RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Interesses da Shell por trás da Violência na Ucrânia?

sexta-feira, 23 de maio de 2014 |

O intenso conflito entre o exército ucraniano e os defensores de Slaviansk pode estar baseado em outras coisas e nos interesses comerciais da multinacional Shell. Vários especialistas examinam as causas clandestinas da luta.

A persistência do exército ucraniano em tomar o controle sobre a cidade de Slaviansk - com uma população em torno de 120.000 habitantes - podem ter como pretexto sua situação geográfica. Slaviansk está no centro da chamada bacia de Yosuf, formando parte do contrato firmado em 2012 entre a Ucrânia e a multinacional Shel sobre a exploração e reservatórios de gás de xisto, reportou o site ‘Rosbalt’.



Existem certas cláusulas no encontro que poderiam aumentar tensões no sudeste da Ucrânia. Primeiro, a tecnologia da exploração é uma operação de fraturamento hidráulico - "fracking" -, que leva a contaminação de águas e solos, a liberação de metano na atmosfera e em alguns casos ao aumento do nível de radioatividade na imediações do local de exploração.

Segundo, os locais de exploração geralmente ocupam superfícies consideráveis, e segundo o contrato firmado com a Shell, o governo ucraniano é obrigado a facilitar o translado dos habitantes locais se suas casas estiverem nas regiões promissoras, o que claramente não coincide com os planos da população.

De acordo o analista da Fundação Russa da Cultura Estratégica, Aleksander Donetskiy, esta circunstância supõe uma perspectiva diferente sobre a verdadeira causa das guerras na região de Slaviansk.

Slaviansk parece ser o principal centro de atenção para a maior parte das forças ucranianas. Além do exército regular, participa na operação punitiva contra a cidade também a Guarda Nacional, destacamentos de nacionalistas e como reportado pela a imprensa alemã, também mercenários americanos.

Se o exército ucraniano não acabar com a nascente República Popular de Donetsk, o contrato com a multinacional poderia ser revisado, o que causaria perdas financeiras para a Shell, que já investiu recursos consideráveis na exploração geológica na região.

O especialista em relações internacionais, Neboysa Malic, em declarações ao RT, disse que os interesses econômicos são "a razão chave da operação militar de Kiev"

Esta opinião coincide com o interesse firme dos EUA na indústria de óleo da Ucrânia, o que se confirma pela nomeação do filho do vice presidente americano, Hunter Biden como diretor de conselho de administração da petroleira ucraniana Burisma Holding. Este não é o único caso onde as companhias e autoridades americanas têm interesse comerciais em regiões ucranianas.

Leia mais: 



Filho do Vice-Presidente dos EUA Joe Biden Ganha Cargo na Principal Empresa de Gás da Ucrânia










Fontes:
- Periodismo Alternativo: Intereses de Shell, ¿detrás de la violencia en Ucrania?
Rosbalt: Бои за Славянск и сланцевый газ
- Blog Anti Nova Ordem Mundial: Filho do Vice-Presidente dos EUA Joe Biden Ganha Cargo na Principal Empresa de Gás da Ucrânia
- RT: ¿Alimentan los intereses de Shell la violencia en Ucrania?

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;