RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Candidato à Presidência dos EUA Quer Implantar Chips no Cérebro das Pessoas

quinta-feira, 30 de julho de 2015 |

Candidato à presidência dos EUA pelo Partido Transhumanista propõe implantar chips no cérebro dos presos para controlar suas "atividades violentas".

Esta proposta poderia ser estendido, em último caso, ao cérebro de todos os cidadãos.

Zoltan Istvan, candidato presidencial pelo Partido Transhumanista, pensa que os prisioneiros estariam mais motivados a obedecer a lei se fosse abolida a pena de morte e fosse substituída pela implantação de um chip cerebral de vigilância, o qual notifica as autoridades das atitudes violentas dos presos, e que inclusive pudesse administrar "tranquilizantes para bloquear os comportamentos violentos".

Zoltan Istvan, candidato presidencial pelo Partido Transhumanista

O perigo de ideias deste tipo, é que uma vez que se torne legal controlar o cérebro de um setor da sociedade (criminosos condenados), após isso, a iniciativa poderia se estender ao resto da sociedade sob diferentes pretextos e justificativas, o que facilitaria o uso de chips de espionagem dentro do cérebro de todas as pessoas como algo aceitável.

De acordo com o site Internacional Business Times:

"Implantes cerebrais capazes de gerir os ânimos descontrolados e as ações violentas em prisões", foram sugeridos por Zoltan Istvan para minimizar os índices de criminalidade nos EUA e, como alternativa à pena de morte.



O candidato futurista à presidência pelo Partido Transhumanista sugeriu que a tecnologia poderia ser uma alternativa a curto prazo para os criminosos condenados à morte e poderia ser considerada como um castigo suficiente.


"O crime violento é uma versão da doença mental", afirma Istvan no artigo publicado no site MotherBoard.

Istvan sugere que alterar o cérebro dos presos poderia mudar o comportamento e as atividades dos criminosos, tornando-os em membros decentes da sociedade.

Os implantes cerebrais funcionariam como um dispositivo de vigilância que poderia monitorar ou controlar cada ação do prisioneiro administrando um tranquilizante, quando o preso mostrasse uma conduta violenta ou parecesse que poderia ter.

Mas, é claro, que a ideia de Istvan não estaria limitada aos presos e aos delinquentes violentos.

O objetivo final seria um controle total e absoluto da população.

Os chips também poderiam ser implantados no cérebro dos cidadãos que respeitam a lei, funcionando como um sistema de alerta de emergência às autoridades, quando as pessoas experienciam um trauma (quando se estivesse cometendo um crime), o que em teoria, reduziria o número de delinquentes dispostos a continuar com os crimes se fossem detidos de forma segura.

"O implante de Alerta de Trauma também deveria ser inserido no cérebro dos cidadãos; seria um dispositivos que enviariam um sinal para alertar as autoridades, diretamente do interior do cérebro, se alguém estiver experienciando problemas ou traumas. Melhorar a vigilância poderia reduzir rapidamente as taxas de criminalidade no futuro", afirma Istvan.



"Se os criminosos souberem que serão presos, a criminalidade diminuiria notavelmente... os criminosos violentos seriam presos com muito mais frequência do que agora, sobretudo se tivermos algum tipo de implante de alerta de trauma implantado no cérebro das pessoas".

Na verdade, os consumidores estão comprando dispositivos que alteram as ondas cerebrais, enquanto que a administração de Obama financiou uma profunda pesquisa de alteração e engenharia cerebral.

"Assim, a tecnologia para mudar o comportamento e alterar o cérebro não é uma ficção científica", disse Istvan.

Já sabemos onde levariam todas estas iniciativas.


Isso começaria por parecer um controle sobre os piores "criminosos e delinquentes" e acabariam tornando-se em uma ferramenta para controlar nossos pensamentos e perseguir os rebeldes e os diferentes. Imagine se não seria, de acordo com as autoridades, uma "ótima forma" de fazer com aqueles que acreditam em "teorias conspiratórias" voltem à "realidade"? ;)

Como vemos, há pessoas, absolutamente obcecadas em tornar todos em autênticos robôs-escravos.

Leia mais:




DARPA Testa Implantes Cerebrais para Curar Transtornos Mentais em Soldados






Empresa Sueca Insere Chips RFID em Trabalhadores







Fontes:
- Periodismo Alternativo: Un candidato a la presidencia de EEUU quiere implantar chips en el cerebro de las personas
- El Robot Pescador: UN CANDIDATO A LA PRESIDENCIA DE EEUU QUIERE IMPLANTAR CHIPS EN EL CEREBRO DE LAS PERSONAS
SHTF Plan: Transhumanist Candidate Wants “Brain Implants to Manage Violent Actions of Prisoners”… And Society
International Business Times: Futurist Suggests Replacing Death Penalty With Brain Implants That Control Prisoners’ Mind, Behaviour
Motherboard: How Brain Implants (and Other Technology) Could Make the Death Penalty Obsolete

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;