RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Bill Gates Adverte sobre a Aparente Doença Apocalíptica - Prometendo 12 Milhões de Dólares para VACINA UNIVERSAL

terça-feira, 1 de maio de 2018 |

A próxima doença fatal que causará uma pandemia global está chegando, afirmou Bill Gates em uma discussão sobre epidemias, organizada pela Sociedade Médica de Massachusetts e pelo New England Journal of Medicine, informou o Business Insider.

Há uma área onde o mundo não está progredindo muito”, disse Gates, “e essa área é a preparação para pandemias”.

"No caso de ameaças biológicas, esse senso de urgência está faltando", disse ele. "O mundo precisa se preparar para as pandemias da mesma maneira séria que se prepara para a guerra".


De acordo com Gates, um pequeno interveniente não-estatal poderia construir uma forma ainda mais mortal de varíola em um laboratório.

Leia também: Controvérsia entre os Cientistas sobre a "Receita da Varíola" Torna-se Pública, Aumentando Temores de Guerra Biológica

Gates apresentou uma simulação do Institute for Disease Modeling que simulou uma nova gripe como a que matou 50 milhões de pessoas na pandemia de 1918. O estudo descobriu que, se houvesse uma nova gripe, ela provavelmente mataria 30 milhões de pessoas em seis meses.

A única vez na história que os militares tentaram uma espécie de jogo de guerra simulado contra uma pandemia de varíola, a pontuação final foi "varíola um, a humanidade zero", disse Gates.

Qual é a solução? Uma vacina contra a gripe universal, claro! Gates anunciou na sexta-feira que a Fundação Bill e Melinda Gates prometeria 12 milhões de dólares em subsídios para incentivar o desenvolvimento de uma vacina universal.

Gates acredita que "é necessário melhorar a comunicação entre os militares e os governos para ajudar a coordenar as respostas". Gates acrescentou que acha que os governos precisam de formas de mobilizar rapidamente a ajuda do "setor privado" (mundo secreto militar do orçamento negro) quando se trata de desenvolver tecnologia e ajudar uns aos outros para construir ferramentas para combater uma doença mortal emergente.

Gates expressou que a malária estava novamente em ascensão e continuaria a reivindicar mais vidas em todo o mundo, a menos que os governos revigorassem seu esforço para erradicar a doença, relatou o Stratis Times.

Leia também: Produtos Químicos Causam Surto de Malária, Fazendo com que os Mosquitos Cresçam Cada vez Mais Resistentes aos Inseticidas

Melinda Gates disse recentemente que a ameaça de uma pandemia global, seja se ela surgir naturalmente ou for projetada, talvez seja o maior risco para a humanidade.

Pense no número de pessoas que saem de Nova York todos os dias e vão para mundo todo - somos um mundo interconectado”, disse ela.

A Fundação Bill e Melinda Gates deixou bem claro que seu objetivo é acabar com a pólio do planeta. No entanto, como o Activist Post relatou, eles fizeram exatamente o oposto e podem ser responsáveis ​​por milhares de crianças que sofrem de poliomielite induzida pela vacina.

A Suprema Corte da Índia realizou uma extensa investigação sobre a Fundação Bill e Melinda Gates com juízes exigindo respostas da Fundação e de Gates.

Em 2009, crianças tribais do distrito de Khammam, em Andhra Pradesh, na Índia, receberam uma vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV) destinada ao câncer do colo do útero. Cerca de 16.000 meninas entre 9 e 15 anos receberam três doses de vacina (fabricada pela Merck) pelo departamento de saúde do estado. As garotas foram informadas de que estavam recebendo vacinas de “bem-estar”. O incidente começou a chamar a atenção quando, alguns meses depois, a saúde de várias meninas se deteriorou e, no ano seguinte, cinco delas morreram. Dois desses casos semelhantes de mortes foram relatados em Vadodara, Gujarat, onde 14.000 crianças tribais também foram vacinadas com a vacina contra o HPV Cervarix, feita pela Glaxo SmithKline, relatou o Daily Mail.

