RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Filme Surpreendente do Sol Acendendo o Cometa ISON

quinta-feira, 28 de novembro de 2013 |

Apesar de um aumento significativo de brilho registrado nos últimos dias, o cometa ISON ainda está longe de ser o astro das madrugadas. O cometa está a poucos dias do periélio e só deve chamar a atenção quando já estiver próximo da destruição.

O Cometa C/2012 S1, mais conhecido como cometa ISON, pode tornar-se uma deslumbrante visão, quando este atravessar o interior do sistema solar no final de 2013. Durante as semanas antes de sua aproximação do Sol, o cometa estará visível com pequenos telescópios e binóculos.


Como todos os cometas, ISON é um aglomerado de gases congelados misturados com poeira. Muitas vezes descrito como "bolas de neve sujas", os cometas emitem gás e poeira sempre que se aventuram perto o suficiente do Sol, de modo que o material gelado se transforme de sólido em gás, um processo chamado sublimação.

Em 28 de novembro (hoje), ISON fará uma passagem em torno do Sol. O cometa vai se aproximar cerca de 730.000 milhas (1,2 milhões de km) de sua superfície visível, que o classifica como um cometa ISON sungrazing. No final de novembro, o seu material gelado vai furiosamente sublimar e liberar torrentes de poeira visto que a superfície corrói sob o forte calor do Sol, acompanhados por todos os satélites de monitoramento do Sol. Nessa época, o cometa pode se tornar brilhante o suficiente para ser visto apenas levantando a mão para bloquear o brilho do Sol.

Cometas Sungrazing muitas vezes lançam grandes fragmentos ou mesmo se quebram completamente após encontros com o Sol, mas para o ISON qualquer destino é uma conclusão precipitada.

Após desvio gravítico solar do ISON, o cometa deixará o Sol e se moverá em direção à Terra, aparecendo no crepúsculo da manhã ao longo de dezembro. O cometa vai passar pela Terra em 26 de dezembro, chegando até 39.900 mil milhas (64.2 milhões de km), ou cerca de 167 vezes mais distante do que a lua.





Fontes:

Nenhum comentário:

Posts Relacionados
 
;