A Psicologia da Negação de Conspiração

sexta-feira, 29 de julho de 2011 |
psicologia da negação de conspiração
por David Rothscum

Eu vi este vídeo hilário no youtube, intitulado "Por que os teóricos da conspiração são loucos??". De tempos em tempos haveria comentários sarcásticos, chamando as pessoas que acreditam em teorias da conspiração de anti-semitas e afirmando que David Icke se recusou a fazer um tratamento psicológico de graça por estes pseudo-intelectuais, que provavelmente teriam tido posições elevadas na União Soviética para tratar dissidentes, se tivessem nascido lá.

Então o que é que faz com que algumas pessoas acreditem em teorias da conspiração, e que outras enfiem a cabeça na areia? Não são evidências. É principalmente o que outras pessoas acreditam. E é por isso que a maioria do público acredita em conspirações que são comumente aceitas de terem acontecido, mas mesmo assim são conspirações.

Afinal, se tomamos uma amostra de teóricos da conspiração, e uma amostra de pessoas que não se identificam como teóricos da conspiração e propor-lhes as teorias de conspiração a seguir:

- O governo da Alemanha nazista conspiraram para exterminar o povo judeu
- Saddam Hussein usou gás venenoso contra os curdos em Halabja
- Os sérvios cometeram genocídio contra os albaneses no Kosovo

Aqueles que se identificam como teóricos da conspiração provavelmente dúvidariam das duas últimas teorias, se é que eles fizeram a lição de casa. Alguns duvidariam da primeira teoria também. Aqueles que não se identificam como os teóricos da conspiração, por outro lado, são propensos a acreditar em todas as três teorias de conspiração.

A partir disso, diria que os que se identificam como teóricos da conspiração são realmente céticos sóbrios, enquanto que aqueles que não acreditam em teorias da conspiração, parecem ser os reais teóricos da conspiração!

Então, o que está acontecendo aqui? A resposta é a seguinte: As pessoas que não acreditam em teorias da conspiração acreditam que o "nosso lado" (os bons!) não se envolvem em conspirações. Eles de bom grado aceitarão qualquer teoria que seja contada sobre o outro lado (os maus!), no entanto, sem examiná-la pessoalmente. Pessoas que acreditam em teorias de conspiração são mais propensas a colocar sob exame minucioso o que o seu lado apresenta como propaganda .

Assim, a partir disto pode-se supor que a maioria dos teóricos da conspiração simplesmente identificam-se com o outro lado, não é? Não necessariamente. A maioria dos teóricos da conspiração odeiam o marxismo e o socialismo e identificam-se como libertários que defendem o livre mercado.

O que está acontecendo, então? A resposta é muito simples na realidade:

- Teóricos da Conspiração são radicais em seu pensamento, mas conservadores em suas ações

- Negadores de Conspiração são conservadores em seu pensamento, mas radical em suas ações


Exemplos abundam, teóricos da conspiração têm um interesse enorme em praticamente qualquer tópico científico "estranho", que os cientistas "mainstream" não querem tocar. Eles também têm um grande interesse em qualquer teoria não-científica dominante que os cientistas mainstream não querem tocar. Mesmo quando o assunto não tem nada a ver com teorias da conspiração!

Por exemplo, alguns teóricos da conspiração acham que a Terra está de fato crescendo. Procure você mesmo no Google. Alguns teóricos da conspiração acreditam que o fumo não causa câncer de pulmão, ou só causa câncer de pulmão, pois contém isótopos radioativos. Alguns teóricos da conspiração| acreditam que formas de vida alienígena intervieram na Terra para ajudar a criar a espécie humana. Alguns teóricos da conspiração acreditam na fusão a frio. Alguns teóricos da conspiração pensam que o mundo vai acabar em 2012, porque os maias previram isso. Há uma certa sobreposição entre ciência alternativa, da Nova Era e conspiração.

Nota do autor do blog: eu particularmente não acredito em nenhuma desas teorias acima.

