RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Globalista David Rockefeller Morre aos 101 Anos

segunda-feira, 20 de março de 2017 |

Banqueiro central bem conhecido por pressionar o "governo mundial"

David Rockefeller, um banqueiro central globalista que defendeu uma "Nova Ordem Mundial" e o controle populacional em massa, ao mesmo tempo em que exercia uma vasta influência sobre os líderes mundiais, morreu na segunda-feira aos 101 anos.

Um porta-voz da família, Fraser P. Seitel, confirmou sua morte.


Rockefeller era bem conhecido por se gabar abertamente dos planos da elite transnacional de centralizar o controle sobre as populações, a riqueza e os recursos mundiais.

"Alguns até acreditam que fazemos parte de uma cabala secreta que trabalha contra os melhores interesses dos Estados Unidos, caracterizando minha família e eu como "internacionalistas" e por conspirar com outros ao redor do mundo para construir uma estrutura política e econômica global mais integrada - um mundo, se você quiser. Se essa é a acusação, eu me sinto culpado, e estou orgulhoso dela", ele escreveu em seu livro Memoirs.

Rockefeller também revelou a extensão do conluio da mídia corporativa com esta característica específica.

"Somos gratos ao Washington Post, ao New York Times, à revista Time e a outras grandes publicações cujos diretores participaram de nossas reuniões e respeitaram suas promessas de discrição por quase quarenta anos... Seria impossível para nós desenvolvermos nosso plano para o mundo se tivéssemos sido submetidos às luzes da publicidade durante esses anos", disse ele na reunião Bilderberg de 1991. "Mas, o mundo está mais sofisticado e preparado para marchar em direção a um governo mundial".

"A soberania supranacional de uma elite intelectual e os banqueiros mundiais certamente são preferíveis à autodeterminação nacional praticada nos séculos passados".

Pouco disso mudou desde 1991; atualmente, os meios de comunicação Rockefeller mencionaram tudo venenosamente contra o Presidente Trump.

Além disso, o New York Times derramou elogios a Rockefeller em seu obituário:

Seu status era maior do que qualquer título corporativo poderia expressar, no entanto. Sua influência foi sentida em Washington e capitais estrangeiras, nos corredores do governo da cidade de Nova York, museus de arte, grandes universidades e escolas públicas.

Rockefeller poderia muito bem ser o último de uma família cada vez menos visível a cortar uma figura tão imponente no cenário mundial. Como advogado peripatético dos interesses econômicos dos Estados Unidos e de seu próprio banco, ele era uma força nos assuntos financeiros globais e na política externa do seu país. Ele foi recebido em capitais estrangeiras com as honras concedidas um chefe de estado.

Curiosamente, o NYT mencionou o livro Memoirs de Rockefeller, mas não mencionou sua invocação do governo mundial.

Leia mais:


32 Frases da Elite sobre Redução da População









Como a Nova Ordem Mundial Quer nos Eliminar







Fontes:
- Infowars: Globalist David Rockefeller Dead at 101
The New York Times: David Rockefeller, Philanthropist and Head of Chase Manhattan, Dies at 101

3 comentários:

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

Este filho da puta morreu tarde, depois de fazer tanto mal a humanidade.

Unknown disse...

Que o Diabo te receba!!!

Unknown disse...

Graças a Deus ! Menos um satã na face da Terra.

Posts Relacionados
 
;