RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Hillary: Após Ataque a Bruxelas, o Governo Precisa Analisar com Mais Atenção a Criptografia

segunda-feira, 28 de março de 2016 |

Desde o ataque a San Bernardino, o governo tem pressionado as empresas de tecnologia para abrirem a criptografia

A candidata presidencial Hillary Clinton disse em uma audiência na Universidade de Stanford, na Califórnia na quarta-feira, que o governo dos EUA precisa de uma forma de uma comissão bipartidária para analisar a segurança dos aeroportos e a criptografia.

Ela disse que o ataque de Bruxelas, que matou mais de 30 pessoas é o "mais recente lembrete brutal" que mais deve ser feito para derrotar os militantes do Estado Islâmico.

Até agora, não foi determinado se os suspeitos de terrorismo em Bruxelas utilizaram dispositivos criptografados para planejar ou se comunicar durante os ataques.

"Nós não sabemos ainda qual o papel, se houve, da comunicação criptografada nestes ataques", disse o republicano Adam Schiff (D-Calif.), em um comunicado. "Mas podemos ter certeza de que os terroristas continuarão a usar o que eles consideram ser o meio mais seguro para traçar seus ataques".

Em dezembro, durante um debate com o rival Bernie Sanders, Clinton caracterizou a criptografia como uma "ferramenta terrorista usada nos ataques de Paris." Ela disse que os EUA devem lançar um tipo de "Projeto Manhattan" para "trazer os governos e comunidades de tecnologia juntos", de modo que a aplicação da lei possa "impedir os ataques."

Em fevereiro, o presidente Michael McCaul da Comissão de Segurança Interna Câmara, R-Texas, e o senador democrata Mark Warner, Virgínia, apresentaram um projeto pedindo uma comissão para examinar a criptografia. Warner disse que a comissão será baseada na comissão do 11 de setembro.

O procurador Cyrus Vance, do Distrito de Manhattan, disse que um comitê do Congresso sobre a criptografia deve fazer recomendações no prazo de 90 dias.

"Isso pode preparar a mesa para a ação do Congresso, mas também para o próximo governo", disse Warner. "Queremos manter a inovação americana, mas também precisamos manter a segurança norte-americana. A criptografia é parte da estrutura da segurança americana. Nós também precisamos ter maneiras para que nós possamos ir atrás de criminosos e terroristas."

McCaul, disse que aplicativos como Telegram e Wire que, fornecem criptografia de ponta-a-ponta, representam um desafio para a aplicação da lei. Ele disse que as comunicações criptografadas privadas são "provavelmente o maior desafio para a aplicação da lei que já vi em minha vida."

"Se o Congresso não faz nada sobre esta questão, e nós formos atingidos com um ataque estilo Paris, eu não quero isso em minhas mãos", acrescentou.

A batalha judicial entre o FBI e a Apple sobre desbloquear alguns telefones disse ter sido usada pelos alegados atacantes de San Bernardino definiram o teor do debate.

"Nós sentimos que o melhor caminho a seguir seria o governo retirar suas reivindicações ao abrigo da All Writs Act e, como alguns no Congresso propuseram, formar uma comissão ou outro grupo de especialistas sobre a inteligência, tecnologia e liberdades civis para discutir as implicações para a aplicação da lei, segurança nacional, privacidade e as liberdades pessoais. A Apple iria de bom grado participar em tal esforço", disse o CEO da Apple, Tim Cook , em um comunicado no site da empresa.

Leia mais:



WhatsApp: Reino Unido Pretende Romper Segurança e Privacidade dos Usuários em 2016








Democratas Pressionam por Medidas de Estado Policial em Aeroportos após Atentado de Bruxelas






Fontes:
- Infowars: CLINTON: AFTER BRUSSELS ATTACK GOVERNMENT NEEDS TO TAKE A “HARDER LOOK” AT ENCRYPTION

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;