RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Quarentenas Médicas do Governo Passaram de "Teoria da Conspiração" à Política Oficial nos EUA

segunda-feira, 27 de outubro de 2014 |

Natural News

Os estados de Nova York e Nova Jersey ultrapassaram as diretrizes federais e estabeleceram seus próprios requisitos obrigatórios de quarentena de 21 dias para os passageiros que chegam e que tiveram contato direto com os pacientes de Ebola na África Ocidental.

"Os pacientes com o mais alto nível de exposição possível serão colocados em quarentena automaticamente por 21 dias em uma instalação regulamentada pelo governo", relata a CBS News. [1] Os campos de quarentena em funcionamento do governo, em outras palavras, são agora uma realidade presente na América.

"Acreditamos que isso está dentro dos direitos legais do Estado de Nova York e dos Estado de Nova Jersey", diz o governador Cuomo. E é quase certo que está. Na verdade, este movimento por intermédio de Nova Jersey e de Nova York é uma das coisas mais inteligentes que qualquer funcionário do governo já fez nos Estados Unidos para impedir a propagação do vírus Ebola.

Mas tome conhecimento de alguma coisa que vale a pena considerar: Você vê o quão rápido estamos pedindo por quarentenas obrigatórias do governo? Não demorou muito, também. Apenas um passageiro que retornou com o Ebola para Nova York foi o suficiente, na verdade. De repente, todos nós estamos apoiando uma fiscalização que foi considerada uma teoria maluca apenas alguns anos atrás.

Cinco anos atrás, falar de quarentenas do governo foi chamado de "teoria da conspiração"

Considere a história da própria ideia de quarentenas médicas impostas pelo Governo. Há apenas cinco anos, qualquer pessoa que sugerisse que tal coisa pudesse acontecer nos EUA seria chamado de "teórico da conspiração". Eu sei disso porque eu sou uma das poucas pessoas que advertiu precisamente sobre este cenário muitos anos antes, e eu sou muitas vezes chamado de um teórico da conspiração por prever com precisão as coisas que se tornariam reais anos mais tarde.

Assim que o Ebola chegou aos EUA, no entanto, toda a conversa de quarentenas obrigatórias de repente mudaram de "teoria da conspiração" para "protocolos médicos." De repente, a ideia de forçar certas pessoas para dentro de instalações administradas pelo governo, das quais eles não estão autorizados a sair - uma espécie de prisão médica - está sendo falada abertamente como uma opção importante a considerar.

Em Dallas, os membros da família do falecido Thomas Duncan, foram flagrados violando as suas auto-quarentenas e receberam ordens para voltar à sua auto-imposta reclusão. Não muito tempo depois, a correspondente médica, a Dra. Snyderman da NBC, 'após tomar a sua maldita vacina contra a gripe"  foi pega violando sua auto-quarentena depois de voltar da África Ocidental, onde ela poderia ter pego Ebola. E apenas alguns dias atrás, o Dr. Spencer em Nova York decidiu passar a noite na cidade, enquanto afirmam que ele também estava "em auto-quarentena". Não demorou muito para os funcionários perceberem que toda a ideia de uma auto-quarentena é uma completamente tapeação, pela simples razão de que ninguém dá seguimento à ela.

Acontece que até mesmo os médicos e jornalistas violam as auto-quarentenas, o que significa que não podemos confiar fielmente em pessoas em quarentena. De repente, a ideia de uma quarentena obrigatória imposta pelo governo criou todos os tipos de sentimento. Ela não soou mais como uma teoria da conspiração. Parecia uma ideia sensata para ajudar a parar a propagação do Ebola.

Se uma quarentena forçada é justificada por uma pessoa, ela pode ser justificada por um milhão

Agora eles vivem em um país onde a opinião pública apoia abertamente as quarentenas impostas pelo governo de pessoas que podem ser portadores de Ebola. Observou a rapidez com que tudo isso aconteceu? Alguns podem até apontar a sobreposição ação-reação-solução (dialética helegiana) para tudo isso, propondo que o Ebola tem sido exagerado precisamente com a finalidade de se implantar um estado policial médico nos Estados Unidos. Eu pessoalmente não acho que nós estamos lá ainda, mas estamos claramente no caminho em direção a ele, e não há nada que impeça o presidente de anunciar um estado policial médico em todo o país neste exato minuto.

