OMS Confirma que Gripe sazonal mata 27 vezes mais que H1N1 - Mesmo assim segue com Pandemia nível 6

quinta-feira, 3 de junho de 2010 |
Não que esteja surpreso, mas achei interessante que apenas ao final da campanha no hemisfério sul que a OMS confirmou que a gripe sazonal causou 27 vezes mais mortes que a gripe H1N1:


"A OMS confirmou que o vírus AH1N1 é o que continua circulando de maneira predominante no mundo, menos nefasto do que se temia e com uma taxa de mortalidade menor inclusive que a da gripe estacional.
A gripe A causou algo mais de 18 mil mortes em um ano. No mesmo período, a gripe estacional causou 500 mil mortes."
mas de qualquer forma, a OMS insistiu em continuar com o estado de pandemia, alegando que "continua sendo crítico que os países mantenham a vigilância em relação à pandemia". A diretora geral da OMS, Margaret Chan, decidiu hoje não suspender o alerta e convocar uma nova reunião do Comitê de Emergência para meados de julho, "quando já estiver disponível as informações sobre a gripe no inverno do hemisfério Sul".

E assim podem continuar por anos, sempre utilizando o medo como arma e na possibilidade de uma piora na pandemia no próximo inverno de cada hemisfério. Se não fosse trágico seria cômico.

Fontes:
Agência EFE: OMS adia decisão sobre manter ou levantar alerta de pandemia
Estadão: OMS adia mais uma vez decisão sobre status de pandemia da gripe suína

Estadão: OMS mantém alerta de pandemia de gripe A

19 comentários:

Anônimo disse...

A implementação da nova ordem mundial está próxima, por isso temos todos que lutar contra ela.
Tenho pesquisado sobre o assunto e acompanhado entervistas, o processo está mais adiantado do podemos imaginar, acredito que até meados de 2012 ela será implantada.
Busque informações e prepare-se.
Tem um canal dentro do youtube que fala muito sobre isso, o nome dele é verdade oculta.

Anônimo disse...

O medo é o guia das massas, sem ter o que temer as pessoas não teriam motivos pra viver

Anônimo disse...

Ao anônimo acima: Você precisa de medo para viver?! Eu vivo muito melhor sem medo. Quando estou com medo, eu apenas sobrevivo. Se você precisa de medo para viver, então está no planeta certo e na hora certa. E se muita gente pensar como você e ficar escrevendo este tipo de bobagem, a Nova Ordem vai conseguir se instalar com facilidade, e logo vai enviar 80% dos medrosos que escrevem bobagens para o além. Neste caso, o medo será o guia das massas para o além!

Anônimo disse...

"Não que esteja surpreso, mas achei interessante que apenas ao final da campanha no hemisfério sul que a OMS confirmou que a gripe A causou 27 vezes mais mortes que a gripe H1N1"

Como assim a Gripe A causou 27 vezes mais mortes que a gripe H1N1? Gripe A e a H1N1 não seriam a mesma coisa? Ou eu estou errado? =/

Anônimo disse...

Ao anônimo acima: A resposta está no título do artigo: "OMS Confirma que Gripe sazonal mata 27 vezes mais que H1N1 - Mesmo assim segue com Pandemia nível 6" e também no corpo do artigo: "A gripe A causou algo mais de 18 mil mortes em um ano. No mesmo período, a gripe estacional causou 500 mil mortes." Puxa vida, é só ler o resto do artigo e constatar que o autor do artigo cometeu um erro de digitação bastante evidente e que não compromete o conteúdo da mensagem para o leitor inteligente.

Anônimo disse...

Como faço pra te mandar umas fotos de chem trails que tirei ontem pela manhã cedo na minha cidade, aqui no RS? jonkflores@hotmail

Emerson disse...

@Anonymous

Realmente foi uma falha durante a escrita do artigo. Corrigido.

Anônimo disse...

Eu de novo (o que questionou sobre gripe A e H1N1), eu já tinha percebido que foi apenas um pequeno erro e que isso não comprometia a informação. Porém, se ninguém comentasse esse erro ia passar desapercebido. Me preocupo com as pessoas que ainda tem algum tipo de dúvidas a respeito da gripe e sobre essa farsa. Já que queremos que todos saibam a verdade, precisamos ter o cuidado de esclarecer as coisas nos mínimos detalhes para que todos compreendam e não fiquem confusos.