Como David Icke menciona, os teóricos da conspiração em geral, não têm a pretensão de ter um monopólio sobre a verdade. Eles estão simplesmente trabalhando para colocar as ideias lá fora, e ponderaram se eles estão certos ou não. Em muitos casos, os teóricos da conspiração não colocam a sua própria teoria unificada para explicar um evento ou um fenômeno, mas simplesmente procuram apontar por que a teoria oficial dominante é impossível. Por exemplo a maioria dos teóricos da conspiração não têm a pretensão de saber o que aconteceu em 11 de setembro, mas simplesmente alegam que o governo está mentindo, e desejam uma nova investigação.

Essencialmente, os teóricos da conspiração só tem interesse naquilo que nós não entendemos. Teóricos da conspiração são investigadores. Negadores da conspiração são em sua maioria pessoas que têm interesse naquilo que eles entendem.

E isto faz todo o sentido. Ambos estão sendo perfeitamente racionais e seguem o seu próprio interesse. A ciência é extremamente conservadora em seu pensamento. Se você afirma ter observado qualquer coisa radical ou estranha que você não pode explicar ou que não se encaixa em teorias estabelecidas, os cientistas vão atacá-lo e cuspir veneno em você. Isto é o que aconteceu com Luc Montagnier, o homem que descobriu o HIV.

Mr. Montagnier afirmou para detectar sinais eletromagnéticos de DNA, embora tivesse diluído em um grau tal que não deveria ser possível detectar nada (Link). Isto é, naturalmente, extremamente interessante, e merece um exame mais aprofundado. Mas os cientistas apenas o atacaram, e basicamente ficaram furiosos, porque seu modo de pensar pré-estabelecido foi desafiado.

Esta é também uma grande diferença entre os teóricos da conspiração e negadores da conspiração. Se eu sou um cientista de destaque, e publico uma descoberta ou uma teoria que parece colocar em dúvida crenças estabelecidas dentro da comunidade científica, eu estou propenso a perder muito. Meus colegas na conferência anual vai me dar de ombros, eu poderia perder minha posição na minha universidade, ou o meu mais recente estudo não seria publicado em nenhum qualquer.

Teóricos da conspiração, por outro lado, não têm nada a perder. Por mais radical que meus pensamentos e teorias sejam, é provável que eles serão examinados. Eu posso dizer o que eu quiser. Se eu acho que vi o Pé Grande escondido no meu armário, posso dizê-lo, sem perder nada, por estar escrevendo anonimamente. Se eu escrever alguma coisa ridícula, nada acontece. As pessoas vão me dizer que eu sou um idiota, vão parar de ler o que eu tenho que dizer, e vão seguir em frente com suas vidas. Eu sou julgado por aquilo que eu escrevo em oposição a quem eu sou. Esta é uma grande diferença entre os teóricos da conspiração e os negadores de conspiração. Teóricos da conspiração simplesmente não se importam muito com o que as pessoas pensam sobre eles.

Como você pode ver, os teóricos da conspiração são pensadores radicais, ao contrário de atores radicais. Em nossa sociedade porém, negadores de conspiração não pensam de forma radical, mas agem radicalmente. Teóricos da conspiração como eu pensam que isto é muito estúpido, mas compreensível, porque em nossa sociedade, você é julgado na maior parte pelo que você pensa, e não pelo que você faz.

Eu poderia perfeitamente ser um cara legal, que ajuda o abrigo dos sem-teto, que não come carne de animais que sofreram e ajuda velhinhas a atravessar a rua. Mas se eu sair e dizer: "Ah, a propósito, o Holocausto não aconteceu, os judeus não pertencem em Israel, as pessoas transexuais e gays são doentes mentais" etcetera, as pessoas me odiariam pelo o que eu penso, enquanto que elas não se importariam tanto com o que eu faço nesse momento. Eu posso ser um bumda-mole que só se preocupa com seu bronzeado falso e seu jogo de esportes na TV, ou uma adolescente cuja vida gira em torno de bolsas de grife, mas ninguém realmente se importa.

