RSS do Blog Anti-NOMBlog Anti-NOM no Google Mais Twitter do Blog Anti-NOM Facebook do Blog Anti-NOM

[FILME] Dinheiro Como Débito - Porquê Não Nos Ensinaram Na Escola?

quinta-feira, 22 de outubro de 2009 |
Eu me pergunto porquê nunca aprendemos na escola como funciona o sistema monetário, como o dinheiro é criado e como os bancos funcionam. Sugiro a assistirem o documentário "Money as Debt" ou em português "Dinheiro Como Débito", que circula pela internet.

O filme relata a proporção 9:1 para efeito da multiplicação da moeda. No Brasil, entretanto, a taxa de compulsório para depósitos da vista é de aproximadamente 45%, o que terá uma proporção de 2:1. Bem diferente da situação demonstrada no vídeo.

Outra questão fundamental é que o Federal Reserve é um Banco Central Privado, distintamente do Banco Central do Brasil, que é estatal. Desta forma, a criação de moeda pelo Banco Central brasileiro não cria dívida, como seu correlato norte-americano. A frase "dinheiro é dívida" é aplicável no contexto monetário dos EUA, e não no Brasil.



Fonte:
Site do documentário: Money as Debt
http://brasil1984.blogspot.com/

8 comentários:

Anônimo disse...

Existem muitas coisas que infelizmente não nos disseram absolutamente nada, mas essa era de falsos ensinamentos e enganos propositais esta acabando.

Anônimo disse...

Já saiu o Money as Debt II

http://odetriunfante.wordpress.com/2009/07/24/dinheiro-como-divida-ii-money-as-debt-ii/

a não perder

Abraços

Sérgio Santeli disse...

Por que Mr. Obama ganhou o Nobel da Paz?

http://minutoprofetico.blogspot.com/2009/10/obama-fara-revelacao-oficial-sobre.html

Anônimo disse...

Debt não é Débito, é Dívida, a tradução está errada...

Anônimo disse...

Na verdade o FED - Federal Reserve - banco central americano é um órgão público e não privado, tanto que o presidente é indicado e aceito ou não pelo Congresso americano; o único banco central que já foi privado foi o Banco da Inglaterra.
Tanto o Banco Central do Brasil como o FED ou qualquer banco central cria moeda a partir do momento que financia os déficits fiscais do governo ao comprar títulos publicos, nos EUA são os Treasury securities.
Os bancos centrais, pela operação de open market, vendem esses títulos aos bancos comerciais, esse fato altera as reservas desses bancos e, portanto, altera-se o excedente de reservas a partir do qual se pode dar crédito ao setor privado (crédito=criação de moeda).

Na economia há duas formas de moeda, a moeda do Estado - emitida pelo banco central e de curso forçado - e a moeda bancária - criada pela operação de credito dos bancos.

Essa ultima é a forma mais abundante de moeda nos sistemas financeiros modernos desde a Grande Depressão.

Um cético

emerson disse...

"Um cético"
Voce esta incorreto, o FED nao eh publico, a unica coisa de federal do FED eh o nome.
O presidente pode indicar, veja entao como o Ben Bernanke estava no Fed na epoca do Bush e continuou. Quem indica o presidente do Fed para o Presidente eh o mesmo que indica o presidente, que sao as elites bancarias que sao donas do FED, ai o circulo fecha...

Anônimo disse...

Emerson,

Sinceramente, os bancos centrais são todos órgãos públicos, como disse, o Banco da Inglaterra foi o único a nascer privado. O FED foi fundado em 1913 pelo governo americano. Uma das questões fundamentais em relação aos bancos centrais é a questão da independência do banco em relação do governo.

Quem indica o presidente do Fed é o presidente americano. Não nego a influência das elites, porém, quando estas instituições tomam medidas que contrariam interesses dessas elites fica dificil falar em manipulação. Com isto não estou dizendo que não há lobby, assimetria de poder.

Mas não é porque a gente conhece a assimetria de poder que a gente vai negar os fatos. O FED é público desde seu surgimento.

No Brasil temos o BCB, é público também, não nego que a elite financeira e patrimonialista exerce grande pressão sobre a política monetária, porém, o órgão é público e por vezes vai contra os interesses de setores da elite, não são raras vezes, mas concordo que nós gostaríamos que fossem mais, sem dúvida.

Ké disse...

estou no 3° ano do ensino médio de uma escola do Estado. E não faz nem um mes que esse filme foi passado para nossa escola....
gente, Jesus disse que Ele é o caminho, a VERDADE e a vida! A VERDADE não está oculta, inclusive, nos somos os responsáveis aqui na terra para propagá-la...será que no momento não estamos assustando as pessoas que precisam saber a verdade com essas histórias??? tem muita gente sedenta da Palavra no mundo...não dá há mais tempo pra parar e ficar impressionado e analisando o que ja esta errado a muito tempo!Temos que voltar pro foco que é ganhar almas pra Jesus...lembrar de divulgar o evangelho pela Sua morte e ressurreição e não começar pelo apocalipse...se não a pessoa se converte por medo e não por amor a Jesus!

Fiquem na paz

Posts Relacionados
 
;