Emerson, seu blog tem sido uma ferramenta muito útil para difundir as informações sobre a NWO.
Obrigado por nos manter informados.

Dário Cardina Codinha disse...

De facto a gripe "sazonal" matou mais. Mas o que é facto é que a gripe A e a "sazonal" são ambas H1N1. As sazonais são H1N1 e H3N2. A gripe A é uma recombinação antigénica. A nova H1N1 tem 2 novas sequências genéticas iguais à H1N1 de 1918, aquela bastante mortal. Daí o medo e a vontade de prevenir para não remediar

Anônimo disse...

É ainda continuam a esperar que em julho/2010 chegue a SEGUNDA ONDA dessa gripe.Conforme informado pela diretora da OMS e também por outros informativos, morreram em 213 países somente 20.000 pessoas em um ano( 12 meses ).
No mes de julho/2008 conforme informado para Revista Época pelo ministro TEMPORÃO" morreram no BRASIL por complicações da gripe simples 4.000 pessoas" também publicado na Revista VEJA, veja que cito as fontes. Ainda assim o ministro que tinha 9.800.000 tratamentos em estoque, informou a REVISTA ÉPOCA que temos 21.300.000 tratamentos para essa SEGUNDA ONDA.
Então se temos os anti-virais não precisamos das vacinas e se temos as vacinas não precisamos dos anti-virais. Gastamos com anti-virais R$ 1.000.000.000,00 e com as vacinas R$ 1.000.000.000,00.Dinheiro em desperdício pois os anti-virais não serão usados e quando terminar sua validade será enviado para o LIXO.
Então estamos queimando o nosso dinheiro ou seja:- R$ 1.000.000.000,00 de reais, pois tivemos somente 2.000 mortes no BRASIL mesmo assim somos o segundo colocado em óbitos no mundo entre os 213 países.
Estava certo o cientista TOM JEFFERSON quando declarou que a OMS errou e que não seria PANDEMIA já em julho/2009 e o mundo deixou o SR. DONALD RUNSFIELD bilionário né sem ter ganho na MEGA SENA,rs,rs,rs, o EMERSON está certo e como eu sempre sitamos as FONTES né,abraços, JOEL

Anônimo disse...

Essa mulher é maluca e diabólica!

Anônimo disse...

Desculpe a minha ignorancia, mas pandemia, naõ significa, epidemia generalizada? E, no caso da gripe intitulada H1N1, a vacina segundo a classificacão da OMS, não deveria ser para todas as pessoas sem classificacão por idade? Pois, quando, à OMS, determina que um grupo deva ser vacinado, outro não, parece que estão a fazer tabulacão, uma anàlise, um estudo para um determinado fim, sem que a populacão, saiba bem para quê. Um estudo que sò interessa a OMS e os laboratòrios fabricantes dessa polemica vacina. Ou não?

Ministério disse...

Anonymous,

Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte. Porém, estes fatos não são verdadeiros. Nosso país tem tradição em campanhas de vacinação. Já erradicou doenças e diminuiu os danos causados por muitas outras. A vacina é justamente para ajudar a diminuir os males provocados por um vírus que matou milhares de pessoas pelo mundo e, centenas no Brasil. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica.

Mais informações:
fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Ministério disse...

Anonymous,
A estratégia para enfrentar a segunda onda da Influenza H1N1 não é vacinar toda a população, para conter o vírus. Isso porque não é mais possível conter esta doença. Por isso, a prioridade é vacinar pessoas que façam parte do grupo de risco. Ou seja, pessoas que correm mais riscos de desenvolver a forma grave da Influenza H1N1. Além disso, diversos países precisaram comprar vacina. E a indústria não consegue acompanhar a demanda. Principalmente pelo tempo de demora na fabricação da mesma. O Ministério da Saúde do Brasil comprou vacina suficiente para atender aos grupos prioritários.


Mais informações:
fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Ministério disse...

Dário Cardina Codinha,

Não podemos negligenciar o fato da existência do vírus, ele existe é representa umaameaça à saúde pública brasileira. O Ministério da Saúde não poderia ter agido de maneira diferente. Foram adquiridas aproximadamente 113 milhões de doses da vacina para imunizar as pessoas que fazem parte do grupo de maior risco de desenvolver a forma mais grave da doença.