Se o governo alegou a autoridade para deter uma pessoa suspeita de transmitir o Ebola, essa mesma autoridade deve aplicar-se também a um milhão de pessoas, você pode imaginar. O que você está testemunhando agora, em outras palavras, é a prova absoluta de que todos nós que alertamos sobre as quarentenas do governo e da detenção da uma enorme quantidade de cidadãos a serem colocados em campos da FEMA foi, de fato, bastante profético.

As coisas que alertamos há cinco anos atrás, que pareciam loucura na época estão agora nas manchetes nacionais. Se eu tivesse dito em 2009 que uma infecção viral de perigo biológico nível 4 estaria correndo solta na região de Nova York, a maioria das pessoas teria absolutamente descartado a ideia como lunática. E, no entanto, é exatamente o que está acontecendo agora.

Aqueles de vocês que estão entre os observadores mais astutos da realidade vão notar que os domínios www.BioDefense.com e BiologicalTerrorism.com foram registrados há 15 anos. Em outras palavras, sim, eu vi isso acontecer há 15 anos e tinha os domínios registrados com a intenção de reservá-los até que o futuro chegasse.

Eu também comprei nomes de domínios sobre outros eventos futuros que eu sei que estão vindo, mas se eu fosse mencionar qualquer um desses agora, eles pareceriam tão loucos como um surto de Ebola em Nova York parecia até recentemente. A simples verdade é que a maioria das pessoas não estão prontas para um futuro que é diferente do seu presente. Eles não podem imaginar a mudança que está vindo, então eles vivem em um estado de negação sobre o que o futuro pode trazer.

Aquele que vê o que está vindo é o mais sensato de todos

Há alguns de nós são abençoados (ou amaldiçoados) com a capacidade de ver o que vai acontecer. Eu já disse muitas vezes que uma pessoa que sabe o que vai acontecer em 1 ou 2 anos é considerado um "gênio" por parte da sociedade, enquanto uma pessoa que sabe o que vai acontecer em 10 ou 20 anos é chamado de maluco. Isso porque há um fenômeno psicológico conhecido como uma propensão à normalidade que funciona como uma espécie de impulso mental, mantendo as pessoas cognitivamente trancadas em um conjunto muito restrito de expectativas, dissuadindo-os de explorar qualquer mudança real no mundo em torno deles.

Se eu dissesse a você que os Estados Unidos da América como o conhecemos hoje, vai chegar ao fim antes de 20 anos a partir de agora, a maioria das pessoas podem processar não cognitivamente o conceito por causa da sua propensão à normalidade. Então, eu não me incomodo de explicar os detalhes até que chegue a hora, pois só assim as pessoas têm evidências suficientes na frente de seus próprios olhos para perceber a magnitude das mudanças que se desenrolam diante delas.

Você não acreditaria em quantas histórias que eu tenho escrito e depois arquivado sem publicá-las por essa mesma razão. Recentemente, eu escrevi uma história sobre o risco de terrorismo de Ebola ocorrendo em Nova York, mas eu percebi que o público não estava preparado para ouvir aquilo ainda, então eu a arquivei. Eu ainda posso publicá-la, mas não antes que o público esteja pronto para compreender a mensagem com mais clareza. Se eu publicá-la agora, muitas pessoas irão permanecer em um estado de negação e raiva porque elas odeiam qualquer nova informação que desafie suas construções mentais estilo Matrix.

Há muitas outras coisas que o público não está pronto para ouvir. Lembre-se, os EUA [assim como grande parte do Brasil e do mundo] é um lugar onde as pessoas estão tão dispostas a permanecer voluntariamente hipnotizadas por delírios socialmente aceitos que elas ainda acham que o JFK foi assassinado por um atirador solitário e que o prédio WTC 7 desabou em perfeita simetria devido a um pequeno incêndio de escritórios. Nós estamos todos vivendo em um país dominado por pessoas delirantes que estão sonambulas através de uma construção ficcional, que é precisamente por isso que eles ficam tão psicologicamente chocados quando acontece algo que eles nunca consideraram: um surto viral, uma explosão solar, uma falha da energia de rede, um acidente nuclear, a implosão da dívida ou até mesmo 98 milhões de pessoas que está sendo injetadas com vírus de câncer de primatas como parte de um esquema de vacinação contra a pólio em todo o país, que é exatamente o que já aconteceu na história dos EUA.

Três ameaças graves aos EUA agora

Se você quer saber o que realmente está no meu radar agora, há três coisas que eu suponho que eu ouse a mencionar brevemente. O primeiro é o surto de Ebola, que eu acredito que vai ser mantido sob controle nos EUA nos próximos 12 meses ou mais, mas se o Ebola se torna endêmico na América Central ou América do Sul, nessa altura, a América do Norte vai estar em sérios problemas e pode ter uma descontrolada propagação dentro de 24 meses.

