RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Ativistas LGBT Estão em Guerra com o Movimento Feminista sobre a Definição da Palavra "Mulher"

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 |

Fiveclouds Tap & Bottle, um bar e cervejaria em Macclesfield, Reino Unido, recentemente expulsou uma mãe feminista que era uma cliente regular lá por mais de três anos depois que um cliente homossexual reclamou de sua camiseta, a qual continha estampada a definição da palavra "mulher".


Em outra exibição de aberrações de extrema-esquerda, Rebeka Wershbale, de 34 anos, que é uma orgulhosa apoiadora do grupo feminista Fair Play for Women, foi informada pela equipe do bar Fiveclouds que sua camiseta foi considerada ofensiva porque expressa sentimentos "Transfóbicos", na medida em que define uma mulher como uma fêmea biológica.

Um homossexual que se identifica como Mika Johnson reclamou com os funcionários do bar depois de avistar a camisa de Wershbale, que aparentemente o fez chorar e ficar muito chateado - tanto que mais tarde ele foi para casa e choramingou por todo o Twitter.

Uma funcionária do bar chamada Heather “me disse que a camiseta que eu usava estava incomodando as pessoas porque era transfóbica e não inclusiva, então eu fui barrada”, disse Wershbale ao Daily Mail.

O que ela quis dizer foi que eu estava de alguma forma ofendendo os homens que dizem que são mulheres porque minha camiseta não os incluía na definição de uma mulher.”

O culto do LGBT finalmente se autodestrói?

Wershbale sustenta que o verdadeiro feminismo apóia as mulheres reais, não homens que querem fingir ser mulheres - daí porque ela estava vestindo a camisa em primeiro lugar.

Na opinião de Wershbale, mudar a definição do que uma mulher é para atender aos transgêneros - que é exatamente o que os extremistas radicais LGBT estão agora tentando fazer no Reino Unido com propostas recentes para alterar o Gender Recognition Act (GRA) - coloca as mulheres biológicas em perigo, especialmente quando os homens biológicos insistem em usar os banheiros das mulheres.

De acordo com Wershbale, ela não foi hostil com ninguém no bar, e não havia transgêneros presentes na época. Ela também diz que simplesmente tentou falar com Johnson quando ele teve um surto, dizendo a ela que ele não queria falar com ela e "por favor, me deixe em paz".

Apenas meia hora depois, Wershbale foi instruída a deixar o estabelecimento por causa da queixa de Johnson, demonstrando mais uma vez que o liberalismo é realmente um distúrbio mental que faz com que seus partidários façam coisas ridículas.

"É um dia muito triste quando uma mulher é barrada em seu pub por usar uma camiseta que diz o óbvio porque pode ofender as pessoas transgênero", disse David Davies, um membro do parlamento Tory, em um comunicado após o incidente.

Terrivelmente, esse insidioso rancor do debate aberto não é mais tolerado e a liberdade de expressão sendo suprimida está agora se espalhando de nossos campus universitários para as ruas de nossas cidades históricas”.

Como você deve lembrar, houve uma batalha interna semelhante da esquerda vs. esquerda no Reino Unido no verão de Londres, quando os transgêneros acusaram um grupo lésbico presente na marcha de ser “transfóbico”, simplesmente porque ele definiu exclusivamente as lésbicas como homossexuais femininos.

"Um homem que diz que é lésbica é um estuprador", gritou uma das lésbicas acusadas enquanto ela marchava furiosa pela rua durante o London Pride quando ela estava sendo levada por policiais que foram chamados para lidar com a "ofensa".

"Só as mulheres podem ser lésbicas", gritou outro. "Um homem que faz uma cirurgia nunca pode ser lésbica", acrescentou, provocando mais indignação dos ativistas trans que também estiveram presentes na marcha anual.

Leia mais:


[Agenda Gay] Site Francês de Esquerda Pede que a Heterossexualidade Seja Banida






[Agenda Gay] Anúncio da Gillette Desafia Homens a BARBEAREM sua Masculinidade






Depois de Apoiar o Controle de Armas e Abrir Fronteiras, o Papa Agora Aposta na Comunidade LGBT... O que Virá a Seguir?





Fontes:
- Natural News: They eat their own: LGBT activists now at WAR with feminist movement over definition of “woman”
PJ Media: Feminist Mom Booted From Bar Over T-Shirt With the Definition of 'Woman'
- Natural News: IT BEGINS: Lesbians are now protesting transgenders as LGBT goes to war with itself

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;