A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada. Antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no Hemisfério Norte, sem efeitos colaterais graves.

Foram mais de 300 milhões de pessoas vacinadas nos países do Hemisfério Norte, e quase 80 milhões de pessoas no Brasil, não podemos de maneira alguma ir contra esses dados. A vacina é segura e tem se confirmado isso de maneira continua e permanente. Não temos no Brasil nenhum caso de complica grave ou morte provocada pela vacina.

Mais informações:
fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Anônimo disse...

Essa Fernanda não tem vergonha na cara mesmo... =\

emerson disse...

Fernanda, é muita cara de pau sua vir aqui querer colar suas respostas prontas com retoricas vazias e mentiras.

"Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte."

Fernanda, a unica teoria furada é que a gripe é realmente grave e que esta vacina é segura.
Pelo menos vc cole as respostas certas, a única informacao deste post provem da propria OMS. A GRIPE H1N1 É 27X MENOS MORTAL QUE A GRIPE SAZONAL!!!

Anônimo disse...

Oi Fernanda,

Que bom que vc apareceu por aqui. Como funcionária do Governo e como está se propondo a esclarecer a população, por favor, esclareça nossas dúvidas:

1. Se a própria Anvisa afirma em documento oficial que não conhece todos os efeitos adversos da vacina, como vc pode afirmar que é segura?

2. Vc diz que não houve relatos de efeitos adversos em outros países. Então porque o Governo da Noruega publicou um relatório enumerando 801 incidentes com a vacina e porque a Austrália interrompeu a vacinação para menores de 5 anos após o aumento dos casos de efeitos adversos? E porque a Polônia não vacinou a sua população? E quantos poloneses morreram por não receber a vacina?

3. Porque o Inst. Butantan recebeu meio bilhão de reais para produzir vacina contra a gripe suína e agora a mídia nos informa que a fábrica do Butantan está fechada e nunca produziu nada? E ainda dizem que o Butantan sequer tentou requerer a certificação da Anvisa para produzir vacinas... E você quer nos convencer que a vacina "produzida" no Butantan é segura? Quem é o fantasma que produz em nome do Butantan?

4. Dizem que nos EUA, o presidente assinou uma lei imunizando juridicamente os laboratórios caso a vacina cause danos à saúde das pessoas. Dizem que em 1976 houve uma vacinação semelhante e houve muitos processos contra os laboratórios por causa de mortes e danos graves à saúde da população. Aqui no Brasil, paira uma dúvida, pois os contratos da compra da vacina permanecem incógnitos. Ajude-nos a encontrar os contratos para identificar a atribuição de responsabilidades. Isto faz parte da transparência do processo. Precisamos saber quem se responsabiliza a indenizar pelos efeitos adversos aqui no Brasil. Isto é o mínimo que o Governo deve à população.

Todas as questões acima estão noticiadas neste blog com a citação das fontes oficiais.

Há muitas outras questões, mas se vc puder responder pelo menos as quatro quewstões acima, apresentando argumentos e fatos concretos verificáveis, então comecará a conquistar nossa credibilidade em vc e no Governo. E se não puder responder, como espera que acreditemos em vc e no Governo?

Anônimo disse...

Oi Dario Cardina Codinha,

Você é especialista em vírus? Então, por favor, explique-nos porque a Baxter registrou a patente do vírus um ano antes do início da "pandemia"? Afinal, o vírus se desenvolveu na natureza um ano antes da "pandemia" ou foi criado em laboratório?

O link para a patente está aqui:

http://www.pandemia-h1n1.com/baxter.pdf

E aqui tem um dossier mais completo sobre a gripe A:

http://www.pandemia-h1n1.com/vaccines.pdf

E, se puder, ajude a Fernanda do Ministério da Saúde a responder as questões acima. Quem sabe a Fernanda poderá lhe oferecer um cargo no Ministério, pois o Ministério parece estar muito preocupado em abafar qualquer orientação contrária à versão oficial, mesmo que seja em pequenos blogs. Por que será, hein?! (Preocupação com a nossa saúde e bem estar não costuma ser o ponto forte daquela gente que tá no poder...)

Posts Relacionados
 
;