RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

Times Online: Vitamina D é Melhor que Vacinas na Prevenção da Gripe

quarta-feira, 17 de março de 2010 |

Há algum tempo tenho reportado neste blog os benefícios da vitamina D. A imprensa ignorou durante toda a "pandemia" de gripe suína, mas parece que agora nao conseguiram mais segurar esta informacao.
O jornal Times Online é um dos mais lidos aqui na inglaterra. Cabe ressaltar que a pesquisa não comparou diretamente as vacinas com a vitamina D, apenas os resultados de pesquisas que verificaram o nível de proteção de ambos vitamina D e vacinas.


O risco de crianças sofrerem de gripe pode ser reduzido para metade se tomarem vitamina D, reportaram médicos no Japã. A descoberta tem implicações para as epidemias de gripe já que a vitamina D, que é produzida naturalmente pelo corpo humano quando exposto à luz solar direta, não tem efeitos colaterais significativos, custa pouco e pode ser várias vezes mais eficaz do que drogas anti-virais e vacinas.

Apenas um em cada dez crianças, com idades entre seis e 15 anos, que tomaram a vitamina D em um ensaio clínico ficou doente com gripe comparado com uma em cada cinco as quais foram dadas um comprimido de placebo. Mitsuyoshi Urashima, o médico japonês que conduziu a pesquisa, disse ao jornal britanico "The Times" que a vitamina D foi mais eficaz do que as vacinas na prevenção da gripe.

As crianças receberam uma dose diária de 1200 UI (unidades internacionais) de vitamina D durante um período de três meses. No primeiro mês as crianças do grupo tomando a vitamina adoeceu tão frequentemente como aqueles que tomam o comprimido de placebo. Mas, pelo segundo mês, quando o nível de vitamina A no sangue das crianças aumentou, a vantagem da vitamina era clara.

Os cientistas japoneses, escrevendo no American Journal of Clinical Nutrition, disseram que a droga anti-viral zanamivir e oseltamivir reduzem o risco de infecção da gripe em 8 por cento nas crianças que tenham sido expostos à infecção, em comparação com um 50 por cento ou mais com vitamina D.

Anti-virais também são muito caros e, possivelmente, muito tóxicos, para serem dada à população como um todo enquanto que a vitamina D tem benefícios adicionais. A vitamina D não só previne fraturas ósseas, mas também se acredita que reduza os riscos de câncer, doenças cardíacas, diabetes e outras doenças, incluindo causadas por várias bactérias, bem como infecções virais.

O achado japonês apoia a teoria de que baixos níveis de sangue da vitamina D durante o inverno explica o porque que o pico das epidemias de gripe, geralmente sao entre dezembro e março (inverno no hemisfério norte).

A vitamina D ativa o sistema imunológico inato, permitindo que o organismo produza diversas proteínas, tais como defensin e cathelicidin que desencadeiam a atividade das células e desabilitam os vírus.


Fontes:
The American Jornal of Clinical Nutrition: Randomized trial of vitamin D supplementation to prevent seasonal influenza A in schoolchildren
Times Online: Vitamin D better than vaccines at preventing flu, report claims

3 comentários:

idade_da_pedra disse...

As epidemias de gripe são no inverno porque é no clima frio que os vírus são mais viáveis. O material genético dos vírus está envolvido por uma camada gelatinosa que com temperaturas mais altas perde a consistência e o vírus deixa de ser viável.
A vitamina D é muito importante nos países com pouco sol ou em países em que as pessoas não apanham sol directo, como acontece nos EUA (usam cremes protectores solares o ano inteiro) e no Japão (onde não saem de casa devido à poluição).
Mas sim, a vitD é muito importante para o sistema imunitário.
Saudações anti-nova-ordem-mundial :)

SERGIO GRUSCA disse...

A vitamina D também ajuda na fortificação dos ossos (principalmente de nós os velhos) casada com o cálcio.
Me parece que D em demasia pode dar problemas;
fale com o médico.

Anônimo disse...

Cuidado com o excesso de vitamina D!

As vitaminas A, D, E e K (ADEK) são lipossolúveis. Isso significa que dissolvem-se na gordura que temos no corpo e não são excretadas pela urina nem pelas fezes, ao contrário do que acontece com a vitamina C, por exemplo.

O excesso destas vitaminas ADEK podem criar problemas para o nosso organismo pela impossibilidade que este tem em elimina-las.
São extremamente úteis, mas em excesso são perigosas.

Posts Relacionados
 
;