RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

"Especialistas" do Juízo Final Alertam sobre as Guerras da Informação sobre o fim da Civilização

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019 |

"É um estado tão preocupante quanto os tempos mais perigosos da Guerra Fria."

Exatamente quando você estava ficando sem coisas para se temer, um grupo de "especialistas" apocalípticos dos EUA disse na quinta-feira que a guerra de informação está ampliando as principais ameaças mundiais, já que o infame Relógio do Juízo Final permanece há dois minutos da meia-noite, informa a AFP.



Onde essa ameaça oculta está de acordo com os especialistas? "A manipulação de fatos, notícias falsas e sobrecarga de informação - junto com o aquecimento global e flertes com a guerra nuclear - são fatores que levaram os humanos a destruírem o planeta como nunca", disse o sem fins lucrativos Bulletin of the Atomic Scientists.

"A humanidade enfrenta agora duas ameaças existenciais simultâneas, qualquer uma das quais seria motivo de extrema preocupação e atenção imediata", disseram os cientistas. “Essas grandes ameaças - armas nucleares e mudanças climáticas - foram exacerbadas no ano passado pelo aumento do uso da guerra de informações para minar a democracia em todo o mundo, ampliando o risco dessas e de outras ameaças e colocando o futuro da civilização em perigo extraordinário”.

O relógio não saiu do ano passado, mas "não deve ser tomado como um sinal de estabilidade", disse Rachel Bronson, presidente e CEO do grupo de especialistas internacionais e especialista em segurança, nuclear, ambiental e campos científicos.

"É um estado tão preocupante quanto os tempos mais perigosos da Guerra Fria ", disse Bronson em uma entrevista coletiva na capital americana, descrevendo o clima atual como 'O novo anormal'".

"A velocidade da informação aumentou em ordens de magnitude, permitindo que a guerra de informação e notícias falsas florescessem ", disse ela.

"Isso gera raiva e polarização em todo o mundo, em um momento em que precisamos de calma e união para resolver os maiores problemas do mundo."

Este "novo anormal" é "um estado que apresenta um cenário imprevisível e inconstante de disputas fervilhantes que multiplicam as chances de um grande conflito eclodir", acrescentou.

“Parece que estamos normalizando um mundo muito perigoso em termos de riscos de guerra nuclear e mudança climática.” - AFP.

Assim - a "velocidade da informação" e notícias falsas geraram "raiva" e "polarização" em todo o mundo - décadas de empregos perdidos para terceirização, a erosão do poder de compra, estados super-protetores sobrecarregados e uma marcha firme rumo à globalização como cultural identidades são apagadas em nome do "progresso".


O professor de astronomia e astrofísica da Universidade de Chicago, Robert Rosner, descreveu este "novo anormal" como "a realidade perturbadora em que as coisas não estão melhorando".

Criado em 1947 para assustar os americanos, o Relógio do Juízo Final mudou o tempo em 20 ocasiões - variando de 17 minutos antes da meia-noite em 1991 - para dois minutos para a meia-noite em 1953, 2018 e agora. No ano passado, passou de dois minutos e meio antes da meia-noite para dois minutos, enquanto o presidente Trump, e o líder norte-coreano “Rocket Man”, Kim Jong Un, estavam insultando uns aos outros.


No ano passado, a "retórica" ​​entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos "diminuiu, mas continua extremamente perigosa", disse Bronson.

Enquanto isso, as relações entre os Estados Unidos e a Rússia “permanecem inaceitáveis”.

E no front ambiental, “as emissões de carbono começaram a subir novamente após um período de estabilização”, acrescentou Bronson.

Sobre as tensões com a Coreia do Norte, o ex-secretário de Defesa dos Estados Unidos, William Perry, disse que as últimas conversas entre Washington e Pyongyang podem ter feito "nada" para afastar a Coreia do Norte de seu programa nuclear.

"Por outro lado, pararam os insultos e ameaças entre os nossos dois países e, portanto, reduziu as chances de entrar em uma guerra com a Coreia do Norte", disse Perry. - AFP

O ex-governador da Califórnia, Jerry Brown - presidente executivo do Bulletin of the Atomic Scientists, diz que os líderes mundiais não estão fazendo o suficiente para mitigar a ameaça das armas nucleares.

"A cegueira e estupidez dos políticos e seus consultores é verdadeiramente chocante diante da catástrofe e do perigo nuclear", disse Brown. “Somos quase como viajantes no Titanic, não vendo o iceberg à frente, mas aproveitando a elegante gastronomia e música.”

Brown também derrubou os jornalistas que informam sobre todas as coisas Trump.

Jornalistas, sim, vocês amam os tweets de Trump. Vocês amam as notícias do dia. Vocês amam as provocações que recebem os cliques, mas o clique final pode ser um acidente nuclear ou um erro, e é com isso que todos temos que nos preocupar.

Leia mais:


12 Maiores Mentiras sobre o Aquecimento Global de 2018







Prof Molion: O Aquecimento Global e as Falcatruas em Torno Dele






Prof. Molion: Absurdo Atribuir ao Homem o Aquecimento Climático






Fontes:
- Infowars: DOOMSDAY “EXPERTS” WARN OF CIVILIZATION-ENDING INFORMATION WARS
AFP: Information wars endanger civilization, say 'Doomsday' experts

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;