RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Islamistas Sírios Destroem Helicóptero Russo com Míssil Tow Americano

quarta-feira, 25 de novembro de 2015 |

Guerra por procuração na Síria prepara-se para ser uma reprise da guerra da CIA no Afeganistão

John McCain está comemorando.

Um vídeo atribuído ao Exército Livre Sírio (ELS) aparentemente mostra um míssil TOW fornecido pelos EUA destruindo um helicóptero russo.

McCain e os neoconservadores criticaram os esforços da Rússia para destruir o ELS e os grupos jihadistas que tentam derrubar o governo de Bashar al-Assad.

"Os ataques iniciais foram contra os indivíduos e grupos que foram financiados e treinados pela nossa CIA em uma incrível ostentação ou algo parecido de cooperação ou esforço para esconder que a primeira prioridade de Putin é, e que é, naturalmente, para apoiar Bashar al -Assad", disse McCain em outubro.

McCain gosta de afirmar que seus amigos do ELS são como seus eleitores do Arizona - pessoal sensato, essencialmente laico, certamente não jihadistas loucos.

"O ELS não é moderado e não tem a pretensão de ser. A maioria de seus líderes e comandantes têm uma forte tendência jihadista e eles chamam sua guerra contra Damasco de uma guerra santa. As unidades e brigadas do ELS carregam nomes islâmicos. Suas bandanas pretas são decoradas com versos do Alcorão. Eles também lançam seus ataques e foguetes de fogo ao brado de Allahu Akbar", escreve Ayub Nuri.

O vídeo atribuído à 1ª Divisão Litoral do ELS, anteriormente conhecida como Brigada dos Carregadores, chama os russos de "infiéis", revelando, assim, que o grupo não é moderado.

Apesar de sua orientação jihadista, o grupo FSA é apoiado pelo grupo Amigos da Síria, uma organização iniciada pelo então presidente francês, Nicolas Sarkozy, em 2014. Os membros do grupo Amigos da Síria incluem os Estados Unidos, França, Turquia, Emirados do Golfo, a Liga Árabe, a União Europeia e ONU.

Em outubro, um oficial da Arábia Saudita divulgou que o reino sunita enviou 500 mísseis TOW aos seus representantes na Síria.

"A entrega dos mísseis TOW- os quais também foram fornecidos pela CIA - vai aumentar as capacidades do FSA contra o exército sírio, e isso lhes permitiria combater de forma mais eficaz contra os avanços militares recentes de Assad," informou o site Business Insider.

A guerra por procuração na Síria está se preparando para ser uma reprise da guerra da CIA no Afeganistão. É muito cedo para determinar se a Rússia vai abandonar a Síria como ela fez no Afeganistão em 1989.


Participe também da disucssão no Fórum Anti-NOM.

Leia mais:











CIA, Sauditas: Militantes Sírios "Selecionados" Devem, sim, Receber Armas Capazes de Derrubar Aviões de Passageiros











Fontes:
- Infowars: SYRIAN ISLAMISTS DESTROY RUSSIAN HELICOPTER WITH US TOW MISSILE
The Independent: Russian air strikes in Syria did hit US-funded Free Syrian Army rebels, says John McCain
Rûdaw: Are there moderate Syrian rebels?
Business Insider: Saudi Arabia just replenished Syrian rebels with one of the most effective weapons against the Assad regime

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;