RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Os 4 Cavaleiros do Apocalipse que Podem Acabar com a Europa

segunda-feira, 28 de março de 2016 |

O analista afirma que a recente onda de refugiados colocam em evidência as controvérsias existentes entre a parte oriental e ocidental na região.

Atualmente, a União Europeia se vê ameaçada por quatro problemas graves: três internos e um externo, o qual parece ser o mais perigoso. Em conjunto, estes cavaleiros do apocalipse, poderiam colocar um fim no bloco, opina Roberto Savio, fundador e ex-diretor geral da agência internacional de notícias Inter Press Service (IPS), em um artigo para o site Global Research.

Segundo Savio, o primeiro problema da UE é a divisão entre a Europa Oriental e a Ocidental, a que vem em seguida da divisão norte-sul. Esta última ocorreu devido a política de austeridade que a Alemanha e outros países protestantes queriam impor sobre o sul católico e ortodoxo.

O analista afirma que a recente onda de refugiados colocam em evidência as controvérsias existentes entre a parte oriental e ocidental na região. A Europa Oriental se uniu às instituições comunitárias para receber benefícios, sem obrigações, e, além disso, acredita que a parte ocidental deve proporcionar os meios para eliminar a brecha econômica e social, criada pela cortina de ferro.

De acordo com o jornalista, a segunda ameaça para a UE é a decadência da democracia e a inclinação da Europa Ocidental ao nacionalismo e xenofobia. O autor do artigo destaca que em toda parte oriental da Europa observa uma tendência clara de "rebelião" contra os valores europeus: solidariedade, democracia e inclusão social. Savio acrescenta que há poucos países europeus onde a ala direita e os partidos xenófobos não cresceram desde a crise de 2009. Além disso, nas próximas eleições, uma mudança para a direita será notada em toda a região, inclusive nos países que eram exemplo de tolerância e inclusão, como os países nórdicos e Países Baixos.

O terceiro problema grave que o bloco enfrenta é evidente para todos, garante Roberto Savio: é o fato de que a Europa teve que ajustar suas regras para fazer um exceção ao Reino Unido, com a finalidade de convencer os cidadãos britânicos a continuarem fazendo parte da UE. No entanto, embora não esteja claro se esta medida terá êxito, afirma a jornalista. Se o Reino Unido deixar de fazer parte da União, será uma perda total de legitimidade por parte de Bruxelas, e o caso de Londres, poderá servir de exemplo para outros países membros, os quais estariam tentando seguir.

E por último, Savio menciona um perigo ainda maior para UE, desta vez externo: a redução do peso da Europa no mundo. Em 1900, a região constituía 24% da população mundial. No final deste século, segundo os prognósticos, este índice se reduzirá 4%. Naturalmente, esta tendência irá acompanhada por uma diminuição da importância da UE para o resto do mundo, resume o analista.

Leia mais:



Como George Soros se Beneficia da Crise dos Refugiados na Europa?






Fontes:
- RT: Podrá sobrevivir la UE? Los 'cuatro jinetes del apocalipsis' galopan hacia Europa
- Global Research: Can Europe Survive? The EU’s Horses of the Apocalypse

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;