RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Com o Novo FaceID do Iphone X, os Policiais Podem Desbloquear seu Telefone Apontando-o para seu Rosto Enquanto Você é Algemado

quinta-feira, 14 de setembro de 2017 |

Na terça-feira, o mundo assistiu quando a Apple revelou seu iPhone de edição especial do décimo aniversário, o iPhone X. Embora o iPhone ostente ser um telefone mais novo e mais seguro, usando seu novo sistema de reconhecimento facial patenteado - os detetives da Internet foram rápidos em apontar as implicações ameaçadoras por trás do nova tecnologia.


Como o site RT relata, o iPhone X substitui o icônico botão "home", apresentado em todas as versões anteriores, com um novo "sistema de câmera TrueDepth". Uma pequena barra preta na parte superior do telefone contém vários sensores, câmeras e até mesmo um ponto projetor que funcionam juntos para criar um modelo 3D matemático do rosto do proprietário.

No entanto, existem algumas maneiras pelas quais essa tecnologia pode ser usada contra você.

Imagine por um momento, você é um dos inúmeros indivíduos que acabaram de filmar um assustador ato de brutalidade policial. Muitos desses incontáveis ​​indivíduos, como o site TFTP relata com frequência, se encontraram sujeitos à detenção ilegal e à busca e apreensão ilegais, pois os policiais tentaram apagar qualquer evidência de seus comportamentos ilegais. Agora, imagine que a única coisa que está impedindo o encobrimento de uma pessoa inocente sendo morta pela polícia é a senha do seu telefone para proteger o vídeo da polícia deletá-lo.

Um telefone seguro, neste momento, é o único que pode proteger a evidência documentada de comportamento criminoso. Felizmente - para a polícia - se você tiver um novo iPhone X, tudo o que eles teoricamente precisam fazer é algemar você e apontá-lo para o seu rosto. Agora eles têm acesso a todas as suas informações privadas.

Acha que a polícia não tentará excluir seu vídeo? Pense de novo.

Na semana passada, em um relatório exclusivo, o TFTP expôs um caso de alegada evidência apagada em Lincoln Parish, Louisiana, depois que um policial matou um engenheiro elétrico surdo. Um guarda de segurança disse que assistiu e filmou a polícia matar Josh Cloud - um relato que difere muito da história oficial - e ele foi detido e seu vídeo foi excluído.

Se seu telefone estivesse bloqueado e o guarda resistisse às supostas pressões policiais para confiscar seu telefone, a prova de um assassinato policial ainda pode existir. No entanto, se ele tivesse um iPhone X, mesmo que ele tivesse resistido, eles só precisam apontar isso para o rosto dele.

"Com o iPhone X, seu iPhone está bloqueado até você olhar para ele e ele o reconhecer. Nada há nada mais simples, natural e sem esforço", disse Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple em seu discurso inaugural na terça-feira. "Este é o futuro de como desbloquearemos nossos smartphones e protegeremos nossas informações confidenciais".

No entanto, como muitos apontaram, esta simplicidade é o potencial problema do dispositivo.

Este abuso, como observa Snowden, pode vir de muitas formas.

Enquanto algumas pessoas expressaram preocupação de que o iPhone X permitirá que alguém desbloqueie seu iPhone enquanto você dorme, a Apple respondeu diretamente a essa afirmação, observando que o recurso só funcionará quando o usuário olhar para o dispositivo com os olhos abertos. Schiller também explicou que o FaceID reconhecerá um usuário, mesmo quando ele mudar seu penteado, colocar óculos, usar um chapéu ou mudar sua aparência de outras maneiras - talvez quando uma pessoa inconsciente tenha os olhos abertos.

A boa notícia, no entanto, é que, embora essa tecnologia tenha essas implicações sinistras para o abuso, é muito mais seguro do que qualquer um dos dispositivos anteriores. De acordo com Schiller, o Touch ID teve uma taxa de desbloqueio falso de um em 50.000, enquanto o novo FaceID apenas teve uma taxa de erro de um em 1 milhão.

A Apple também tem uma extensa história de resistência às tentativas do estado policial de criar backdoors para sua tecnologia. Apenas no ano passado, em um caso histórico, a Apple recusou-se a ajudar o governo a quebrar a lei e permitir que as várias agências de espionagem monitorem os usuários do iPhone com uma chave especial de descriptografia para o Estado.

O governo conseguiu forçar a Apple a desbloquear o telefone ou a criar um backdoor para sua criptografia. Os especialistas no campo da tecnologia advertiram que isso poderia ser o fim da privacidade, tal como o conhecemos. Por enquanto, no entanto, a privacidade ainda está ganhando - isto é, até que vejamos o primeiro caso de polícia destravando um iPhone X apontando para o rosto de uma pessoa algemada.

Leia mais:


Vazamento "Dark Matter" do WikiLeaks Mostra Como a CIA faz para Hackear Iphone e Macbook













Fontes:
Activist Post: With IPhone’s New FaceID, Cops Can Unlock Your Phone By Pointing At Your Face—While You’re Cuffed
RT: Apple unveils new iPhone, Face ID feature fails in demo (VIDEO)
The Free Thought: delete video - search results
The Free Thought: Cops Kill Deaf Electrical Engineer, Detain the Only Witness and Delete His Video
Iphone X: Face ID
The Free Thought: BREAKING: Apple Wins Showdown! FBI Accesses iPhone Without Forcing a Backdoor

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;