Eu sou um teórico da conspiração e acho que os negam conspirações são pessoas muito radical em seu agir. É muito radical para preencher o nosso planeta com torres de telefonia celular que emitem radiação de microondas e nos leva a sermos expostos a níveis de radiação de microondas bilhões de vezes superior ao nível em que o ser humano desenvolveu. Eu acho que é muito radical colocar um dispositivo de body-scanner contra o corpo de milhares de pessoas. Eu acho que é muito radical coletar a energia gerada por reações em cadeia radioativas criadas pelo homem. Eu acho que é muito radical comer alimentos em plásticos que soltam hormônios. Eu acho que é muito para esconder o corpo do sol, sob o qual toda a vida evoluiu.

Eu acho que é muito radical confiar nas pessoas em redes de televisão de propriedade de empresas que produzem armas nos dizendo a verdade sobre as guerras em que estamos envolvidos, cujas armas são usadas para matar pessoas inocentes (o autor do texto é americano). Eu acho que é muito radical confiar que uma classe de pessoas que "ganham" dezenas de vezes mais do que eu tenham o meu interesse em mente quando eles estão votando em leis que afetam a minha vida.

Eu acho que é muito radical abolir a nossa forma de vida comunal em que temos vivido nos últimos poucos milhares de anos e substituí-la com uma rede de pessoas que realmente não se preocupam com você, mas que vão tolerá-lo enquanto você se vestir como deles, parecer com eles, e não disser nada muito estranho em voz alta. Eu acho que é muito radical remover todo o açúcar de sua bebida e substituí-lo com produtos químicos sintéticos cujo sabor se parece com o do açúcar.

Eu acho que é muito radical confiar que um governo e uma lucrativa indústria farmacêutica tenham o seu melhor interesse em mente quando admitem ter realizado milhares de experiências médicas antiéticas em seres humanos sem o seu consentimento. Eu acho que é muito radical confiar em seu governo, a principal instituição de assassinatos em massa e principal fonte de genocídio, para cuidar de sua segurança e ter um monopólio de violência.

Eu acho que é muito radical injetar seus filhos com vacinas criadas por empresas que foram fundadas por pessoas conduzindo programas de armas biológicas durante a Segunda Guerra Mundial, e pagos por bilionários cujos avós pagaram para a pesquisa que Mengele realizou no Instituto Kaiser Wilhelm na Alemanha antes que ele ir para Auschwitz. A CIA roubando seu DNA? HA! Isto não é a ponta do iceberg, é o cristal de gelo microscópicos preso em seu sapato enquanto você está andando sobre o iceberg.

Eu não sou o radical, você é!

Fonte:
Blog Davidrothscum: The psychology of conspiracy denial

8 comentários:

Anônimo disse...

Muito foda, texto irado Emerson.

Anderson

Vi disse...

Muito importante o esclarecimento acerca do que realmente é a teoria da conspiração. Não é novidade a ninguém o fato de a mídia, em coluio com o governo, ridicularizar ou tranformar a teoria da conspiração em algum tipo de delírio paranoide ou mera falta de lucidez intelectual. É a arte da propaganda em prol do fim da capacidade de se defender.

Carpe diem!

F. Green disse...

Ha quatro anos atras descobri esse blog e concordei com o seu subtitulo: "Porque o mundo nao e bem como nos contaram". De la para ca, entretanto, o transe cultural mundial se espalhou e intensificou de tal forma que, hoje, penso ser tal subtitulo eufemista. Na verdade, atualmente poderia ser perfeitamente: "Porque o mundo e muito pior do que voce poderia sequer, algum dia, imaginar!"

Tudo significa realmente o contrario do que a midia, instituicoes e governos difundem... Infelizmente, a grande maioria das pessoas vao nascer e morrer sem nem suspeitar de que foram cobaias - e o pior, permitiram que seus proprios filhos e descendentes fossem alterados geneticamente e contaminados por virus, bacterias e metais atraves de utensilios, alimentos, remedios e vacinas - desde muito antes do nascimento atraves da placenta e logo apos tambem.

