RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Departamento de Seguranca Nacional afirma seriamente que milicias podem colaborar com bio-ataque de al-Qaeda

quinta-feira, 4 de junho de 2009 |

De acordo com o Washington Times, oficiais de contra-terrorismo autenticaram um vídeo de um suposto recrutador da al-Qaeda que afirma que ele teria habilidade de entrar com armas biologicas nos US através de túneis sob a fronteira do México. No vídeo Abdullah al-Nafisi também sugere que a al-Qaeda também estaria procurando colaborar com "americanos nativos membros milícias de supremacia branca que odeiam o governo federal".

A poucas semanas, um documento do Departamento de Seguranca Nacional dos EUA (DHS) que vazou na internet qualificava como terroristas de extremista-direita os seguintes grupos: grupos anti-aborto, defensores da constituicao, defensores da segunda emenda, que permite portar armas, entre outros, claramente confundindo e colocando todos os defensores da verdade como terroristas.

Este vídeo da suposta al-Qaeda é mais um passo do governo americano para retirar os direitos dos cidadaos e preparar o chao para a guerra contra aqueles que criticarem o governo em suas acoes totalitárias.

Vídeo da fox news. Adoro a cara do Glenn Beck enquanto a outra reporter , Sara Carter, do Washington Post, cospe um monte de sensacionalismo para comecar a culpar o próprio povo americano em futuros ataques de falsa bandeira (feito pelo próprio governo).

Esta matéria tem o claro intúito de desacreditar e criminalizar ativistas autenticos nos EUA.



O jornal árabe Al-Ahram conectou al-Nafisi com a "Irmandade Islamica" (Muslim Brotherhood). De acordo com Peter D. Goodgame, que escreveu "Os Globalistas e o Islam: Fomentando um choque de civilisacoes para uma Nova Ordem Mundial", escreve que o grupo "Irmandade Islamica" foi criado, infiltrado ou ao menos promovido pelos servicos de inteligencia britanicos.

É um fato sabido e bem documentado de que a al-Qaeda é uma operacao de servicos de inteligencia ocidental (leia-se EUA+UK). Veja s stória de Norm Dixon, "Como a CIA criou Osama bin Laden". O atuial presidente do Pakistan, Asif Ali Zardari, falou a NBC mes passado que Osama bin Laden foi um "operador" para os EUA, afirmacao que foi ignorada pela mídia corporativista.

O ex-secretário de assuntos internacionais Robin Cook afirmou: "A verdade é, nao há exercito islamico ou gr upo terrorista chamado al-Qaeda, qualquer oficial de inteligencia que se preze sabe disto. Mas há uma campanha de propaganda para fazer o público acreditar na presenca de uma entidade identificada representando o "mal" apenas para levar o telespectador a aceitar uma lideranca internacional unificada para uma guerra contra o terrorismo. O país por trás desta propaganda é os EUA".



Fonte:

Infowars: http://www.infowars.com/counterterrorism-officials-claim-al-qaeda-to-launch-bio-attack-from-mexico/

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;