RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

A Ciência é Clara: O Wi-Fi Aumenta Nosso Risco de Câncer no Cérebro

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019 |

O Wi-Fi pode ser uma invenção relativamente nova, mas rapidamente se tornou algo que a maioria das pessoas não pode imaginar viver sem. Se você garantiu meticulosamente que todos os cantos da sua casa tenham cobertura e você nunca fica em um hotel que não tenha Wi-Fi, é hora de dar uma olhada no que toda essa conexão pode estar fazendo com sua saúde. Estudos mostraram que o Wi-Fi aumenta o risco de câncer no cérebro e uma série de outras doenças graves.


A Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer classificou os campos eletromagnéticos de radiofrequência (RF/EMF) como um possível agente cancerígeno, o que significa que ele está no mesmo nível do chumbo, clorofórmio e DDT. O grupo altamente respeitado, que faz parte da Organização Mundial de Saúde, fez suas classificações após uma avaliação cuidadosa de provas científicas extensivas.

Embora toda essa exposição a telefones celulares, medidores inteligentes, dispositivos inteligentes e outras tecnologias como o Wi-Fi seja indubitavelmente ruins para nós, é ainda pior para as crianças. Uma análise de estudos impressos no Journal of Microscopy and Ultrastructure descobriu que crianças, adolescentes e bebês têm maior risco de câncer do que adultos desses dispositivos, com algumas estimativas colocando a probabilidade de crianças desenvolverem câncer no cérebro por exposição a RF/EMF, quatro vezes mais que os adultos.

Infelizmente, as crianças simplesmente não têm tanta proteção contra essa exposição quanto os adultos, pois seus corpos são menores e seus crânios são mais finos. Além disso, o tecido cerebral é mais absorvente. Não é de surpreender que as crianças não-nascidas sejam as mais vulneráveis, por isso as mulheres grávidas precisam ter extrema cautela quando se trata de sua exposição.

Os manuais que acompanham os telefones celulares mencionam esses riscos, mas poucas pessoas realmente os leem. Além disso, os poderosos esforços de lobby da indústria de telecomunicações significam que os consumidores não estão sendo totalmente informados sobre o quão perigosa a exposição pode ser.

Estudos mostraram uma ligação entre o EMF e o câncer cerebral, bem como o câncer das glândulas salivares. Meninas que mantêm seus telefones em seus sutiãs têm um risco maior de câncer de mama, e a exposição também tem sido associada a problemas como abortos, baixa contagem de espermatozoides, ansiedade, depressão, fadiga crônica, enxaquecas e TDAH.

Como os EMFs despolarizam as membranas que protegem seus nervos e tecidos musculares, suas células podem sofrer danos. Os EMFs são genotóxicos e citotóxicos, danificando quase todos os sistemas do corpo. É claro que, como a tecnologia é nova, a verdadeira extensão dos danos a longo prazo não será muito óbvia até que mais tempo passe - embora o que já sabemos seja assustador o suficiente.

Outro problema é que o Wi-Fi continua a ficar mais rápido, e isso tende a tornar as taxas de exposição de RF/EMF ainda mais altas. Com o 5G pronto para assumir, poderíamos estar diante de uma série de novos problemas de saúde.


Alerta: 35% da População Sofre de Hiper Sensibilidade Eletromagnética - Uma Síndrome Debilitante Causada Pela Tecnologia sem Fio





Minimizando o risco

É fácil dizer que você deve eliminar completamente seus filhos do uso de dispositivos sem fio, mas esse conselho não é prático, e ainda há a questão de que o Wi-Fi está no ar, estejam eles on-line ou não. No entanto, é possível limitar a sua exposição e a dos seus filhos.

Por exemplo, você pode desativar suas conexões sem fio quando não estiver usando seus dispositivos e manter o uso do celular no mínimo. Se seus filhos estão ligando para parentes, por exemplo, faça-os usar uma linha telefônica com fio. Quando você não puder evitar usar o celular, use pelo menos o modo de alto-falante e mantenha o telefone o mais distante possível de você. Use conexões com fio sempre que possível, incluindo teclados, mouses e impressoras. Mantenha os aparelhos eletrônicos fora dos quartos, incluindo os telefones sem fio, e desligue o roteador à noite.


Frequências Eletromagnéticas: O que Fazer se Elas Afetarem Você?





As meninas nunca devem manter seus celulares dentro de seus sutiãs, e também é uma boa ideia evitar mantê-los em qualquer lugar junto ao corpo, como no bolso. Mantenha o uso de microondas no mínimo, recuse medidores inteligentes, e não use aparelhos inteligentes.

O Wi-Fi pode tornar nossa vida mais fácil, mas também pode encurtá-la drasticamente se não formos cuidadosos. Faça tudo o que puder para minimizar sua exposição a Wi-Fi e EMF e proteja sua família contra danos irreparáveis.

Leia mais:


Dr. Gabriel Cousens Alerta o Mundo sobre os Efeitos Tóxicos do 5G






5G já Está Ligado ao Aumento de Problemas de Saúde – Preocupações com a Saúde Aumentam






5G: Propaganda ou Horror?







Fontes:
Natural News: Science is clear: Wi-Fi increases our risk of brain cancer
Natural Health 365: Brain cancer caused by Wi-Fi is putting our family’s health in danger
Natural News: Microwaves, Wi-Fi, and other EMF signals linked to headaches, fatigue, depression, anxiety, and more

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;