RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Nobel de Medicina: "A Cura de Doenças Não é Lucrativa Para a Indústria Farmacêutica"

quarta-feira, 8 de maio de 2013 |


O médico britânico e Prêmio Nobel, Richard J. Roberts, acusou as grandes empresas farmacêuticas de colocar em primeiro lugar os benefícios econômicos do que a saúde das pessoas, impedindo o progresso científico na cura de doenças porque curar não é rentável.

"Os medicamentos que curam não são rentáveis, e portanto, não são desenvolvidos pela indústria farmacêutica, que desenvolvem drogas para tratamentos crônicos que são consumidas forma serializada", disse o prêmio Nobel em uma entrevista para a revista 'PijamaSurf'. "Algumas drogas que poderiam curar as doenças de uma vez não são investigadas. Até certo ponto é verdade que a indústria da saúde é regida pelos mesmos valores e princípios que o mercado capitalista, que chegam a se parecer muitocom a máfia ", se pergunta o Nobel da medicina de 1993. O cientista e pesquisador acusa a indústria farmacêutica de se esquecer de servir as pessoas e se preocupar apenas com o desempenho econômico. "Eu vi como, em alguns casos, pesquisadores dependentes de fundos privados podem ter encontrado remédios muito eficazes que teriam terminado completamente com uma doença", explicou.

"As empresas farmacêuticas não estão tão interessadas em

curá-lo, mas apenas em ganhar dinheiro

Ele acrescenta que as empresas param de investigar, porque "elas não estão tão interessadas em curá-lo do que em tirar o seu dinheiro, assim, uma pesquisa de repente é desviada para a descoberta de medicamentos que não curam de todo, mas tornam a doença crônica e fazem experimentar uma melhoria, que desaparece quando você para de tomar a droga." Diante disso, nota-se que a indústria está interessada em áreas de pesquisa, não para curas para doenças, mas "apenas para torná-las doenças crônicas com drogas cronificadoras muitos mais rentáveis do que curar completamente e de uma vez por todas ".

Quanto aos motivos por que os políticos não intervêm, Roberts argumenta que "em nosso sistema, os políticos são apenas funcionários dos capitalistas , que investem o necessário para que seus filhos não sejam deixados de fora, e se são, compram daqueles que são escolhidos".

Fonte:
Russia Today: Nobel de medicina: "Curar enfermedades no es rentable para las farmacéuticas"

2 comentários:

Fernando Negro disse...

E, agora que começam vocês a ter consciência do imenso lucro que faz a indústria médico-farmacêutica com as doenças das pessoas e consciência dos valores que esta não tem... Não acham vocês que seria a mesma capaz de provocar tais doenças, para (entre outras coisas) lucrar ainda mais com as mesmas?

(Oiçam as denúncias disto mesmo no programa de rádio de Alex Jones...)

Anônimo disse...

Oi Fernando,

Olha, vc tem razão. E muitos governos suspeitam de ataques deste tipo. O Chavez suspeitou que era vítima de ataque que lhe causou cancer e recentemente o governo da China levantou suspeita se as gripes que estao aparecendo na china seriam ataques de outros paises. O Benjamin Fulford afirma que a SARS foi criada para matar orientais... Basta observar como as pessoas vacinadas adoecem muito mais facilmente do que as não vacinadas.... Vc tem razão e as provas e indícios estão ai, por toda a parte, é só abrir os olhos.

Posts Relacionados
 
;