RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

[Falsa Bandeira] Após Ataques Terroristas, Governo Está Pronto para Tomar o Controle da Internet

terça-feira, 6 de junho de 2017 |

Após o segundo suposto ataque terrorista na Inglaterra em poucas semanas, a primeira-ministra Theresa May está pedindo novos regulamentos da internet e a supressão de ferramentas digitais que facilitam os "espaços seguros" online onde os ataques podem ser coordenados. A proposta vem um dia após um ataque de sábado à noite em Londres que deixou sete mortos e quase 50 feridos. Isso também vem de uma estratégia de combate ao terrorismo chamado "big brother" cada vez mais draconiano implementado no Reino Unido.


Nas suas observações, May disse:

Não podemos permitir que esta ideologia seja o espaço seguro que ela precisa para ser gerada. No entanto, isso é precisamente o que a internet e as grandes empresas que fornecem serviços baseados na internet proporcionam.

Ela continuou:

Precisamos trabalhar com governos democráticos aliados para chegar a acordos internacionais que regulam o ciberespaço para prevenir a propagação do planejamento extremista e terrorista.

May não ofereceu detalhes sobre o planejamento do governo no uso de regulamentos da Internet para controlar a conversa terrorista em redes sociais ou outros fóruns online. No entanto, a frase "acordos internacionais" pressupõe um movimento potencialmente maior por parte de governos e corporações em todo o mundo para reprimir o discurso considerado perigoso.

A corporatocracia global já começou a trabalhar para restringir o discurso extremista no Facebook, Twitter, YouTube e Google - com vários graus de sucesso -, mas nem todos acreditam que essa estratégia seja mesmo eficaz para interromper a atividade terrorista. Peter Neumann, professor que estuda violência política e radicalização no King's College, em Londres, diz que a censura na Internet só fará com que terroristas movam suas conversas para plataformas criptografadas. No que diz respeito ao uso das mídias sociais para radicalizar novos membros, Neumann diz que o envio de mensagens online por si só raramente são suficientes para fabricar novos terroristas.

Além disso, os esforços do governo da Inglaterra para criminalizar o protesto e o discurso - medidas que refletem de perto a legislação elaborada pelos legisladores dos EUA - ganharam sua estratégia antiterrorista, conhecida oficialmente como "Prevenir", apelidado de "Big Brother". Maina Kiai, que atuou como Relator Especial da ONU para a liberdade de reunião pacífica, diz que "Prevenir" é fundamentalmente falho.

"No geral, parece que Prevenir está tendo o oposto do seu efeito pretendido: dividindo, estigmatizando e alienando segmentos da população, Prevenir pode acabar promovendo o extremismo, em vez de o contrário", escreveu Kiai recentemente.

Estudantes, ativistas e membros de organizações baseadas na fé relataram inúmeras histórias do programa que estão sendo implementadas de uma maneira que se traduz simplesmente em perfil bruto, ideológico, cultural e religioso, com efeitos concomitantes sobre o direito à liberdade de associação de alguns grupos.

O fracasso dos países ocidentais em prevenir o terrorismo, apesar das verdadeiras infra-estruturas policiais do estado - e, no Reino Unido, especificamente, um dos aparatos de vigilância mais poderosos do mundo - obteve uma infinidade de explicações e teorias. Eles variam de 'retaliações' decorrentes da Guerra contra o Terror, agora com dezesseis anos de idade, que reivindicou mais de 1,3 milhão de vidas no Oriente Médio (o mesmo número de vítimas civis registradas durante a Guerra do Vietnã) para os ataques de "falsa bandeira" configurados para propagar o medo na população civil e conferir mais autoridade ao Estado.

É provável que os regulamentos draconianos na Internet provavelmente estigmatizem ainda mais o problema e usurpem mais liberdades civis das pessoas. Espero que o próximo Ato Patriota não tenha a liberdade de expressão na mira.

Leia mais:


[Falsa Bandeira] Especialista: "A Internet Cairá por 24 Horas em 2017 e provocará um Desastre Financeiro"












Fontes:
- Activist Post: In Wake Of UK Terror Attacks, Government Ready To Seize Control Of Internet
Huffpost: London Attack Sparks Arrests And Vows For New Strategy On Terror
Reuters: UK's 'Big Brother' anti-terror strategy is flawed, U.N. expert says
CNN Tech: Theresa May: Internet must be regulated to prevent terrorism
Economist: The muzzle grows tighter
CNN Tech: Theresa May: Internet must be regulated to prevent terrorism
Anti Media: Dear UK: Your Government Already Let the Terrorists Win — but Not How You Think
The Telegraph: One surveillance camera for every 11 people in Britain, says CCTV survey
Vietnam War: How Many People Died In The Vietnam War?
Zero Hedge: The Ever-Growing List of ADMITTED False Flag Attacks

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;