguém quiser recriar outro vírus da varicela, eles agora têm as instruções para fazer isso em um só lugar".

Os virologistas até assinalaram que mesmo "algum cara em uma caverna" não tenha a capacidade de recriar o vírus, um estudante de medicina de graduação "razoavelmente equipado" seria capaz de fazê-lo.

As vacinas contra a varíola deixaram de ser distribuídas na década de 1980; a maioria das pessoas não tem imunidade contra a doença. Os especialistas temem que o vírus que a provoque, a varíola, possa ser usado em atos de guerra biológica. As últimas amostras de varíola são mantidas trancafiadas na Rússia e nos EUA.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a proibição da síntese do genoma completo da varíola.

"Isso não é algo que pode ser feito amanhã em qualquer laboratório", disse Gregory Koblentz, especialista em biodefesa da Universidade George Mason em Arlington, Virgínia.

Leia mais:


Você Conhece Este Escândalo da Vacina ao Longo da História?







Continua a Manipulação? Futuro Bio-Ataque Terrorista de Falsa Bandeira?





Fontes:
Natural News: Controversy among scientists as “horsepox recipe” becomes public knowledge, raising fears terrorists will “hack” the virus to kill millions
- Daily Mail: Controversial paper that shows EXACTLY how to make a cousin of the killer smallpox virus prompts outrage from scientists who warn 'the world is now more vulnerable'
Plos One: Construction of an infectious horsepox virus vaccine from chemically synthesized DNA fragments

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;