RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Microsoft Adverte Seus Clientes: Cuidado com o que Você diz ao Usar Nossos Produtos, ou Então...

sexta-feira, 30 de março de 2018 |

Podemos agora adicionar uma nova política de punição da Microsoft às contas de usuários que usam "linguagem ofensiva", enquanto estiverem conectados a um de seus produtos ou serviços à crescente lista de medidas draconianas empregadas pelas empresas de tecnologia para policiar o conteúdo online.


Em um comunicado que resume a nova política, a qual entrará em vigor em 1º de maio, a Microsoft afirmou:

Na seção do Código de Conduta, esclarecemos que o uso de linguagem ofensiva e atividade fraudulenta é proibido.

A Microsoft afirmou que eles podem suspender temporariamente ou remover usuários ofensivos permanentemente de seus produtos. Eles também se reservam o direito de pesquisar o conteúdo do usuário.

O código de conduta da empresa foi escrito para reprimir o spam, a transmissão de malware, a exploração infantil e atividades ilegais. Até agora, a Microsoft não foi explícita sobre o que constituirá linguagem ofensiva.

Os usuários esperam que a política tenha o maior efeito nos jogadores da Xbox Live, que são conhecidos por trollar uns ao outros durante os jogos. Mas outros clientes da Microsoft temem que o novo código de conduta possa restringir a liberdade de expressão em plataformas como o Skype e o OneDrive.

O ativista dos direitos civis Jonathan Corbett desafiou a empresa em um post no blog, escrevendo:

Então espere um segundo: não posso usar o Skype para fazer uma vídeo chamada de conteúdo adulto com minha namorada? Eu não posso usar o OneDrive para fazer backup de um documento que diz 'foda' nele? O que está claro aqui é que a Microsoft está reservando o direito de cancelar sua conta sempre que quiser.

Embora os usuários que comentam no Reddit afirmem que a política realmente não é nova, muitos clientes e usuários de tecnologia da Microsoft temem que a mudança seja um pretexto para censurar as pessoas. Isso aumenta o debate sobre empresas de tecnologia e empresas de mídia social, como o Facebook, Twitter e Google, ajustando seus algoritmos para controlar o alcance das páginas e aprovar medidas que restrinjam a expressão criativa e a liberdade de expressão. Alguns jornalistas afirmam que as cinco grandes empresas de tecnologia - Facebook, Google, Microsoft, Apple e Amazon - além de outros guardiões da informação, estão adotando sinais de censura dos legisladores de Washington e atuando como o verdadeiro rosto do governo repressivo.

Leia mais:


O Facebook tem um Arquivo sobre Você: Mesmo que não Tenha uma Conta, se Estiver Online, Eles Rastrearão Você por Meio de Atividades de Terceiros



























Fontes:
Activist Post: Microsoft Warns Customers: Watch What You Say When Using Our Products — or Else
PC: Watch Your Mouth on Microsoft Platforms
Microsoft: Summary of Changes to Microsoft Services Agreement
PC: The Best Malware Removal and Protection Software of 2018
Professional Troublemaker: Microsoft Bans “Offensive Language” from Skype
Reddit: Updates to Microsoft's Service Agreement - effective May 1st, 2018
NPR: How 5 Tech Giants Have Become More Like Governments Than Companies
Politico: The latest in Big Tech: Censorship
Columbia Journalism Review: Censorship in the social media age

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;