Alheia, mas de particular interesse, a GlaxoSmitheKline (GSK), aliás, foi acusada de forma imprudente despejar o vírus da poliomielite em um rio na Bélgica em 2014, no que foi considerado um “acidente”.

Aproximadamente 120 meninas relataram ataques epilépticos, fortes cãibras estomacais, dores de cabeça e alterações de humor entre as que não morreram. Outras meninas que receberam a vacina Gardasil ficaram estéreis.

Na mesma época em que esses incidentes foram relatados, jovens meninas foram hospitalizadas no norte da Colômbia com sintomas semelhantes. Coincidentemente, essas meninas também receberam doses da vacina contra o HPV.

Leia também: Notícias Naturais: Colômbia: Vacina contra HPV Responsabilizada por Doença Misteriosa

Segredos começaram a se tornar públicos quando uma ONG visitou Andhra Pradesh. Ativistas de saúde da ONG Sama visitaram Khammam em março de 2010 e descobriram que mais de 100 meninas estavam tendo ataques epilépticos, dores no estômago, dores de cabeça e alterações de humor. As meninas também se queixaram de menstruação precoce, sangramento intenso e cólicas menstruais. Sama levantou a questão de que essas alunas eram cobaias sob o pretexto de fornecer cuidados de saúde. Os pais analfabetos foram mantidos no escuro sobre a vacina real, e a maioria deles deu seu consentimento na forma de impressões digitais.

A ONG americana, Program for Appropriate Technology in Health (PATH) realizou os estudos. Eles estavam testando como a vacina contra o câncer cervical reagiria em mulheres jovens. E esse teste antiético da PATH estava sendo financiado por ninguém menos que a Fundação Bill e Melinda Gates. Ironicamente, o estudo foi considerado um sucesso pela Fundação. A Fundação também ajudou a PATH no estudo da vacina contra o rotavírus e da vacina pneumocócica na África e na Ásia.

Alguns dias depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou em 2009 que dois tipos de HPV causam 70% dos cânceres do colo do útero, a PATH iniciou seu projeto de cinco anos em várias partes do mundo: Peru, Vietnã, Uganda e Índia, relatou o Economic Times.

O Japão já havia descoberto que a vacina contra o HPV Gardasil causou vários efeitos colaterais graves, proibindo a vacinação de ser administrada a suas mulheres e vendida em seus mercados. Esses efeitos colaterais incluíram convulsões, danos cerebrais, cegueira, paralisia, problemas de fala, pancreatite e perda de memória de curto prazo, enquanto outra paciente morreu após tomar a vacina. No início deste ano, um grupo chinês de vigilância Medwatcher Japan indiciou a Gardasil, enquanto uma ex-funcionária da Merck chamou a droga de "o maior escândalo médico de todos os tempos".

Leia também: Japão Retira Apoio à Vacina Contra HPV Devido aos Efeitos Adversos, Como Infertilidade e Paralisia

A extensão total do escândalo da Gardasil precisa ser avaliada: todos sabiam quando esta vacina foi lançada no mercado americano que se revelaria inútil. Diane Harper, uma importante líder de opinião nos Estados Unidos, foi uma das primeiras a denunciá-la, apontando as fraudes de tudo isso. Eu prevejo que a Gardasil se tornará o maior escândalo médico de todos os tempos porque, em algum momento, as evidências se somarão para provar que essa vacina, façanha técnica e científica que seja, não tem absolutamente nenhum efeito sobre o câncer do colo do útero e que os muitos efeitos adversos que destroem vidas e até matam, não têm outro propósito senão gerar lucro para os fabricantes. A Gardasil é inútil e custa uma fortuna! Além disso, tomadores de decisão em todos os níveis estão cientes disso! Casos de síndrome de Guillain-Barré, paralisia dos membros inferiores, esclerose múltipla induzida pela vacina e encefalite induzida por vacina podem ser encontrados, qualquer que seja a vacina.

