RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Cientista da EPA Adverte que o Glifosato Elimina os Minerais dos Alimentos, Deixando o Corpo Deficiente em Zinco e Magnésio

domingo, 19 de março de 2017 |

Uma cientista de carreira já falecida da Agência de Proteção Ambiental (EPA) escreveu uma carta a um colega que o composto químico glifosato, o principal ingrediente do herbicida "Roundup" da Monsanto, é muito mais perigoso do que até mesmo sua própria agência anterior está disposta a admitir.


A cientista, Dra. Marion Copley, DMV, que morreu de câncer, trabalhou para a EPA por três décadas até que sua doença tornou impossível para ela continuar. Em uma carta enviada ao colega da EPA e ao "infiltrado" da Monsanto, Jess Rowland em 2013, dois anos antes do início de um debate público sobre os efeitos cancerígenos do glifosato, Copley - a toxicóloga sênior da Divisão de Efeitos à Saúde da EPA - manifestou grandes preocupações sobre como Rowland e a EPA estavam lidando com o composto.

"Desde que deixei a Agência com câncer, estudei o processo do tumor extensivamente, e tenho alguns comentários do mecanismo que podem ser muito valiosos para o CARC, baseados em minhas décadas de experiência em patologia. Vou escolher um produto químico para demonstrar meus pontos", escreveu ela.

"O glifosato foi originalmente concebido como um agente quelante e acredito firmemente que é o processo idêntico envolvido na sua formação de tumores, o qual é altamente apoiado pela literatura".

Copley continua a constatar que:

- Os quelantes impedem o processo de apoptose, que é uma função necessária para o corpo eliminar as células tumorais;

- Os quelantes agem como disruptores endócrinos, que por sua vez, desempenham um papel no crescimento de tumores;

- Os quelantes servem para inutilizar o zinco, o qual é um mineral necessário para função adequada do sistema imunológico;

- Os quelantes também inutilizam o cálcio e o magnésio, bem como outros minerais, tornando os alimentos "deficientes destes nutrientes essenciais";

- O glifosato demonstrou ser uma substância genotóxica, que é fundamental na formação de câncer;

- Os quelantes muitas vezes podem causar danos aos rins ou pâncreas, o que o glifosato faz, servindo como um outro mecanismo de formação de câncer;

- O glifosato é responsável por destruir as boas bactérias intestinais, e no sistema gastrointestinal em seu todo, é 80 por cento do sistema imunológico do corpo;

- A obstrução dos quelantes no sistema imunológico do corpo também leva à formação de câncer.

Ela observou ainda que, no passado, o CARC descobriu que o glifosato era um "possível carcinógeno humano", e que a patologia renal em estudos separados em animais levou à formação de tumores "com outros mecanismos". Ela também disse que "qualquer um destes mecanismos sozinhos listados podem causar tumores, mas o glifosato causa todos eles simultaneamente."

"Jess, você e eu discutimos muitas vezes sobre o CARC. Você discutiu frequentemente sobre os tópicos fora de seu conhecimento, o que é antiético," ela escreveu. "Sua formação trivial de 1971 de Nebraska é de longe ultrapassada, assim a ciência do CARC está 10 anos atrás da literatura nos mecanismos. Pelo menos uma vez em sua vida, ouça-me e não jogue seus jogos políticos convenientes com a ciência para favorecer os registantes. Por uma vez, faça a coisa certa e não tome decisões com base em como isso afeta o seu bônus."

Copley, que faleceu em janeiro de 2014, também identificou outra colega da EPA, Anna Lowit, acusando ambos de "intimidar o pessoal do CARC" e alterar vários relatórios para tornar a indústria melhor.

Um arquivo de fevereiro no Tribunal Distrital dos EUA para o norte da Califórnia procura compelir o testemunho de Rowland. O documento diz que Rowland, agora um cidadão particular, deixou a EPA "misteriosamente" um dia depois de um vazamento "inadvertido" e retração posterior de um projeto de relatório da EPA sobre a segurança do glifosato que suportou a assinatura de Rowland.

"...Os Demandantes têm uma necessidade premente de que o depoimento do Sr. Rowland confirme sua relação com a Monsanto e o papel substancial da EPA na proteção dos negócios do Réu, esforços subsequentemente incorporados em relatórios do governo consistentemente citados pela Monsanto neste Tribunal e em outros lugares" diz o arquivo do Tribunal. "Conforme mencionado na moção original, as circunstâncias subjacentes à relação entre Rowland e a Monsanto são altamente suspeitas".

Leia mais:


Funcionário da Monsanto Admite que Existe um Departamento para Desacreditar Cientistas













Fontes:
- Notícias Naturais: Cientista da EPA Adverte que o Glifosato Elimina os Minerais dos Alimentos, Deixando o Corpo Deficiente em Zinco e Magnésio
- Natural News: EPA scientist warns that glyphosate (RoundUp) herbicide strips minerals out of food, leaving the body deficient in Zinc and Magnesium
Glyphosate News: EPA Corruption, Monsanto And RoundUp Litigation: Full Text Of Motion To Compel Deposition Of Jess Rowland
Natural News: Heartbreaking letter from dying EPA scientist begs Monsanto “moles” inside the agency to stop lying about dangers of RoundUp (glyphosate)
USRTK: ROUNDUP PRODUCTS
EPA Watch: Monsanto tried to hide evidence of glyphosate (RoundUp) causing Non-Hodgkin’s Lymphoma: COURT DOCUMENTS

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;