A segunda coisa no meu radar agora é uma quebra iminente da bolsa que iria rivalizar com a quebra "Black Monday" de 1987. O mercado está sendo bombeado agora com US$ 200 bilhões por trimestre com a criação de dinheiro pelo Federal Reserve (banco privado da elite capitalista que emite o dinheiro moeda nos EUA). As taxas de juros estão próximas a zero, enquanto a inflação está em torno de 6% ou mais. Agora, um esquema enorme de confisco de riqueza está ocorrendo, desviando bilhões de dólares em poder de compra do povo americano, sem que eles mesmos percebam isso. No minuto em que o Fed parar de bombear dólares para o sistema, este entrará catastroficamente em colapso.

A terceira coisa em minha mente é a possibilidade de os russos travarem um ataque nuclear sobre os EUA imediatamente depois que o país estiver enfraquecido ou por uma pandemia viral ou uma quebra devastadora do mercado de ações. A imprensa tradicional não cobriu muito ultimamente, mas estratégicos bombardeiros nucleares russos têm feito exercícios próximos ao Alasca. Os aviões de guerra russos estão realizando manobras agressivas de sondagem sobre os vetores de ataque a alvos norte-americanos. Embora nem a Rússia nem a China se atreveriam a atacar os EUA em um dia normal, uma nação enfraquecida sofrendo por um colapso econômico devastador ou de uma pandemia viral em todo o país criariam precisamente as circunstâncias em que outras nações possam atacar.

Essas três coisas estão rapidamente se aproximando e representam riscos legítimos reais para os EUA. Todos os interessados ​​em preparação, auto-suficiência e sobrevivência devem considerar seriamente esses cenários.

E lembre-se: as quarentenas do governo de suspeita de portadores de Ebola já começou. Não é mais uma teoria da conspiração; agora é política.

Atualização: 

Enfermeira que reclamou da quarentena tinha ligações com partido de Obama e era funcionária do CDC

O site Natural News informa que a enfermeira Kaci Hickox, que estava no centro da questão da quarentena forçada, Acontece que Kaci Hickox é uma democrata registrada, militante do Obama e que trabalha para o CDC. "A enfermeira atualmente em quarentena, em Nova Jersey é um empregado para o Centro de Controle de Doenças e uma democrata registrada com um histórico de defesa de esquerda", relata o GotNews.com [2]

A página LinkedIn.com que já foi limpa é:
www.linkedin.com/pub/kaci-hickox/30/793/7b8

Seria a quarentena encenada da enfermeira Hickox  como um golpe de relações públicas para chamar a oposição para quarentenas do estado? O momento da quarentena de Hickox, seus laços com o partido no poder na Casa Branca, a ocultação deliberada de seus laços com o CDC e a limpeza de seu perfil LinkedIn.com levantam a suspeita legítima de que suas reclamações sobre a quarentena foram todas encenadas como um conluio para promover a oposição aos esforços estaduais para estabelecer quarentena para o Ebola.

Quarentena nos EUA é revogada por pressão do CDC

O Estado de Nova York já reverteu a regra de quarentena obrigatória Ebola sob pressão do CDC e da Casa Branca,  ambos parecem ardentemente determinado a ver Ebola espalhados por todo os Estados Unidos.

"Depois de oposição implacável da comunidade médica e da administração Obama, New York está afrouxando suas regras de quarentena", relatou Boston.com. [1]

"O New York Times relata o governador Andrew Cuomo disse que qualquer quarentena que não apresentam sintomas da doença seriam autorizados a ficar em casa. Eles também seriam pagas por perdas de salário".


Leia mais:


A Mentira do Ebola Denunciada por um Africano: Não há Pandemia, o Ebola Está Sendo Disseminado Através de Vacinas








Onde Está a Epidemia? Quase Zero Casos Confirmados de Ebola na Libéria Outra Vez, Segundo Relatório da OMS








10 Perguntas a Serem Feitas à OMS Sobre o Ebola






Fontes:
- Natural News: Are you awake yet? Government-enforced medical quarantines just went from 'conspiracy theory' to official policy in NJ and NY
- Natural News: Ebola doctor runs around NYC bowling alleys after telling authorities he was 'self-quarantined' - report
- Natural News: 98 million Americans were given polio vaccine contaminated with cancer-causing virus, admits CDC



Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;