Tudo e muito claro, so nao percebe quem nao quer ou quem nao consegue devido a incapacidade/limitacao intelectual (intelecto esse, ainda mais restringido por religioes e crencas irracionais de todo tipo). Para piorar esse transe mundial pelo qual estamos passando, a ausencia de lucidez generalizada (causada por drogas de diversas tipos, bem como pela verdadeira lavagem cerebral efetuada por instituicoes de manipulacao em massa)esta colocando em risco a especie mais predadora do planeta - o homos economicus (termo recorrentemente utilizado pelo premiado escritor canadense Andrew Nikiforuk em seu espetacular "PANDEMONIUM: How Globalization And Trade Are Putting The World At Risk"). Neste livro (nao sei se ja tem traducao para o portugues, seria otimo se tivesse), o autor cita Rudolf Virchow - patologista renomado do seculo 19 que ja lamentava ser a maior maldicao da humanidade o fato dela poder tolerar ate mesmo as situacoes mais terrives por habituacao... Ze Ramalho ja previa em sua musica "Admiravel Gado Novo"... Isso todo mundo ve, mas so enxerga quem quer - dai o transe cultural mundial atual. O pior de tudo e que, enxergar so nao e o bastate! E so toma uma atitude em relacao a todo esse absurdo que estamos vivendo quem tem coragem!!! No entanto, pessoas de brio sao excecao...

E a excecao comporta os teoricos da conspiracao - sao os loucos. Ao menos, talvez nos "loucos" sejamos os unicos a escapar quando a boiada se dirigir, toda de uma vez so, ao matadouro! Porem, a triste realidade e que, nos como meros homo sapiens lucidus, nao temos a menor chance contra os homos economicus da nova ordem mundial. Quantos nao ja se juntaram a eles? E quantos nao se juntariam a eles de maneira a sobreviver? Abririamos mao da nossa lucidez de maneira a continuar a meramente existir inves de simplesmente viver para morrer martires? Talvez esse destino nao esteja tao longe assim, e como tudo nessa vida - a historia nao e bem como nos contaram, mas ela sempre se repete...

GuiLhErMe ViEiRa disse...

Concordo plenamente que um terço das pessoas que acreditam em conspiração são radicais...As pessoas não querem saber a Verdade "meia verdade" pois somos fantoches para os donos do dinheiro....

Anônimo disse...

eu sou socialista e marxista e sim sou um conspirólogo, mas sou uma pequena minoria.

dartanhã disse...

e intereçante observar o que esta acontecendo hoje em dia com a grécia, só uma pequena amostra do que vão poder fazer se der certo o que eles querem,já que lá já é uma "união"olha como já estão manipulando(prestem atenção nos testes)

Fernanda Lissef disse...

Bela Postagem. Eu particularmente acho muito radical uma minoria perder tempo tentando acordar uma sociedada fadada ao fracasso. Isso é reflexo das coisas que hão de acontecer e já estao acontecendo. O fim deste sistema de coisas esta próximo. Todos nós, inclusive os percursores desta " tragédia moderna" seremos devidamente julgados.

Anônimo disse...

Primeiro, agradeço a oportunidade de postar sem a chatice de se logar. Toda teoria é uma hipótese, e passa a ser fato quando comprovada. É o que vem acontecendo com a Teoria da Conspiração, que na verdade já sabemos que é uma Conspiração. Basta analisar os fatos e não ficar de olhos fechados. No entanto, o número de ignorantes (entendam - os que ignoram o que acontece ao seu redor, inconscientes) é grande.
Quanto à minoria, citada pela Fernanda Lissef, você pode ajudá-la a diminuir, compartilhando informações com as outras pessoas.
O simples link deste blog já ajuda.
P.S. Tornar as pessoas mais conscientes nunca será perda de tempo.

Abraço - Rogério Silva

Posts Relacionados
 
;