-  Dr. Bernard Dalbergue  (ex-funcionário da Merck)

Em 1993, o Japão também proibiu a vacinação SCR após 1.8 milhões de crianças terem recebido dois tipos de SCR e um número recorde de meningite não viral e outras reações adversas. Os números incluíram autismo, três mortes, enquanto outras crianças foram deixadas com deficiências permanentes que vão desde a audição danificada e cegueira à perda de controle dos membros.

Tudo isso segue com a agenda de despovoamento de Gates.

Em 2010, Bill Gates disse em uma conferência do TED, que as vacinas precisam ser usadas para reduzir os números da população mundial, a fim de resolver o aquecimento global e reduzir as emissões de CO2.

Afirmando que a população mundial estava se aproximando de 9 bilhões, Gates disse: "Se fizermos um ótimo trabalho em novas vacinas, serviços de saúde, serviços de saúde reprodutiva (aborto), poderemos reduzir isso talvez em 10 ou 15 por cento".

Bill Gates insistiu nessa ideia de um supervírus nos últimos anos, inclusive em outro TED Talk em 2015, intitulado: “O próximo surto? Nós não estamos prontos."

Então, em 2016, ele repetiu esse alerta afirmando que o mundo estava "vulnerável" a uma epidemia mortal na próxima década.

Durante anos, Bill Gates vem emitindo alertas, mas no ano passado ele expressou que o bioterrorismo - um vírus criado em um laboratório - poderia matar 30 milhões de pessoas ou mais em apenas um ano.

Leia também: Bill Gates Adverte que o Bioterrorismo Pode Matar 30 Milhões de Pessoas

Seja por um capricho da natureza ou pelas mãos de um terrorista, os epidemiologistas dizem que um patógeno transportado pelo ar em alta velocidade poderia matar mais de 30 milhões de pessoas em menos de um ano. E eles dizem que há uma probabilidade razoável de que o mundo experimente tal surto nos próximos 10 a 15 anos”, disse Gates no ano passado, na Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha, informou a Forbes.

Será este escritor a única pessoa que recusará as “vacinas universais” apoiadas pela Fundação Bill e Melinda Gates?

Leia mais:


[Depopulação Mundial] Além das Vacinas, Bill Gates Investe em Carne Sintética para os Consumidores


















Fontes:
Activist Post: Bill Gates Warns Of Coming Apocalyptic Disease — Pledges $12 Million To Universal Vaccine
Business Insider: Bill Gates thinks a coming disease could kill 30 million people within 6 months — and says we should prepare for it as we do for war
NCBI: Poxvirus interleukin-4 expression overcomes inherent resistance and vaccine-induced immunity: Pathogenesis, prophylaxis and antiviral therapy
The Straits Times: Microsoft founder Bill Gates warns new fight needed against resurgent malaria
Business Insider: Bill and Melinda Gates think a weaponized disease may be the biggest threat to humanity — here's how worried you should be
Activist Post: Bill Gates’ Polio Vaccine Program Eradicates Children, Not Polio
- Daily Mail: Judges demand answers after children die in controversial cancer vaccine trial in India
- Natural Society: Danger: GlaxoSmithKline Dumps 45 Litres of Polio Virus into River
- Natural Society: Gardasil Vaccine Destroys Ovaries of 16-yr. Old Girl, Causes Infertility
The Economic Times: Controversial vaccine studies: Why is Bill & Melinda Gates Foundation under fire from critics in India?
The Tokyo Times: SIDE EFFECTS IN YOUNG GIRLS TAKE GARDASIL OUT FROM JAPANESE MARKET
Daily Mail: Why Japan banned MMR vaccine
Reuters: Bill Gates warns world "vulnerable" to deadly epidemic in next decade
The Guardian: Bill Gates warns tens of millions could be killed by bio-terrorism
Forbes: Bill Gates Warns Of Epidemic That Could Kill Over 30 Million People



Um comentário:

MGBispo disse...

A pandemia global esta chegando direto dos laboratório de Bill Gates no Japão.
Mas não se preocupem ele já criou a cura também. A doença é gratuita, voce só precisa pagar pela vacina....

Posts Relacionados
 
;